Como vai a sua postura profissional? Descubra!

  • 16/fev/2018

Como vai a sua postura profissional? Descubra!

Manter uma boa postura profissional é tão importante quanto cumprir com as obrigações de trabalho. Muitas vezes, a maneira como o colaborador se posiciona diante dos colegas e dos desafios diários tem um peso tão grande, que influencia na hora de receber promoções ou ser demitido.

Você já parou para avaliar como é a sua postura? Fazer uma autoanálise desse tipo requer uma boa dose de humildade e, acima de tudo, maturidade. No entanto, identificar as falhas no seu comportamento profissional, e corrigi-las, fará maravilhas pelo seu crescimento no ambiente de trabalho.

Para ajudá-lo, preparamos este post com todo carinho. Preste atenção nos maus comportamentos que listamos a seguir e seja honesto consigo mesmo ao se reconhecer em alguns deles. A partir daí, coloque em prática as mudanças necessárias, e veja sua carreira decolar!

Preparado para descobrir como vai a sua postura profissional? Vamos lá!

Chego sempre 15 minutos depois do meu horário

O tempo pode variar, mas se você costuma se atrasar diariamente, saiba que está não apenas comprometendo a sua imagem profissional, mas desrespeitando os colegas que chegam no horário. Afinal, se eles são capazes, por que você não é?

O ideal é chegar alguns minutos antes do início do expediente, de forma a estar pronto para trabalhar desde o primeiro minuto. O mesmo vale para reuniões e prazos de entrega para projetos e relatórios.

No cotidiano, pode parecer algo mundano atrasar um ou dois dias a entrega de determinado documento, ou aproveitar ambiguidades para apresentar os resultados no finalzinho do expediente.

No entanto, essa atitude prejudica o planejamento de seus gestores e colegas, e pode criar reverberações indesejadas no projeto como um todo. Redobre o cuidado com os prazos e procure entregar as tarefas antes do combinado sempre que possível.

Adoro falar mal da empresa e dos colegas

Essa postura é bastante comum entre colaboradores. Muitas vezes, é a forma que alguns encontram de criar laços com os colegas de trabalho, já que a empresa é aquilo que vocês mais têm em comum, não é?

No entanto, essa atitude cria relações fracas, baseadas na desconfiança. Além disso, você pode prejudicar alguém ao influenciar a maneira como essa pessoa é vista pelos demais.

Da mesma forma, reclamar da empresa, por maior que seja a organização, acaba “minando” o ambiente de trabalho. Logo você já não sente mais a mesma motivação, nem seus colegas, e todos saem perdendo.

E, ainda, se suas reclamações chegarem aos ouvidos da chefia, você pode ser considerado inapto à cultura organizacional e se tornar um candidato à demissão. Claro, isso não se aplica a críticas construtivas, feitas em locais e momentos propícios.

Para contornar esse comportamento, comprometa-se a evitar as fofocas entre colegas e procure descobrir os aspectos positivos de seu trabalho. Uma atitude positiva aumenta o ânimo e a produtividade, além de contagiar toda a equipe.

Misturo minhas vidas pessoal e profissional o tempo todo

O fato é que você dedica as melhores horas do seu dia ao trabalho. Por isso, é praticamente impossível esquecer dos problemas pessoais durante o expediente.

Mas preste atenção ao tempo que você gasta em cada esfera. Se passa mais tempo nas redes sociais, pagando contas, falando com amigos e planejando o happy hour, do que passa realizando as tarefas de trabalho, algo está errado. Especialmente se você tem atrasado entregas em função desse desequilíbrio. Afinal, perder o prazo por ficar tempo demais no WhatsApp não é uma desculpa aceitável, certo?

Você se comprometeu com uma carga horária, e é fundamental cumpri-la todos os dias. Isso demonstra sua maturidade e confiabilidade. Deixe o celular no silencioso enquanto estiver dentro da empresa e abra suas redes sociais apenas durante intervalos curtos. O resultado dessa mudança será visível na sua produtividade!

Falo alto, uso palavrões e faço várias brincadeiras ao longo do dia

Cuidado com essas atitudes. Você pode achar que está passando uma imagem divertida e descontraída, mas, muito provavelmente, está apenas atrapalhando a concentração de seus colegas.

Um ambiente leve é ideal para trabalhar, mas para tudo existe um ponto de equilíbrio. Faça uma autoanálise consciente, ou peça um feedback honesto para algum colega mais próximo, já que, muitas vezes, esse comportamento passa despercebido por quem o comete.

Seu tom de voz, linguajar e brincadeiras podem ser consideradas ofensivas pelos seus pares, e você pode inadvertidamente tornar o ambiente de trabalho um lugar hostil. Nessa questão não tem jeito: policie-se. Ao falar, tente não atrapalhar os colegas ao seu redor, e evite brincadeiras de mau gosto.

Sinto que não preciso mais buscar aprimoramento

Essa postura profissional é uma das mais perigosas, pois além de passar uma imagem negativa a seu respeito, pode acabar com a sua motivação.

Um profissional acomodado, que não demonstra vontade de crescer, é frequentemente esquecido quando posições mais altas ficam disponíveis. O resultado é que vê todos a sua volta evoluírem enquanto ele mesmo permanece estagnado, sem saber o porquê.

Para descobrir se esse é o seu caso, pergunte-se quando foi a última vez que você fez um curso, uma especialização ou, mesmo, leu um artigo relacionado à sua área. Se a resposta for dada em meses, considere-se na zona de risco.

A única maneira de corrigir isso é investindo em você. Crie um plano de carreira com base em seus desejos e nas possibilidades que a sua organização oferece. Se chegar à conclusão de que deve buscar uma vaga em outra empresa, tudo bem, mas mantenha-se consciente da necessidade de investir em aprimoramento, mesmo num ambiente inteiramente novo.

A postura profissional é formada pelo conjunto da sua imagem associada a atitudes e habilidades. O que significa que não basta apenas parecer um bom colaborador, você deve agir como um e investir no seu crescimento.

Ao ler a lista acima, você se identificou com um ou mais comportamentos? Se sim, está na hora de iniciar as mudanças necessárias! Todos à sua volta serão capazes de perceber sua transformação e, acredite, isso vai mudar a forma como você é visto por seus colegas e gestores.

Está preparado para colher os frutos de uma boa postura profissional? Compartilhe este texto nas suas redes sociais e ajude mais pessoas a melhorarem suas carreiras!