Como adquirir experiência profissional além da carteira assinada?

  • 18/jul/2017

Como adquirir experiência profissional além da carteira assinada?

 

Muitas empresas valorizam bastante a experiência profissional na hora de contratar um funcionário. Em um cenário de crise econômica e de poucas oportunidades, entrar no mercado de trabalho é um desafio cada vez maior.

A falta de qualificação profissional é, sem dúvida, um aspecto que dificulta bastante na conquista de um emprego. Além disso, é um fator que elimina as chances de ocupar cargos de gerência em uma companhia, em médio e longo prazo.

Para os que estão em busca do primeiro emprego ou desejam mudar de carreira, a dica é acompanhar as nossas sugestões que podem contribuir para melhorar o currículo e torná-lo mais atraente para os recrutadores. Confira!

Aposte no empreendedorismo

Atualmente, é comum ver jovens recém-formados com dificuldades de conquistar uma vaga no mercado de trabalho. Por isso, alguns estão optando por abrir o próprio negócio. Esse tipo de comportamento mostra capacidade de iniciativa, foco em resultados e experiência em gestão.

Qualquer organização gosta de colaboradores que enfrentam desafios e buscam oportunidades para evoluir. Nesse aspecto, criar uma empresa é uma maneira de desenvolver diversas habilidades, como:

  • comunicação mais acertada;

  • capacidade de negociação;

  • determinação para bater metas;

  • elaboração de orçamentos;

  • controle de gastos.

Quanto mais competências um profissional demonstrar, maiores as possibilidades de conquistar um bom emprego.

Invista em capacitação

A falta de tempo não é mais desculpa para uma pessoa não fazer um curso superior ou uma pós-graduação. A educação a distância (EAD) é um recurso muito utilizado por aqueles que não podem fazer uma faculdade no formato tradicional devido a dificuldades de deslocamento ou problemas financeiros.

O mais interessante é que o Ministério da Educação (MEC) não diferencia os diplomas obtidos na modalidade presencial dos obtidos na educação a distância (EAD). Portanto, não é preciso se preocupar com isso, apenas aproveitar os benefícios que o diploma trará para sua carreira!

Mesmo que não seja a garantia de um emprego imediato, um diploma é um fator que contribui para o profissional estar habilitado para entrar no mercado de trabalho. Afinal, muitas carreiras exigem que os candidatos tenham nível superior e sejam extremamente qualificados e preparados.

Pela internet, é possível também fazer uma pós-graduação. Isso é muito bem-visto pelos recrutadores, porque mostra que o profissional tem como foco a atualização constante e possui um bom conhecimento sobre as tendências do segmento em que atua.

Outra vantagem de contar com uma especialização é aumentar as chances de o profissional ser promovido. Por exemplo, imagine que você trabalhe em uma empresa há 4 anos, e o gerente da sua área se aposenta. Caso tenha um ótimo desempenho na companhia, bom relacionamento interpessoal e boa qualificação, serão grandes as possibilidades de você substituir o antigo gestor.

Aproveite as oportunidades de estágio

Vários profissionais de sucesso entraram no mercado de trabalho por meio de estágio, que é um momento importante para a aquisição de experiência e de conhecimento. Muitas empresas investem em programas de formação de novos valores para qualificar a mão de obra e valorizar a inovação.

Por isso, é fundamental que o estagiário esteja não apenas disposto a aprender, mas também a apresentar novas ideias que podem contribuir para melhorar a qualidade dos serviços.

Para os que pretendem obter um emprego fixo, é interessante fazer mais de um estágio durante a faculdade — pois as organizações valorizam os profissionais com uma maior bagagem de conhecimento e com possibilidades de desenvolver habilidades em curto prazo.

Com certeza, o estagiário terá mais chances de ser contratado caso apresente as seguintes características:

  • assiduidade;

  • pontualidade;

  • iniciativa;

  • humildade;

  • disciplina;

  • facilidade de se adaptar à cultura organizacional;

  • foco em resultados.

Tenha interesse por trabalhos voluntários

Mostrar que se preocupa com o bem-estar da sociedade é um dos aspectos que pode fazer a diferença durante o processo seletivo de uma empresa. Imagine que você gosta de ajudar pessoas com dificuldades de utilizar o computador ou um dispositivo móvel.

Se puder usar essa qualidade para participar como voluntário de um projeto de inclusão digital, terá uma boa oportunidade de melhorar o currículo e de chamar a atenção de empresas com vagas abertas.

Ao participar de uma ação como voluntário, o cidadão poderá aprimorar recursos que atraem bastante os empregadores, como:

  • relacionamento interpessoal;

  • capacidade de trabalhar com as diferenças individuais;

  • paciência para ouvir as pessoas;

  • e proatividade.

Trabalhe como freelancer para adquirir experiência profissional

Ter um trabalho como freelancer pode ser mais interessante do que muitos imaginam. Além de proporcionar uma renda extra, ele pode contribuir para aumentar a qualificação profissional e abrir boas oportunidades de trabalho.

Por exemplo, um jornalista recém-formado está com dificuldades de encontrar um emprego e opta por redigir artigos para plataformas de marketing de conteúdo e por fazer matérias para jornais de bairro.

Sem dúvida, essa iniciativa mostra que o profissional está adquirindo experiência e tem vontade de desenvolver o seu potencial. Com essa postura, as possibilidades de ser contratado por um veículo de comunicação de maior porte aumentam muito, principalmente quando o trabalho desenvolvido é de alto nível.

Atuando como freelancer, o profissional pode expandir a sua rede de contatos — o que é essencial para ficar bem informado sobre novas chances de trabalho —, como também eleva as possibilidades de ser indicado para ocupar uma vaga aberta em uma empresa.

Participe de projetos em sua faculdade

Muitas instituições de ensino superior desenvolvem projetos interessantes que ajudam na formação profissional de estudantes. A iniciativa é uma forma de os alunos adquirir mais experiências e aperfeiçoar a capacidade de trabalhar em equipe.

No caso do curso de Direito, algumas faculdades oferecem a chance de participar de núcleos de assistência jurídica, por exemplo. A ação consiste em fornecer atendimento a pessoas que necessitam de um advogado, mas estão com dificuldades de pagar pelos serviços desse profissional.

Ao participar dessa atividade, o aluno poderá analisar os segmentos da profissão em que terá não apenas um melhor desempenho, mas também maiores chances de conquistar uma vaga no mercado de trabalho.

Para os que fazem um curso a distância, é também interessante buscar esse tipo de iniciativa, porque ela contribui para adquirir mais conhecimento.

Contudo, o mercado de trabalho valoriza os que buscam sempre expandir a sua experiência profissional. Isso significa que a acomodação não pode fazer parte da rotina daqueles que pretendem conquistar o primeiro emprego ou iniciar a carreira em uma nova profissão.

Se você quer ter bons exemplos de superação, conheça a história de mulheres inspiradoras que conquistaram o sucesso. Tenha uma boa leitura e não se esqueça: aproveite o seu tempo livre para se qualificar!