Qual o futuro da área administrativa?

  • 23/abr/2018

Qual o futuro da área administrativa?

A Administração é um dos 10 cursos mais procurados pelos universitários brasileiros, de acordo com o Guia do Estudante. Com diversas possibilidades de atuação, os profissionais formados na área são responsáveis por realizar tarefas como gerenciar os recursos (financeiros, materiais e humanos) e o dia a dia de uma organização, traçar metas, criar políticas internas e analisar resultados.

Contudo, devido ao advento da tecnologia, é notável que a Administração vem se reinventando e passando por transformações significativas. Nesse sentido, surgiram algumas tendências da área administrativa que não devem ser ignoradas pelos profissionais do ramo.

Para que você conheça esses pontos que são essenciais e entenda um pouco mais sobre o papel do administrador do futuro dentro das empresas, preparamos este post. Ficou curioso? Continue a leitura!

Atuação na sustentabilidade e responsabilidade social

Muito se fala sobre sustentabilidade e responsabilidade social nos dias de hoje. Nesse contexto, as empresas que não se preocupam ou que não levam a sério essas questões dificilmente conseguem crescer como deveriam.

Isso acontece porque demonstrar compromisso com o tema garante diferenciais e vantagens competitivas às organizações, que passam a ganhar a confiança dos clientes, do mercado e até mesmo da comunidade em geral.

Além disso, compreender essa tendência é vital em meio a um mercado cada vez mais competitivo e transparente. Dessa forma, as empresas possuem a oportunidade de se empenhar quanto à programação de práticas sustentáveis de gerenciamento, não só para atender às exigências atuais, como também para se consolidarem.

Lembre-se de que a sustentabilidade e a responsabilidade social há muito tempo deixaram de fazer parte apenas do “politicamente correto”. Num contexto empresarial, trata-se de uma visão amplamente estratégica.

O administrador que pretende garantir o bom funcionamento de uma companhia deve, então, gerar valor não só economicamente falando, mas também ambiental e socialmente.

Vasto campo nas micro e pequenas empresas

As micro e pequenas empresas já geram 27% do PIB brasileiro e, em apenas dez anos, o valor da produção gerada por esses negócios saltou de R$ 144 bilhões para nada mais nada menos que R$ 599 bilhões.

Contudo, é fato que grande parte dos empreendimentos que surgem nesse cenário não contam inicialmente com um sistema de gestão comercial que permita o bom funcionamento do básico.

Além disso, muitos novos empresários não têm conhecimento sobre informática para utilizar softwares ou ferramentas que otimizam os processos administrativos.

Sendo assim, é fato que alguns desses negócios jamais venham a entrar para os dados que mencionamos no início do tópico, falindo no primeiro ou segundo ano de funcionamento.

É preciso entender, então, que esses novos empreendimentos necessitam de profissionais qualificados e com o devido conhecimento para cuidar da parte administrativa — e, claro, não há ninguém melhor para essa função que um administrador, que deve ser visto como ferramenta estratégica de sucesso para as micro e pequenas empresas.

Ideias inovadoras de startups

Sabe aquelas empresas jovens e que buscam oferecer produtos ou serviços inovadores no mercado de qualquer setor? Elas são chamadas de startups.

Com alto potencial de crescimento, esses novos empreendimentos contam com planos de negócios articulados, escaláveis e receptivos, proporcionando aos seus colaboradores as mesmas chances de ascensão.

Como a administração é uma área que permite a atuação nos mais diferentes setores, se faz claro o papel do administrador em um negócio como esse. Embora aqui os mais requisitados sejam aqueles especializados em áreas como o marketing e a tecnologia da informação, são também bastante procurados os profissionais que atuam com:

  • relacionamento com o cliente;

  • departamento de compras;

  • área de qualidade;

  • gestão de vendas.

Possibilidades no ramo da Tecnologia da Informação

A internet e a tecnologia fazem cada vez mais parte de nossas vidas. Resolvemos grande parte das nossas tarefas diárias com o auxílio de simples cliques, e isso não poderia ser diferente no contexto empresarial.

É fato que as organizações buscam cada vez mais por profissionais que saibam utilizar a tecnologia da informação para o apoio nos negócios, gerando competitividade e crescimento, mas como isso se encaixa no papel do administrador?

Bom, saiba que o administrador com habilidades em tecnologia da informação assume o papel de agente de mudanças dentro das empresas, utilizando softwares e ferramentas que inovem e otimizem os processos internos e elevando a participação do negócio em seu mercado de atuação.

Ligação direta com o marketing

Totalmente em alta, o marketing é uma área cada vez mais explorada por aquelas empresas que desejam crescer de forma rápida e eficaz.

Aqui, estamos falando sobretudo do marketing digital, vertente que se aplica no âmbito online e que se baseia na atração e conversão de leads no momento certo, por meio de ações como publicação de conteúdos valiosos em blogs e redes sociais, e-mail marketing, entre outras.

Sabe-se que o marketing é parte da gestão empresarial de qualquer setor, sendo assim, as possibilidades profissionais para a área são muitas — e quem pode se beneficiar diretamente com isso é o administrador.

Para ser mais preciso, o marketing é uma das disciplinas abordadas dentro de um curso de Administração. Assim como a área possui suas vertentes financeiras, contábeis e de recursos humanos, ela estuda também o que chamamos de “Administração de Marketing”, que se dedica a compreender o consumidor e, assim, perceber como o produto ou serviço de uma empresa pode ajudá-lo

Nas organizações, o administrador especializado em marketing é o responsável por atividades como:

  • estabelecer metas e estratégias de atuação para a empresa;

  • estudar o público-alvo, compreendendo a fundo suas principais necessidades, desejos e problemas;

  • desenvolver produtos ou serviços que atendam as questões levantadas acima;

  • planejar as vendas;

  • realizar o devido monitoramento dos resultados.

Viu só como o curso de Administração pode ser a base para um futuro profissional brilhante e com várias possibilidades de atuação? Seguindo as principais tendências da área administrativa apontadas ao longo do post, tenha a certeza de que sua trajetória no ramo será sempre de sucesso!

E então, gostou do artigo de hoje sobre o futuro da área administrativa? Se você se interessou pelo assunto, não deixe de conferir agora mesmo o nosso post sobre o que todo estudante precisa saber sobre o curso de Administração!