Conheça as 7 principais especializações em pedagogia no mercado

  • 12/maio/2017

Conheça as 7 principais especializações em pedagogia no mercado

O pedagogo é, em geral, reconhecido como aquele profissional que atua nas escolas como educador, sobretudo nos níveis infantil e fundamental. Entretanto, com uma formação dinâmica e ampla, são cada vez maiores as possibilidades de especializações em pedagogia.

De fato, a formação do pedagogo sofreu grandes alterações nos últimos anos, o que possibilitou a abertura de um leque de funções diferentes para seus egressos.

A educação, nesse período, passou a ser entendida como algo fundamental também fora dos muros escolares, o que significou uma grande expansão de mercado de trabalho.

Hoje, além de atuarem na gestão e administração escolar, os pedagogos são requisitados ainda em empresas públicas e privadas, na produção de materiais didáticos e até mesmo em hospitais.

Quer descobrir as diferentes especializações que a pedagogia pode te oferecer? Neste post, vamos te mostrar que a atuação do pedagogo pode ir muito além da sala de aula!

1. Gestão escolar

O pedagogo é o profissional que atua em diversas instâncias da prática educativa e, por isso, possui um conhecimento amplo sobre as distintas necessidades de uma instituição de ensino.

Como consequência, uma especialização possível para o pedagogo é em gestão escolar. Nesse domínio, ele terá como trabalho a organização e a orientação dos demais envolvidos no processo de ensino: alunos, pais e professores.

Assim, buscando planejar e cumprir o projeto político-pedagógico da escola, ele deverá lidar com os aspectos curriculares, estruturais, financeiros e com a gestão dos recursos humanos.

Desse modo, o gestor escolar tem de atentar-se, de forma coordenada, à avaliação dos resultados obtidos pela instituição de ensino em suas diversas frentes: qualidade da merenda, conhecimento obtido pelos alunos, aquisição de tecnologias de aprendizagem, satisfação dos docentes e participação da família.

2. Produção de material didático

Foi-se o tempo em que os materiais didáticos podiam ser entendidos somente como um compilado de conteúdos em livros e apostilas recomendados pelos docentes e decorados pelos estudantes.

Atualmente, com o avanço das tecnologias dos processos e metodologias de ensino, esses materiais estão cada vez mais interativos e dinâmicos. Nesse ponto, a figura do pedagogo se torna fundamental.

Afinal, ele é o profissional mais indicado para assessorar a produção desse tipo de material que prioriza práticas pedagógicas capazes de gerar interesse dos alunos e autonomia na construção do conhecimento.

Desse modo, o pedagogo promove testes, realiza entrevistas individuais e grupais para avaliar a qualidade e eficiência daqueles materiais, propondo correções e melhorias nas estratégias e tecnologias educativas.

3. Cursos a distância

Outra área que vem crescendo de forma substancial e há algum tempo em nosso país é da Educação a Distância (EAD). Ela já é, atualmente, a modalidade de ensino que mais avança no Brasil, segundo dados do Ministério da Educação.

A expansão territorial do ensino permitida pela EAD traz consequências positivas também para os formados em Pedagogia.

Nessa área, os pedagogos podem atuar como gestores ou tutores, na produção dos materiais didáticos autossuficientes e ainda assessorar a confecção dos currículos e planos de ensino.

Além das questões pedagógicas clássicas, como o saber-fazer do professor, o pedagogo na EAD ainda possui funções importantes relacionadas ao design de sistemas, design instrucional e à construção de ferramentas de ensino que possibilitem a integração de diversos perfis de aluno.

4. Pedagogia empresarial

Em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo, as empresas têm de buscar soluções para que continuem se destacando e atraindo os melhores profissionais.

É fruto dessa preocupação a chamada “pedagogia empresarial”. Esse ramo foi criado para dar suporte ao treinamento e ao desenvolvimento de pessoal, delimitando e demonstrando os objetivos daquela organização.

Para isso, o pedagogo atua na promoção da reconstrução de conceitos básicos como a criatividade, o empreendedorismo e o trabalho em equipe. Assim, ele busca metodologias para provocar mudanças no comportamento de um time, mantendo seus membros motivados para que os indivíduos melhorem sua capacidade profissional e pessoal.

5. Psicopedagogia

A psicopedagogia trabalha na interseção entre os campos de conhecimento do psicólogo e do pedagogo. Nesse sentido, o papel do profissional é analisar os diversos fatores que favorecem ou prejudicam uma boa aprendizagem.

A partir desse diagnóstico, ele propõe métodos que devem ser aplicados para o desenvolvimento de novas estratégias de ensino a partir das necessidades reais de cada instituição ou indivíduo.

Suas ferramentas envolvem a análise de planos de ensino ou, até mesmo, o diagnóstico clínico de problemas de aprendizagem a partir de entrevistas e dinâmicas grupais.

Por isso, o pedagogo nessa área pode trabalhar em instituições de educação, hospitais e empresas públicas ou privadas.

6. Pedagogia social

Com a complexificação da sociedade, surgiram inúmeros problemas sociais ligados à disputa pela terra, pela saúde e pela educação.

Desse modo, é cada vez mais necessária a atuação de um profissional capaz de mediar conflitos e propor soluções que melhorem a vivência conjunta. O pedagogo social, nesse sentido, surge como uma figura proeminente.

Nesse contexto, o pedagogo pode atuar em entidades governamentais e não governamentais (ONGs) dedicadas à resolução de problemas sociais de diversas ordens: violação dos direitos humanos, defesa dos direitos da criança, busca por reformas agrárias, melhores condições de moradia e outras questões de grande importância.

Assim, ele pode atuar na promoção de questões de interesse da sociedade como um todo, focando na assistência de grupos em situação de risco ou de carência.

7. Assessoria em outras áreas

A sociedade contemporânea é caracterizada também pela difusão de saberes em rede, o que traz desafios e possibilidades para os pedagogos.

Atualmente, a chamada cultura do “faça você mesmo” estimula indivíduos a buscar conhecimentos em lugares não convencionais.

Não por acaso, podemos perceber a expansão para variados cursos, como culinária, estética, redação, costura, web design e vários outros.

O pedagogo surge, nesse âmbito, como um importante profissional para assessorar as práticas e metodologias de ensino, garantindo a eficácia na aquisição desses conhecimentos.

Como podemos perceber, são várias as possibilidades de atuação e especializações em pedagogia! Esse curso oferece um mercado bastante vasto para os seus profissionais.

Gostou das nossas dicas? Já está atuando na área de pedagogia? Deixe um comentário aqui no post!