7 motivos que comprovam que a faculdade a distância vale a pena

  • 22/nov/2017

7 motivos que comprovam que a faculdade a distância vale a pena

Flexibilidade, liberdade e acessibilidade. Poderíamos definir a essência da EAD em torno dessas 3 palavras. Liberdade para escolher entre uma gama diversificada dos melhores cursos; flexibilidade para encaixar uma experiência de qualificação na sua rotina de vida e para definir seu próprio cronograma e ritmo de estudos; acessibilidade de preços a todos os cantos do Brasil.

Excelência, em cursos de graduação, pós-graduação ou especialização, é outra palavra de ordem da EAD, o que significa oferecer o máximo em qualidade de ensino em condições que viabilizam o sonho da qualificação superior — seja qual for a categoria escolhida — a você, que talvez já estivesse convencido de que não encontraria essa oportunidade em seu caminho!

Que tal conhecer essas e outras vantagens que comprovam que a EAD vale a pena e também alguns conselhos práticos sobre como escolher com segurança uma faculdade a distância?! Acompanhe o post e descubra!

Quais são as vantagens de cursar uma faculdade a distância?

1. Flexibilidade

Como você já sabe, a flexibilidade é a primeira vantagem a saltar aos olhos de quem escolhe a EAD. Ela dá ao aluno muito mais controle e autonomia sobre sua própria formação, com toda uma rede de suporte preparada para atendê-lo (entre tutores, monitores e ferramentas tecnológicas que disponibilizam diversos e efetivos canais de comunicação).

Não é preciso se deslocar para assistir às aulas, nem estudar em um turno incompatível com sua realidade de vida — como muita gente faz em cursos presenciais à noite, por exemplo, quando o cansaço já tomou conta e o rendimento tem mais chances de ser baixo.

Na EAD, as individualidades e diversidade de perfis de alunos são respeitadas: você vive uma experiência de aprendizado totalmente sua!

Prefere estudar logo de manhã, antes de ir para o trabalho? Funciona melhor de madrugada? Estude quando sua produtividade é mais alta! Ao contrário de um curso presencial — que tem horários rígidos —, é possível fazer suas tarefas quando for mais conveniente para você.

2. Aprendizado a qualquer hora e à sua maneira

Um dos maiores problemas da sala de aula tradicional é que não temos um botão de pause para aqueles momentos em que precisamos nos ausentar ou rever determinado conceito. Quando você opta pela faculdade a distância, isso é possível!

Quem nunca se viu na situação de estar sentado na cadeira, preso numa aula interminável, cansado, com fome ou maldisposto, e não poder sair? Responda: por estar lá, fisicamente presente, depois de horas a fio, você sente que aprendeu mais?

Na EAD, como na leitura de um livro, caso o capítulo anterior não tenha ficado claro ou você precise refrescá-lo na memória, você pode parar e revisitá-lo até estar preparado para avançar.

Precisa voltar a uma referência ou checar suas anotações? Volte quando estiver pronto para prosseguir. Enfim, com os conteúdos disponíveis na plataforma para leitura a qualquer hora, você tem condições de parar, fazer um lanche, tomar um ar, enfim, interromper quando for necessário, e assim tornar sua experiência de fato produtiva — e mais prazerosa!

3. Ferramentas para tirar dúvidas

Tudo bem que a possibilidade de interromper seu estudo ou leitura a qualquer momento e rever o conteúdo é uma mão na roda, mas, e naqueles momentos em que só mesmo o professor para elucidar uma questão? Numa faculdade a distância, você tem a chance de tirar suas dúvidas assim que elas aparecerem, enviando uma mensagem para seu tutor ou monitor.

Eles estarão prontamente disponíveis para responder às suas perguntas, dar dicas, orientar e acompanhar seu desenvolvimento ao longo do curso, e não apenas para corrigir provas e exercícios.

4. Custo-benefício

Cursos a distância são também mais vantajosos em matéria de custo-benefício que os presenciais, e não é difícil entender o porquê.

Como as instituições de EAD têm uma estrutura mais enxuta, isto é, têm menos gastos com infraestrutura física e outras necessidades típicas dos cursos presenciais, essa economia é repassada para os alunos, que podem adquirir um título universitário por uma fatia do preço encontrado nas faculdades particulares tradicionais!

