8 técnicas de concentração para estudar melhor (e não esquecer!)

  • 27/jul/2017

8 técnicas de concentração para estudar melhor (e não esquecer!)

Manter a concentração nos estudos pode ser uma tarefa quase impossível para algumas pessoas. Com tantas distrações disponíveis hoje em dia, pode parecer irresistível largar os livros para dar “aquela olhadinha” no celular ou ver o que está passando na televisão.

A situação pode ser ainda pior quando surge uma prova importante: nesse caso, a ansiedade e a falta de concentração se misturam, e o resultado é um estudo muito pouco produtivo.

A boa notícia é que, apesar de esse ser um problema bastante recorrente, existem soluções para ele! Utilizando algumas técnicas de concentração bastante simples, você pode melhorar a sua produtividade e a sua memorização consideravelmente.

No post de hoje, separamos 8 dessas técnicas para você já começa a aplicar no seu dia a dia! Vamos ver quais são elas?

1. Estude em um ambiente organizado

O primeiro passo para melhorar a sua concentração não é bem uma técnica propriamente dita. Na verdade, essa dica tem mais a ver com a preparação que deve vir antes dos estudos.

Estudar em locais muito barulhentos ou movimentados fazem com que você esteja sempre distraído com alguma coisa — o que obviamente não é o ideal para um momento em que a concentração é essencial.

Por isso, é indispensável arrumar o seu cantinho de estudos antes de qualquer coisa. Separe um lugar silencioso da casa e mantenha-o sempre limpo e organizado. Se a sua casa não tiver um local assim, prefira uma biblioteca.

2. Elimine as distrações

A próxima tática para melhorar as suas técnicas de concentração também tem a ver com a preparação do ambiente de estudos.

Para quem tem dificuldades em se manter focado, estudar perto do computador ou da televisão é um grande problema: afinal, é impossível resistir a dar uma conferida nas notificações das redes sociais ou naquela série que está passando, não é mesmo?

Por isso, é indispensável eliminar as distrações antes de mergulhar nos livros! Desligue o celular, a TV, e tente utilizar o computador apenas para atividades relacionadas aos estudos (como pesquisas e leituras complementares).

3. Administre o seu tempo

Outra técnica para maximizar a sua concentração diz respeito ao controle do tempo disponível.

Quando estudamos sem nenhum tipo de planejamento, é fácil cair na cilada de procrastinar ou achar que ainda há muito tempo disponível para estudar até aquela prova. Por outro lado, se traçarmos uma meta clara, fica mais fácil se manter focado para cumprir o planejado.

Por esse motivo, manejar bem o tempo pode fazer toda a diferença na sua concentração! Para isso, você pode tentar fazer um cronograma de estudos personalizado.

4. Faça resumos

A leitura é uma atividade muito passiva e, por isso, é fácil perder a concentração quando estudamos apenas lendo.

Para evitar esse tipo de problema, tente fazer resumos enquanto lê! Dessa forma, fica mais difícil perder o foco pois estamos realizando uma tarefa mais complexa: além de ler, é preciso entender o conteúdo e passá-lo para o papel com as próprias palavras.

Prefira sempre escrever à mão para tirar o melhor proveito dessa técnica de concentração, ok? Digitar os resumos no computador pode até funcionar, mas como também é um processo muito automático, pode ser que o resultado não seja tão bom.

5. Crie siglas

Outra ótima técnica para melhorar a sua concentração é a criação de siglas. Ela funciona da seguinte maneira: se você precisa lembrar de um certo grupo de palavras, crie uma sigla com as primeiras letras ou sílabas dessas palavras.

Um exemplo: se você estiver estudando Direito e precisa lembrar dos princípios da Administração Pública (legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência), basta pegar a primeira letra de cada um deles e formar a palavra LIMPE. Muito mais fácil lembrar apenas da sigla do que cada um dos princípios, certo?

O bom dessa técnica é que, se você decorar a sigla — ainda que não se lembre imediatamente de cada uma das palavras que a compõem — fica mais fácil de deduzi-las na hora da prova (afinal, você, pelo menos, já sabe com que letra cada uma começa)!

6. Dê aulas

Explicar a matéria estudada para outras pessoas é outra excelente maneira de melhorar a sua concentração e a memorização do conteúdo.

Em um primeiro momento, essa dica pode até parecer estranha, e você pode se perguntar: “Se eu ainda estou tentando aprender a matéria, como vou conseguir explicá-la para outra pessoa”?

Mas, na verdade, você não precisa se preocupar com isso! A tática funciona pois força você a prestar bastante atenção no que está sendo estudado, já que você só conseguirá repassar as informações para outra pessoa se refletir e compreender o que leu.

Para colocar essa técnica em prática, peça para algum amigo ou familiar assistir a uma aula curta sobre um determinado assunto. Se não achar ninguém, serve repetir a matéria com suas palavras na frente do espelho!

7. Elabore histórias absurdas

Essa é outra dica que pode parecer esquisita, mas funciona que é uma beleza: elabore histórias absurdas para memorizar bem o conteúdo estudado. Para colocá-la em prática, basta separar as palavras-chave sobre um certo tema e criar uma narrativa bem maluca utilizando essas palavras.

Não é difícil entender o porquê de a técnica funcionar. Basta se perguntar: você se lembraria melhor do que comeu no último domingo ou daquele dia em que você encontrou um bicho morto no meio da salada?

Tudo o que sai dos padrões da normalidade é lembrado mais facilmente e, por isso, criar histórias absurdas torna a memorização da matéria uma tarefa mais fácil.

8. Faça pausas periódicas

Essa última dica é constantemente ignorada pelos estudantes, mas pode fazer toda a diferença na manutenção da concentração. O nosso cérebro possui um certo limite de concentração e de retenção de novas informações. Uma vez ultrapassado esse limite, continuar estudando vai ser inútil: o conteúdo estudado dificilmente vai ser compreendido e memorizado.

Por isso, é indispensável fazer algumas pausas curtas durante os estudos. Quando começar a sentir que o foco está indo embora, faça pausas de 15 minutos e dê uma volta pela casa. Esse vai ser o tempo de arejar a mente e voltar com rendimento total para os livros.

Gostou das nossas dicas de técnicas de concentração? Aproveite para compartilhá-las com seus amigos nas redes sociais!