Aprenda a manter o ritmo de estudos

  • Camila Serrat   /
  • 28/dez/2016

shutterstock_183581948

Conseguir manter um bom ritmo nos estudos nem sempre é fácil, principalmente quando estamos em período de fim de ano, férias, verão, etc. Mas, se você tem uma meta, o foco é a chave para tudo. Manter-se focado é similar a uma maratona: você precisa ser forte para saber suportar os obstáculos que vão surgir. É normal que inicie com ânimo e disposição e, ao longo do tempo, é normal também que a energia diminua. Cada pessoa funciona melhor de uma maneira e é por isso que técnicas de estudo devem ser individualizadas e adequadas para cada rotina. Mas, aqui, iremos dar dicas gerais para te ajudar a manter seu ritmo de estudos, tirar um bom proveito do seu aprendizado, e não desanimar durante a sua trajetória. Confira!

  1. Ambiente adequado

O primeiro passo é o ambiente. Estabelecer um cantinho calmo, silencioso, confortável e com iluminação adequada, onde não tenha muitas distrações, é fundamental para conseguir um bom resultado. Pessoas que estudam em lugares insalubres, com muitas pessoas em outras atividades, ou até mesmo em camas não conseguem ter um bom rendimento já que fica muito mais difícil se concentrar.

  1. Cronograma de estudos

Elaborar um cronograma de estudos de acordo com o seu rendimento faz com que você tenha mais controle daquilo que está estudando e consiga se planejar para estudar todo o conteúdo. Resista à tentação de pegar todo o material e estudar desesperadamente, procure ajustar seu cronograma de acordo com a sua produtividade. Não é saudável começar a estudar 6 horas seguidas, mas, para alguém que já têm o costume, pode funcionar. O ideal é ir começando a estudar aos poucos e depois ir aumentando a carga horária, comece, por exemplo, a estudar durante 2 horas por dia, e vá aumentando gradativamente de acordo com o seu ritmo.

  1. Priorize a qualidade do aprendizado

Lembre-se que qualidade é melhor do que quantidade. Caso se sinta cansado não hesite em fazer uma pausa para tomar um café ou fazer um alongamento. Não force sua mente além do necessário. Você estando cansado, acaba perdendo desempenho e o seu estudo, além de não ser eficiente, te deixará profundamente frustrado se continuar desta maneira. Fique longe de itens que podem te distrair, como celular, tablets, televisão. Estabeleça também um ciclo de estudos, comece estudando a teoria, depois parta para os exercícios, por último faça resumos e simulados.

  1. Cuide da sua saúde física e mental

Durma e alimente-se bem, nosso cérebro precisa de muita energia para manter seu funcionamento. Por isso, nada de pular refeições e passar noites em claro para estudar. Lembre-se que tudo é questão de planejamento. Não abra mão de suas refeições nos horários certos e da qualidade do seu sono, pois eles implicam diretamente no seu aprendizado. O corpo precisa estar preparado para aguentar a rotina de estudos, por isso, o lazer tem que fazer parte do seu planejamento. Tire um dia da semana para alguma atividade que seja do seu agrado, como ir ao cinema ou fazer uma caminhada no parque. O excesso de estudo também é prejudicial.

LEIA TAMBÉM: 10 dicas para estudar e aprender mais fácil






52 INSIGHTS PARA UMA CARREIRA VENCEDORA