5. Habilidades que o mercado de trabalho procura

O mercado de trabalho dá preferência a candidatos que têm um grande senso de responsabilidade e conseguem se virar sozinhos. E a EAD vai formar você para a autonomia e a liderança, pois nela o seu desenvolvimento também é confiado a você, ao contrário do que comumente acontece no ensino presencial, em que o aluno pode ser pouco estimulado a exercer sua condição de protagonista.

Isso fica claro nos termos do que Paulo Freire chamava de educação bancária, em que o conhecimento é apenas depositado na conta do aluno, sem que ele seja chamado a ser parte ativa no processo.

Fazer seus próprios horários e estudar à sua própria maneira não significa apenas ter uma rotina mais flexível, mas também desenvolver habilidades que seus concorrentes poderão ser menos incentivados a exercitar, como planejamento, motivação pessoal, comunicação e organização, entre muitas outras.

6. Qualidade de vida

Outro fator que torna a EAD uma opção de ouro é a qualidade de vida que ela possibilita ao aluno. Em uma sociedade na qual a esmagadora maioria das pessoas precisa conciliar estudo, trabalho e vida pessoal, é exaustivo se locomover de um lugar para o outro apenas para assistir a aulas e ter acesso a materiais que a tecnologia pode levar até você!

Vamos considerar que você gaste cerca de 2 horas para ir e voltar do trabalho todos os dias e mais 1 hora para chegar até a faculdade. Na EAD, você economizaria essa 1 hora preciosa e, dependendo do seu meio de transporte, poderia aproveitar as outras 2 no caminho, adiantando alguma leitura ou fazendo um exercício!

Talvez você não acredite, mas na educação a distância você não só terá tempo para estudar e trabalhar, mas também para investir no seu lazer, curtir a família e os amigos. Quem disse que tempo livre é um luxo para poucos? Na EAD, o tempo não é só a ferramenta de construção do seu futuro, mas também do seu bem-estar no presente!

7. Diploma idêntico ao dos cursos presenciais

Você pode estar se perguntando: se fazer faculdade a distância é algo tão vantajoso, por que algumas pessoas ainda insistem nos cursos presenciais? É que muita gente não sabe que a graduação EAD tem a mesma validade que a desses cursos.

Um dos principais receios de quem escolhe fazer um curso a distância está em não saber se seu diploma será reconhecido pelo Ministério da Educação e terá paridade com o diploma de um curso presencial.

No entanto, o diploma EAD tem o mesmo valor do que o obtido em um curso presencial, desde que, é claro, a instituição de ensino escolhida tenha o selo do MEC. Para saber se é o caso da faculdade a distância escolhida, é muito simples: basta consultar o e-MEC e procurá-la!

No site, você pode conferir também as credenciais de qualidade e outras informações necessárias antes da sua decisão, como o tipo de organização acadêmica (faculdade, centro universitário ou universidade) e sua categoria administrativa.

Agora que você já sabe algumas vantagens e porque a faculdade a distância vale a pena, está na hora de escolher uma instituição para começar os estudos com a praticidade e liberdade dessa modalidade.

Isso não é uma tarefa fácil, mas temos algumas dicas para facilitar esse processo e garantir a escolha certa. Confira!

O que avaliar ao escolher uma faculdade a distância com segurança?

Nessa hora, é muito importante pesquisar bem e ter a garantia de que está fazendo uma boa escolha, isso porque estamos falando da sua educação e carreira, assunto que deve ser levado a sério e bem pensado.

Por isso, é preciso muito cuidado e atenção, além de verificar alguns pontos importantes da instituição que está oferecendo o curso a distância.

A seguir separamos alguns pontos que devem ser observados na faculdade a distância para fazer a escolha sem preocupação:

1. Credenciamento no MEC

Como dito, para que o diploma de um curso a distância tenha validade, ele deverá ter o selo do MEC. Então o primeiro passo é observar se o curso ofertado e que você deseja cursar está autorizado pelo órgão.

A instituição, antes de tudo, deve ter o credenciamento do MEC para oferecer a modalidade de cursos a distância. Para isso, ela deve apresentar vários documentos comprovando a capacidade da instituição e atendimento a todas as normas que o órgão impõe.

A instituição deve fazer o processo de recredenciamento regularmente, para demonstrar que se mantém atualizada pelas normas legais e do MEC e garantir a manutenção da qualidade do ensino ofertado.

A situação da instituição de ensino perante o MEC pode ser pesquisada pela internet. Também é importante verificar as entidades de classe, quando for o caso, como a OAB, CRM, CRP etc., para saber se o diploma da instituição é aceito para conseguir a inscrição nos órgãos.

