5 livros de administração que você precisa ler já

  • 16/nov/2017

5 livros de administração que você precisa ler já

Ao contrário do que muitos pensam, os conhecimentos de um bom administrador não se resumem apenas aos números.

Não é à toa que tanto aqueles que estão se graduando quanto os profissionais já formados e atuantes na área sempre recorrem a uma enorme variedade de livros de administração para se aprofundar e se atualizar quanto aos planejamentos e medidas organizacionais sob a gestão deles.

Foi pensando nisso que listamos 5 títulos que são leitura obrigatória para quem deseja seguir a profissão e ter uma carreira de sucesso. Acompanhe!

1. A Estratégia do Oceano Azul

Nossa primeira dica entre os livros de administração é o famoso “A Estratégia do Oceano Azul”, escrito por W. Chan Kim e Renée Mauborgne. O título, que traz um grande estudo com mais de cem empresas, como Motorola e Philips, mostra como a administração de uma marca pode fazê-la prosperar e conquistar mais clientes ou estagnar e enfrentar sérios problemas financeiros.

Para isso, são apresentados as definições do que é o oceano azul, onde as companhias bem-sucedidas se encontram e estão acentuados os investimentos, descobertas de novos mercados e implementação de boas estratégias internas.

Em paralelo, também é explicado o que é o oceano vermelho, área que deve ser evitada, pois representa o aglomerado de corporações que ficam obsoletas, não conseguem se adaptar aos novos nichos de mercado e não conseguem gerir adequadamente a própria receita.

Fora isso, os escritores também tratam como o administrador pode reduzir custos, diminuir riscos e aumentar o interesse tanto da cadeia produtiva quanto do público-alvo pela empresa em que atua, por meio de cases reais de empreendedores que fizeram história e são sinônimos de gestão eficiente, crescente e produtiva.

2. Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas

“Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas”, por outro lado, aprofunda-se não sobre a administração de empresas e negócios, mas sim acerca das relações interpessoais e como elas impactam positiva e negativamente a carreira e o sucesso profissional.

Isso porque, conforme bem explicado pelo autor Dale Carnegie, para que o ambiente de trabalho e a hierarquia organizacional funcionem em harmonia e, assim, possa ser trilhado um caminho de conquista e realizações, é de suma importância saber desenvolver e trabalhar constantemente uma linguagem universal.

Na prática, isso significa aprender a se interessar pelos demais, criar empatia, ser um excelente ouvinte e treinar o gestual para se tornar convidativo para quem está à sua volta e, dessa forma, se converter em um influenciador.

Para tanto, o escritor traz uma série de estratégias e práticas que devem ser adotadas na rotina profissional para que seu comportamento possa ditar como colegas e supervisores vão reagir, além de maximizar seu marketing pessoal. De quebra, ele ainda mostra como um bom líder se diferencia de um chefe mediano por meio da apreciação constante do progresso coletivo.

3. Quem mexeu no meu queijo?

“Quem Mexeu no Meu Queijo?”, um dos maiores clássicos entre os livros de administração, não poderia ficar de fora desta lista, não é mesmo? Afinal, a parábola idealizada por Spencer Johnson levanta reflexões importantes sobre os aspectos fundamentais para o crescimento e desenvolvimento pessoal e profissional.

Tudo isso acontece por meio dos quatro personagens principais, que são dois ratos e dois duendes, que vivem em busca de um pedaço de queijo e, durante essa rotina, representam metaforicamente comportamentos adotados por amigos, familiares, colegas de trabalho e até nossos chefes e supervisores. Alguns deles são:

  • a capacidade de adaptação frente aos desafios;
  • a estagnação provocada pelo impasse em lidar com o novo e o diferente que nos tira da zona de conforto;
  • a proatividade para lidar com dificuldades, resolver problemas e encontrar soluções estratégicas;
  • a ineficiência em agir e pensar por si próprio e sempre depender de um terceiro para progredir.

Em meio a esse cenário, há o sumiço do queijo, que representa as mudanças nos meios para alcançar nossos objetivos (os fins), que é quando somos apresentados às diferentes ações tomadas pelos quatro seres e como elas impactam o futuro deles.

4. O Homem Mais Rico da Babilônia

Já “O Homem Mais Rico da Babilônia”, escrito por George Clason, por sua vez, é um livro que reúne diversas histórias fictícias que se passam, como o próprio nome sugere, na Babilônia e que são importantes paralelos em relação à nossa realidade.

Enquanto apresenta os causos, o autor mostra como cada pessoa pode crescer e prosperar quando sabe administrar as finanças, inclusive quando está em meio às mais distintas adversidades, como falta de recursos e até baixa instrução.

Isso acontece graças a um dos métodos mais difundidos por George, o de usar a proporção 70–20–10 no orçamento mensal para, respectivamente, se pagar e usar o dinheiro para ter qualidade de vida, pagar as dívidas e, por fim, investir para o futuro.

Além disso, ele também aborda outros conceitos importantes, como despesas necessárias vs. despesas desnecessárias, cultivo do ouro, dinheiro não deve ficar parado, metas realistas vs. objetivos utópicos etc.

5. A Universidade do Sucesso

Por fim, nesta nossa lista de livros de administração que você não pode deixar de ler, há a obra “A Universidade do Sucesso”. Com um título que faz menção direta ao formato do conteúdo, Og Mandino inova com uma coletânea de lições separadas por semestre (dez, ao todo) para que você adquira os conhecimentos necessários sobre o sucesso profissional e a relação dele com a administração.

Para tanto, ao longo de cada um deles, o autor retrata dois caminhos bem definidos: aquele seguido por quem deseja firmar uma carreira sólida no mercado de trabalho, e um segundo, que é adotado por quem deseja montar um negócio próprio e investir seus conhecimentos para gerar riqueza pessoal.

Dessa forma, ele aborda desde a adaptação à gestão corporativa, como ganhar mercado e superar a concorrência até dicas práticas de planejamento financeiro para levantar, gerir e impulsionar uma empresa, independentemente do porte dela.

Gostou das nossas sugestões de livros de administração? Então não deixe de colocá-los na sua lista de próximas leituras para ampliar ainda mais o conhecimento sobre a área! Aproveite e compartilhe esta lista nas redes sociais com seus amigos e inspire-os!