Afinal, o TCC é obrigatório?

  • 29/jun/2018

Afinal, o TCC é obrigatório?

Provavelmente você já viu algum familiar, amigo ou conhecido desesperado para terminar o TCC, normalmente no fim de um semestre. Além da impressão de ser um projeto grande e cansativo, uma dúvida comum a muitas pessoas é se o TCC é obrigatório ou não.

O desejo dos mais preguiçosos é de se verem livres dessa obrigação, enquanto outros — incluindo muitas Instituições de Ensino — acreditam que a sua realização é essencial para completar a formação do aluno.

E então, qual é a realidade sobre o assunto? O que o Ministério da Educação (MEC) diz a respeito disso? Confira o post a seguir para entender e ficar informado!

O que é um TCC?

Em primeiro lugar, é preciso desvendar o mistério dessa sigla tão famosa. Se você ainda não sabe, TCC significa Trabalho de Conclusão de Curso. Muitas vezes, esse trabalho é um pré-requisito exigido pela Instituição de Ensino para que seus alunos consigam se formar.

Dentro do gênero TCC existem algumas modalidades, ou seja, esse tipo de projeto pode apresentar formas diferentes. Isso costuma ficar a cargo da própria Instituição, que determina qual o formato de trabalho que seus alunos de cada curso devem entregar, como:

  • monografia;

  • artigo científico;

  • estudo de caso;

  • projeto experimental;

  • relatório de atividade de extensão etc.

Seja qual for a modalidade escolhida, os estudantes devem ser orientados durante a realização desse projeto. Aliás, as faculdades costumam reservar pelo menos uma disciplina da grade curricular no último semestre (ou semestres finais) do curso para esse tipo de atividade.

Como é um processo trabalhoso desenvolver um trabalho como esse, muitas pessoas pensam que seria melhor não haver essa imposição. Além do mais, esse momento tende a ser repleto de sentimentos como ansiedade, insegurança, estresse, cansaço e toda a pressão psicológica de ser avaliado ao final.

Mesmo que isso tudo seja uma realidade, não podemos entender o TCC somente como uma norma burocrática. Ele tem funções na capacitação dos alunos que precisam ser reconhecidas.

Qual a sua importância?

Embora muitas pessoas questionem a necessidade de fazer o TCC, não dá para negar que ele tem a sua importância no processo de aprendizagem.

O fato de ser uma exigência do final do curso reforça a ideia de que chegou o momento de os alunos colocarem em prática um pouco de tudo o que aprenderam durante a faculdade (o que também pode ocorrer em cursos técnicos, de pós-graduação, MBA e, inclusive, na modalidade EAD — Educação a Distância).

Por isso, o tema deve ser pertinente dentro da sua área de estudo, fazendo com que cada pessoa se esforce um pouco mais para apresentar um material interessante e que traduza seus aprendizados até ali.

Trata-se ainda de uma oportunidade do estudante se mostrar mais preparado para o mercado de trabalho, principalmente porque o conteúdo do TCC deve ser apresentado e não somente entregue à Instituição. Isto é, além de fazer a parte escrita, cada pessoa (ou grupo de pessoas) deve se responsabilizar por explicar o seu trabalho.

Normalmente, as Instituições marcam as datas das apresentações e cada trabalho é exposto a uma banca de avaliação — que pode ser composta por professores, coordenadores, empresários, trabalhadores da mesma área ou até mesmo outras pessoas da sociedade.

Assim, é feita uma análise completa da capacidade do aluno de juntar teoria e prática, evidenciar suas ideias de maneira relevante e apresentar os resultados que obteve durante sua pesquisa.

Talvez essa seja a etapa mais difícil para muitos estudantes, mas estar preparado para isso e saber se expressar com clareza também faz parte das habilidades de um bom profissional. É bem provável que, independentemente do segmento de atuação escolhido, existam momentos como esse durante a carreira.

Vale lembrar ainda que, se a banca de examinadores decidir pela reprovação de algum dos candidatos ao título, este não conseguirá conquistar seu diploma até que seja aprovado em outra ocasião.

O TCC é obrigatório ou não?

Por fim, é importante esclarecer a maior das dúvidas relacionadas a esse tópico. Para isso, nada melhor do que buscar fundamentos do Conselho Nacional de Educação (CNE), órgão do MEC responsável pelas diretrizes gerais da educação no nosso país.

Então, de acordo com o Parecer CNE/CES 146/2002 foi estabelecido que:

“No conjunto das Diretrizes Curriculares Nacionais e das Diretrizes Curriculares Gerais dos Cursos de Graduação, a Monografia/Trabalho de Conclusão de Curso vêm sendo concebidos ora como um conteúdo curricular opcional, ora como obrigatório. Nos cursos objeto do presente Parecer, a Monografia se insere no eixo dos conteúdos curriculares opcionais, cuja adequação aos currículos e aos cursos ficará a cargo de cada Instituição que assim optar, por seus colegiados superiores acadêmicos.”

Diante disso, fica claro que a exigência da realização do TCC é optativa e depende das decisões tomadas por cada Instituição (seja ela da rede pública ou particular). Cabe a cada uma julgar esse tipo de trabalho como fundamental, ou não, para a formação completa do graduando.

No fim das contas, para muitos a obrigatoriedade continua sendo uma verdade, se assim a universidade decidir. Ainda que não seja uma imposição geral do Ministério da Educação para todas as Instituições no país, sabemos que a grande maioria delas acaba optando pela sua realização.

No entanto, é essencial que tudo isso seja regulamentado nas diretrizes de cada curso oferecido, constando o TCC como um componente curricular obrigatório. Sua opção deve ser claramente expressa para evitar confusões, já que, se nada for mencionado sobre o assunto, ninguém poderá fazer esse tipo de exigência — abrindo espaço até para uma discussão judicial.

Outro detalhe é que há a liberdade de escolha da forma como o TCC deve ser apresentado. Por exemplo, alguns cursos de Arquitetura e Urbanismo optam pela realização de um projeto arquitetônico e dispensam a monografia escrita.

Enfim, essa questão ainda causa algumas incertezas, porque antes dessa resolução era obrigatório apresentar algum tipo de trabalho para concluir qualquer curso. Contudo, agora não há mais motivos para você desconfiar do tema, não é mesmo?

Conseguiu entender melhor por que o TCC é obrigatório em alguns casos? Então, aproveite para compartilhar este post nas suas redes sociais e informar os seus amigos sobre o assunto! Que tal?