7 técnicas para falar em público sem medo

  • 03/abr/2018

7 técnicas para falar em público sem medo

Falar em público é um desafio para muitas pessoas. As mais tímidas são capazes até de sofrer pesadelos com o assunto. Já as mais comunicativas podem se dar bem na tarefa, mas muitas vezes isso não deixa de ser uma situação a ser vencida.

É natural que haja dificuldade em ter tantas pessoas prestando atenção em você — ou mesmo somente uma, no caso de uma entrevista de emprego, por exemplo. Lidar com essa sensação é realmente desafiador, mas bastante comum e necessário para a carreira profissional.

E o que fazer para vencer o medo e melhorar essa habilidade? Veja a seguir algumas dicas que podem ser bem úteis nesse momento!

1. Tenha argumentos bem claros

Nada pode deixá-lo mais seguro para falar em público do que dominar o assunto que você está abordando. É essencial estar focado na mensagem que você deseja passar, estudando com antecedência os argumentos que tem para isso.

Por exemplo, se você vai fazer uma apresentação sobre a empresa, esteja por dentro de tudo o que considera relevante para transmitir para o público. Tópicos como história, missão, valores, atuação no mercado, tipos de produtos/serviços oferecidos são alguns dos que você provavelmente não pode deixar de lado.

Já no caso de uma entrevista, procure refletir sobre alguns pontos que podem ser perguntados a você. Deixar para pensar tudo na última hora pode atrapalhar o seu desempenho e causar mais nervosismo.

Isto é, sempre prepare-se antes para a sua fala ser a mais clara e segura possível.

2. Trabalhe a sua postura

Você não se expressa apenas pelo que fala — seu corpo também é capaz de se comunicar e de transmitir algumas ideias e impressões. Ter consciência disso é o primeiro passo para melhorar a sua postura e não passar uma imagem contrária do que deseja.

Quando as pessoas ficam muito nervosas, é natural que essa tensão deixe o corpo mais “duro” e retraído. Por outro lado, algumas delas acabam se movimentando excessivamente como sinal da inquietude interna que estão vivenciando.

Nenhuma dessas situações costuma ser positiva, tanto a falta como o excesso de gestos não transmitem naturalidade. Logo, respire fundo para afastar a ansiedade e tente manter uma postura espontânea e natural.

3. Procure conhecer o seu público

Essa dica é crucial para que as pessoas que estão ouvindo a sua fala consigam entender o que você diz. O fato de procurar saber quem compõe o seu público é importante para que você não fique distante dele.

Imagine que um renomado e experiente economista vá dar uma palestra para o primeiro período de um curso de Economia. Ele precisa ter em mente que os alunos ainda não estão tão familiarizados com o tema e não dominam tantos termos técnicos, certo?

Caso contrário, o palestrante poderá ficar horas falando sobre coisas muito interessantes, mas sem conseguir atingir o seu objetivo — que deve ser acolher e informar os novos estudantes.

Isso funciona para qualquer ocasião: públicos leigos necessitam de uma linguagem mais fácil, enquanto ambientes mais selecionados podem exigir uma formalidade mais adequada e assim por diante.

4. Encontre um ritmo para sua fala

Uma das habilidades de quem consegue falar bem em público é saber dar um bom ritmo para a própria fala. Nesse quesito, a velocidade e o tom da voz são dois aspectos determinantes.

Falar rápido demais demonstra nervosismo, além de fazer você correr o risco de acabar com o assunto muito antes do planejado — então, há tempo de sobra e você não vai ter o que fazer nesse período. Ao mesmo tempo, falar muito devagar é capaz de tornar a ocasião cansativa e entediante.

Portanto, treine para passar todo o seu conteúdo em um tempo razoável e equilibrado, de forma que as pessoas possam captar o que é transmitido e também consigam tirar suas dúvidas. Faça algumas pausas, interaja com o público, não tenha medo do silêncio, não grite e não fale tão baixo.

5. Quebre o gelo e seja verdadeiro

Quebrar o clima de tensão já no início da sua fala é uma boa forma de ficar menos nervoso e evitar o distanciamento com o público. O bom humor é como uma ferramenta de aproximação e relaxamento dos ânimos.

Nesse caso, algumas pessoas optam por fazer uma piada ou contar algo engraçado. Essa tática pode sim funcionar, mas é preciso ter cuidado e bom senso para não ser mais inconveniente do que espirituoso.

Apresentar-se de um jeito leve já é capaz de quebrar o gelo com as pessoas e deixá-las mais à vontade para se comunicarem com você. Já manter uma postura muito séria e formal o tempo todo normalmente faz com que elas se distanciem e fiquem com receio de tentar algum tipo de interação.

Outro fator importante, nesse caso, é ser sempre verdadeiro e se mostrar vulnerável caso seja necessário. Quando você é chamado para falar sobre determinado tema, pressupõe-se que você tenha um conhecimento diferenciado para passar para o público.

Mas isso não quer dizer que você saiba absolutamente tudo e tenha as respostas para todos os tipos de questões. Por isso, se surgir alguma incerteza, exponha a sua opinião e confesse que não sabe responder com exatidão ao que foi perguntado.

6. Treine bastante

Sem dúvidas, uma tarefa importante para quem quer falar em público sem medo é treinar bastante. Ninguém nasce um grande orador sem praticar isso antes, da mesma maneira que ninguém nasce sabendo cantar ou tocar piano.

É claro que algumas pessoas possuem maior facilidade para algumas coisas do que para outras, mas o treino é parte fundamental de um bom resultado. Uma técnica adotada por muitas pessoas é praticar em frente ao espelho para ter uma ideia da sua própria apresentação — se estiver sozinho, gravar um vídeo também pode ser uma solução.

Ou então, você pode pedir ajuda para um ou mais amigos assistirem a sua fala e darem um feedback sincero sobre ela, apontando os pontos fortes e principalmente aqueles que precisam ser melhorados.

7. Estude sobre o assunto

Por fim, algo que pode ajudá-lo muito a se tornar uma pessoa que fala bem em público é estudar sobre oratória. Ler livros sobre o assunto e fazer cursos especializados é uma boa pedida para quem deseja aprimorar essa habilidade — inclusive, optar pela educação a distância (EAD) pode fazer com que você aprenda sem mudar muito a sua rotina.

Com o tempo, você vai perceber como tudo isso vai fazer diferença no resultado final. A dedicação, o estudo e o treino serão capazes de transformá-lo em um excelente orador, seguro e tranquilo!

E aí, gostou das nossas dicas para falar em público sem medo? Aproveite para conhecer o nosso curso de pós-graduação EAD em Comunicação e Oratória e assinar a nossa newsletter para ficar por dentro das nossas publicações e novidades!