6 dicas incríveis para planejar a gestão de carreira

  • 14/nov/2017

6 dicas incríveis para planejar a gestão de carreira

A gestão de carreira é essencial para os profissionais que pretendem melhorar a performance, expandir o conhecimento e ter uma boa remuneração e reconhecimento profissional. É essa gestão que definirá o caminho que deverá ser trilhado para que se atinja os objetivos desejados.

É preciso construir um bom plano de carreira, que considere as suas aptidões e o seu perfil profissional, além de ter objetivos bem-definidos e uma boa estratégia para o cumprimento de metas. O profissional também tem que saber lidar com diversos fatores para garantir o sucesso do planejamento.

Por isso, preparamos este post com 6 dicas incríveis para ajudar você a planejar a gestão da sua carreira. Acompanhe!

1. Tenha um objetivo e crie metas

Definir um objetivo para a sua carreira e saber aonde quer chegar profissionalmente é o primeiro passo para se fazer um bom planejamento. O ideal é criar diferentes objetivos, de acordo com o tempo: 5, 10 e 15 anos, por exemplo, levando em consideração a evolução que você pretende ter.

Também é importante criar metas e prazos a serem cumpridos para atingir esse propósito. Essa segmentação é importante para aumentar as chances de sucesso, pois o cumprimento de pequenas tarefas torna esse caminho mais fácil, tendo em vista que cada meta atingida será uma pequena vitória, que o deixará mais próximo de seu objetivo, mantendo-o sempre motivado.

2. Seja realista com os objetivos e pratique o autoconhecimento

É fundamental se autoconhecer para definir objetivos e metas realistas, pois eles precisam estar de acordo com os seus valores, sua personalidade e suas habilidades. Sem esse cuidado, atingir o seu objetivo será muito mais difícil e, caso você tenha sucesso, provavelmente não vai se sentir feliz ou realizado com a conquista. Descobrir quais pontos devem ser trabalhados também é um passo fundamental para uma boa definição de metas.

Feito isso, você precisa aplicar o autoconhecimento para garantir que os objetivos e metas fixados também sejam realistas, para que o plano de carreira elaborado seja eficiente. Não adianta fixar objetivos com os quais você não terá afinidade ou em prazos impraticáveis.

Por exemplo, se o seu objetivo exige que você seja fluente em uma língua, verifique se você está realmente disposto a se esforçar para atingir essa meta. Feito isso, para fixar um prazo para o cumprimento da meta, deve-se considerar o estudo necessário, quanto tempo você poderá investir nisso, os custos envolvidos etc.

Com base nesses fatores, estabeleça uma meta dentro das possibilidades financeiras e de dedicação, caso contrário, os prazos se esgotarão sem que você tenha sucesso, fazendo com que você perca o ânimo e, muitas vezes, acabe desistindo.

3. Revise as suas metas sempre que necessário

Também é preciso ter consciência de que as metas poderão ser alteradas no caminho por diversos motivos. Você pode se deparar com a dificuldade em cumprir essas tarefas, enquanto visualiza outras alternativas viáveis que podem auxiliar a busca pelo seu objetivo.

Outra possibilidade é a ocorrência de fatores externos ou conquistas que influenciam o plano criado. Uma promoção inesperada ou uma oportunidade de emprego que não fazia parte do seu planejamento, por exemplo, pode trazer uma mudança de cenário que influencia outras metas.

Ainda, sempre que verificar que uma meta não será atingida, tente entender o motivo, o que causou essa falha, para trabalhar melhor as demais, modificando estratégias ou a própria tarefa planejada. Seja flexível para fazer as alterações e readequações sempre que necessário. Somente assim você conseguirá manter o foco no seu objetivo.

4. Esteja sempre atualizado e busque qualificações reconhecidas

Qualquer profissional que busque o crescimento na carreira deve estar sempre atualizado a respeito de teorias, práticas, tendências e novidades do mercado. Por isso, procure estar por dentro dos assuntos relevantes para a sua profissão para que você garanta o seu espaço no mercado de trabalho.

Por mais que a prática auxilie na atualização do profissional, é necessário ter consciência da necessidade de buscar outras formas de expandir os conhecimentos e se aperfeiçoar — e existem diversas formas de buscar isso: graduações, especializações, cursos de extensão, congressos, seminários e a leitura de artigos, livros e outros materiais que tratem de assuntos relevantes para sua carreira.

Tenha consciência de que a qualificação é a chave para o sucesso. Sempre que buscar fazer cursos de atualização ou aprimoramento, tenha certeza de que ele é reconhecido pelo mercado. Procure instituições de confiança, analise os cursos e os profissionais envolvidos no ensino e busque os que terão uma melhor aplicação e aproveitamento para a sua carreira.

5. Invista no networking

Essa é uma das ferramentas mais importantes na gestão de carreira. Ter uma boa rede de contatos pode ser o diferencial na hora de encontrar oportunidades e alcançar o reconhecimento desejado.

Mantenha um bom relacionamento com as pessoas e busque sempre conhecer gente nova. Para isso, você pode frequentar eventos profissionais, palestras e congressos da sua área ou áreas correlatas, buscando fazer novos contatos e aprimorar os seus relacionamentos. E lembre-se: os seus contatos sempre poderão lhe apresentar outras pessoas, facilitando o seu networking.

Outro ponto que precisa ser observado é que, apesar de os colegas de profissão poderem ser considerados concorrentes, eles podem agregar conhecimento e auxiliar na hora de conseguir uma recomendação profissional. Ainda, qualquer pessoa pode ser um potencial cliente (ou conhecer um), auxiliando o seu crescimento e reconhecimento profissional.

Por isso, na gestão de carreira, o networking é um ponto que deve ser bem trabalhado, buscando não somente fazer contatos, mas manter um relacionamento com eles, para que você seja lembrado no momento em que surgirem oportunidades.

6. Persista e mantenha o foco

Mesmo com um bom plano de carreira e buscando o seu objetivo com todas as ferramentas, é comum se deparar com dificuldades, metas não atingidas e outros problemas. Para lidar com esses fatores, o profissional deve ser persistente.

Mantenha o foco no seu objetivo e busque caminhos para continuar a jornada. Analise as falhas, tente entender o que causou o problema e trabalhe na melhoria desses pontos. Encontre outras alternativas, invista na melhora dos seus pontos fracos, enfim, crie um plano de ação para lidar com as crises.

Desse modo, encare o plano de carreira como um plano flexível, que vai precisar de reajustes e outros trabalhos até a conclusão do objetivo. Seguindo essas dicas, com persistência e foco, você conseguirá garantir uma gestão de carreira eficiente para alcançar o sucesso profissional almejado.

E então, gostou das nossas dicas? Está planejando a sua gestão de carreira? Deixe um comentário e compartilhe com a gente a sua experiência!