2. Autorização de funcionamento

O MEC também tem um prazo para autorizar a instituição a emitir diplomas referentes a novos cursos. Então, alguns cursos podem estar cadastrados no órgão e outros não, dependendo da instituição e de quando foi feito o credenciamento.

Por isso, é fundamental que o interessado, além de verificar a situação da própria instituição em relação ao MEC, certifique-se de que o curso desejado também está inscrito no órgão. Caso não esteja, ele será considerado apenas um “curso livre”, sem oferecer grau a quem o concluiu, até que o MEC o reconheça.

Dessa forma, mesmo que o curso após um tempo seja reconhecido pelo MEC, aqueles que se formaram antes da data de credenciamento não colarão grau. Novamente, pode-se conseguir essas informações pelo site do MEC ou por meio da Associação Brasileira de Ensino a Distância.

3. Localização do polo presencial

Apesar de uma das vantagens da educação a distância ser a praticidade de fazer aulas, atividades e provas em qualquer horário ou local, desde que haja conexão com a internet, é importante pesquisar sobre o polo presencial da instituição.

Isso é importante porque o MEC exige que devem ser incluídas, nos cursos oferecidos, provas presenciais e defesa presencial individual de monografia ou trabalho de conclusão de curso. Por isso, sempre verifique se há essa determinação pelo curso — caso não haja, desconfie.

Após feita essa verificação, veja como o procedimento acontecerá, em qual local fica o polo presencial, como é feita a prova e a respectiva defesa do trabalho de conclusão. Veja também se é de fácil acesso, e, se possível, compareça ao local pessoalmente, para analisar a estrutura oferecida.

Com essas informações, você ficará mais seguro ao iniciar uma faculdade a distância, pois saberá que uma das exigências do MEC está sendo atendida, e poderá contar com uma boa estrutura para as atividades que deverão ser feitas de forma presencial.

4. Reputação da instituição

Esse é um cuidado que você deve ter não só com cursos a distância, mas também com os presenciais. É imprescindível pesquisar a reputação e o histórico da instituição de ensino que você está pensando em cursar.

É possível fazer isso perguntando sobre a faculdade para alunos e ex-alunos, o que eles acham das aulas, dos professores, da infraestrutura, do espaço virtual oferecido, de como se comporta a conexão no momento de assistir as aulas e enviar trabalhos e provas etc.

Na modalidade a distância pode ficar mais complicado achar pessoas próximas ou mesmo da cidade que tenham experiência com a faculdade, mas utilizando as redes sociais essa tarefa fica mais simples.

Procure por grupos on-line, reclamações em comentários e em sites especializados. Assim você poderá descobrir eventuais problemas de outros alunos e analisar como a instituição lida com essas situações.

Também é possível entrar em contato diretamente com o MEC, seja pelo serviço de atendimento pelo telefone ou mesmo enviando um e-mail questionando se há muitas reclamações e alunos sobre a faculdade desejada.

5. Bons profissionais e professores

Outra questão fundamental a se observar em uma faculdade a distância é a capacitação dos professores e demais profissionais, já que a qualidade dos cursos depende, principalmente, deles. Procure faculdades com professores que tenham especialização, mestrado ou doutorado na área.

Outro ponto fundamental é verificar a experiência deles em sala de aula, nos cursos presenciais, e saber se já trabalharam com cursos a distância, pois a dinâmica e forma de ensino pode variar de uma modalidade para outra, sendo necessário que o profissional saiba lidar com cada uma delas.

Os cursos de educação a distância também possuem tutores, que auxiliam os alunos nas atividades, respondem dúvidas, comentam os trabalhos e corrigem algumas avaliações, ajudam a planejar os trabalhos entre outras diversas tarefas. O papel desses profissionais é muito importante na EAD e, portanto, a sua certificação também.

Por isso, não só os professores devem ser de qualidade, mas também os tutores, que têm um papel bem importante na educação a distância e são o principal meio de comunicação e esclarecimento de dúvidas dos alunos.

Seguindo esses passos, você conseguirá garantir a qualidade da instituição de ensino superior que você escolheu para cursar a faculdade a distância.

Depois de conhecer tantas vantagens de uma faculdade a distância, o que está esperando para se tornar um aluno EAD? Entre em contato conosco e conheça nossos cursos!