Humanas, Exatas ou Biológicas: qual perfil de curso combina com você?

  • 18/out/2017

Humanas, Exatas ou Biológicas: qual perfil de curso combina com você?

Nós, seres humanos, gostamos de categorizar e nomear tudo que nos cerca, e o conhecimento científico não escapa dessa tendência. Atualmente, dividimos esse conhecimento em três grandes áreas: Exatas, Humanas e Biológicas.

Mas qual é o foco de estudo de cada uma delas e como saber disso vai ajudar você a escolher um curso de graduação?

Bem, conhecer a proposta das ciências dos dias atuais pode dar a você um senso de direcionamento, ainda mais se você já souber quais são seus interesses e habilidades naturais.

Nosso objetivo aqui, portanto, é refletir sobre as características de cada uma das grandes áreas do conhecimento humano, bem como sobre os cursos e profissões relacionados a elas.

Por isso, preparamos este post para que você fique atento, reflita e tenha um bom aproveitamento. Acompanhe!

Distintas, mas não distantes

Logo acima, começamos este artigo falando que o conhecimento humano é segmentado em três grandes áreas. Isso não quer dizer, entretanto, que não há relações entre essas áreas e entre as profissões que elas englobam. Na verdade, alguns assuntos são estudados por mais de uma ciência, que chegam a compartilhar métodos e práticas.

Você diria que Economia, por exemplo, se encaixa nas Exatas ou nas Humanas?

Um economista lida com cálculos, projeções e porcentagens o dia todo. Esses números são resultados das ações humanas no globo terrestre. Acha que não? Então pense em como as flutuações em uma bolsa de valores ou a queda nas ações de uma multinacional impactam o cotidiano de milhões de pessoas. Além disso, todas as teorias que pautam a Economia provêm das Ciências Humanas…

E o que dizer da Física? Para os físicos, a Matemática não corresponde apenas a uma série de símbolos, letras e equações, ela funciona como uma filosofia, por meio da qual suas teorias a respeito do universo tomam forma e podem ser verificadas.

Assim, perceba que nenhuma área ou profissão existe isoladamente. O conhecimento humano é um campo único, o que muda são as nossas abordagens, e a forma como decidimos interpretar as informações.

Ciências Exatas e sua lógica

As Ciências Exatas englobam o mundo dos números e da lógica, bem como as tecnologias provindas dele. Essa grande área concentra disciplinas e cursos clássicos, como Matemática, Física, Ciências Contábeis e Estatística, ao mesmo tempo em que acolhe campos e profissões que nasceram e se expandiram nas últimas décadas, como Ciências da computação e Engenharias focadas em sustentabilidade e energias renováveis.

Os estudantes que se sentem atraídos por essa área costumam ter um excelente raciocínio lógico e um alto grau de objetividade, já que seus resultados dependem mais de precisão do que de interpretação.

Nas profissões associadas às Ciências Exatas, costuma-se trabalhar com o que é palpável e passível de ser comprovado por experimentos científicos e observação. No entanto, como mencionamos, há grandes zonas de intersecção com as Ciências Humanas e as Biológicas.

Ciências Humanas e sua proposta

As Ciências Humanas englobam as profissões e disciplinas que estudam o ser humano enquanto entidade coletiva e individual, seu comportamento e suas ações ao longo do tempo. Tradicionalmente, estão subordinados a essa área: História, Psicologia, Sociologia, Filosofia, Direito, Pedagogia, mas também Marketing, Jornalismo e Cinema.

Os métodos de abordagem e os assuntos trabalhados por essas profissões requerem uma boa dose de interpretação e de associação entre teorias e conceitos. A área das Humanas é a área da subjetividade, ou seja, tudo que é produzido parte reconhecidamente da percepção de alguém.

Imagine, por exemplo, o diagnóstico de um psicólogo, ou uma matéria escrita por um jornalista. Ambos os trabalhos serão embasados nas teorias e práticas próprias da profissão, tanto um quanto o outro poderá ser interpretado de diversas maneiras por quem os lê.

Muitas pessoas encaram as Ciências Humanas como se elas fossem o oposto das Exatas, quando, na verdade, são campos complementares. Há cursos e profissões associados às Humanas que utilizam abordagens e conceitos das Exatas e vice-versa, como Administração e Gestão.

Pessoas que se sentem atraídas por essa área costumam ser bons questionadores, escritores, leitores e ouvintes.

Ciências Biológicas e sua natureza

Se você pensa que as Ciências Biológicas se resumem à Biologia, está muito enganado. Como as anteriores, essa área é bastante ampla e concentra todas as vertentes e atuações que se dedicam a compreender as formas de vida orgânicas, bem como o ecossistema do qual elas fazem parte.

Em comparação com as Ciências Humanas, que estudam o homem e suas tendências comportamentais, nas Biológicas estuda-se o homem e sua composição química. Todos os elementos que compõem nosso corpo, permitindo que ele funcione da forma como funciona, bem como o mundo que nos cerca, formam os objetos de estudo dos cientistas dessa área.

Medicina, Química, Nutrição, Educação Física, Agronomia, Veterinária são alguns exemplos de cursos subordinados ao campo das biológicas. Os saberes produzidos e aprendidos nessa área são obtidos por meio do trabalho de campo e testados em laboratórios.

O método de pesquisa e apuração de resultados é bastante similar ao das Ciências Exatas. Um fisioterapeuta, no entanto, ao lidar com seu paciente, precisará de recursos e habilidades provindos das Humanas.

Sua contribuição ao conhecimento humano

Até aqui, falamos da segmentação dos grandes campos de conhecimento humano, e das profissões associadas a cada um. Você viu que mesmo não tendo uma ideia clara a respeito de que curso escolher, refletir sobre a área de conhecimento com a qual você mais se identifica é uma boa forma de se preparar para tomar a decisão.

Contudo, é importante perceber o quanto esses campos também dialogam entre si, especialmente em áreas de estudos emergentes como Bioética, Robótica, Segurança Cibernética e Inteligência Artificial.

As profissões do futuro tendem a ser cada vez mais multidisciplinares, demandando saberes e aptidões complementares e provindos de diversas fontes.

Concluímos, então, com uma reflexão: como você se posiciona em relação a esse conhecimento? O que você pretende alcançar e como pretender utilizar sua graduação — independentemente de escolher Ciências Humanas, Exatas ou Biológicas — para transformar o mundo em um lugar melhor?

Gostou deste post? Então, compartilhe-o em suas redes sociais e convide seus amigos para refletirem também!