Aprenda a conciliar trabalho e estudo para passar no vestibular

  • 09/ago/2017

Aprenda a conciliar trabalho e estudo para passar no vestibular

Nem todo mundo tem o privilégio de poder se dedicar exclusivamente ao vestibular. Muita gente precisa trabalhar e pensa que é impossível entrar na faculdade por causa disso.

Conciliar trabalho e estudo realmente é um desafio, mas é possível superá-lo com esforço, dedicação, planejamento e organização.

Por essa razão, reunimos neste texto algumas dicas bastante úteis para você aproveitar melhor seu tempo e ser mais produtivo. Quer saber mais? Continue lendo!

Faça um plano de estudos

Passar no vestibular requer dedicação, é claro, mas não só isso. Você precisa ter um planejamento adequado para dar conta de toda a matéria do Ensino Médio.

E como fazer isso? Um bom plano de estudos é a solução.

Veja quanto tempo falta até a prova que você deseja prestar e as matérias que você precisará estudar, bem como os assuntos de cada uma delas, dando atenção especial àquelas em que você não vai tão bem.

A partir daí, organize um plano com tudo que será necessário ver, estipulando meses ou semanas para cada um dos tópicos.

Organize sua semana

Para estudar no tempo livre, é preciso saber que horários você terá disponíveis. Para isso, o ideal é ter uma agenda (no celular ou em papel, mesmo) com seus períodos reservados para trabalho e outros compromissos.

Então, separe as horas livres para seus estudos e defina antecipadamente o que você estudará em cada uma delas, criando listas de tarefas para cada dia.

Não use todos os espaços vagos da sua agenda, pois você precisará descansar e preservar seus momentos de lazer — falaremos mais sobre isso adiante.

Resolva exercícios

Você não está estudando apenas por estudar — você está estudando para passar em uma prova com formato e regras definidas e conhecidas.

Por isso, não perca muito tempo lendo a teoria: concentre-se em resolver exercícios, principalmente aqueles retirados de provas antigas. Você consegue encontrar na internet resoluções comentadas de edições anteriores dos exames, que podem ajudar você a pegar o jeito de como fazer a prova.

Assim, você não só fixa melhor os conteúdos, como também treina para o vestibular.

Leia muito

Nem só de questões de múltiplas escolhas vive o vestibular: em grande parte dos exames, há também uma redação, em que o tema, geralmente, é um assunto que vem sendo debatido na sociedade.

Por isso, não deixe de acompanhar jornais, revistas e portais de notícia. Ficar por dentro do que está rolando no mundo pode fazer a diferença.

Otimize seu tempo

Você usa ônibus ou metrô? Que tal trocar as redes sociais no celular pela leitura dos livros obrigatórios do vestibular? Assim, você aproveita um tempo “perdido” para ganhar uns pontinhos extras na prova.

Se sobrar um tempinho da sua hora de almoço, também dá para usar esses minutos para resolver um ou outro exercício.

Outra sugestão é bastante polêmica, mas pode servir para algumas pessoas, principalmente aquelas que gostam do período da manhã: em vez de estudar à noite, com todo o cansaço do trabalho e das outras atividades nas costas, durma mais cedo e acorde uma ou duas horas antes do seu horário habitual para ler e resolver exercícios.

Apesar de ser doloroso sair da cama mais cedo, é mais fácil reter o conteúdo quando se está descansado, com a mente limpa. Além disso, o horário ajuda a manter a concentração — não há vizinhos fazendo barulho, o telefone não toca, seus amigos não mandam mensagens…

Mantenha o foco

Se você é do tipo que se distrai com qualquer coisinha, precisa mudar isso para poder aproveitar bem seus momentos de estudo.

A concentração deve começar pelo local de estudos: arrume um espaço calmo, silencioso, distante de TVs e rádios.

Converse com seus familiares ou outras pessoas que moram com você e explique a importância e a necessidade de manter o foco. Se isso não der certo, tire outras cadeiras do lugar para evitar que outras pessoas se sentem e puxem assunto.

Também é importante organizar esse ambiente. Não deixe papéis espalhados ou qualquer tipo de bagunça. Mantenha apenas o que você vai precisar para aquela sessão de estudos e uma lista básica de tarefas. Guarde outros livros ou materiais.

E, claro, desligue o celular ou, no mínimo, coloque-o no modo silencioso!

Faça pausas em suas sessões de estudo

Se você tem pouco tempo para estudar, certamente vai querer aproveitar todos os minutos para isso, certo?

Porém, essa não é uma solução muito eficiente: estudar por muitas horas consecutivas pode fazer seu rendimento cair, ainda mais levando em conta que você tem, também, o desgaste da sua vida profissional.

Um bom jeito de aumentar sua produtividade é a chamada técnica Pomodoro. Funciona assim:

  • escolha a próxima tarefa — pode ser uma lista de exercícios de Geometria Analítica ou o resumo do período colonial do Brasil, por exemplo;
  • afaste todas as distrações, deixando só o necessário para realizar aquela tarefa;
  • trabalhe nela por 25 minutos, sem interrupções ou desvios;
  • depois de encerrados esses 25 minutos, faça uma pausa breve, de 5 minutos — o ideal é descansar a mente: vá beber um copo d’água, caminhe um pouco, se alongue, mas não se engaje em nenhuma atividade que exija raciocínio ou atenção;
  • faça mais um ciclo de 25 minutos de estudo, seja naquela tarefa, seja em uma nova, caso aquela tenha sido concluída;
  • a cada quatro ciclos de 25 minutos, tire uma pausa maior, de 15 minutos.

Dessa forma, alternando períodos de estudo com breves pausas para descanso, sua produtividade não cai tanto. Assim, você consegue estudar por uma ou duas horas, todos os dias, de maneira eficiente.

Descanse e divirta-se

Pode parecer um contrassenso falar para você descansar e se divertir. Afinal de contas, os vestibulares geralmente são bem concorridos e exigem muita dedicação.

No entanto, você precisa, sim, manter seus períodos de repouso e lazer. Durma bem, alimente-se de modo equilibrado, pratique exercícios, saia com os amigos (sem exagerar!). Do contrário, o estresse será muito grande e suas sessões de estudos, cada vez menos proveitosas.

Além disso, é bom lembrar que as provas geralmente são longas e desgastantes, o que exige não só conhecer e dominar as matérias e conteúdos, mas também estar tranquilo e relaxado.

Conciliar trabalho e estudo é possível, como você viu neste texto. Basta se organizar, definir suas tarefas e aproveitar seu tempo, sem esquecer de relaxar de vez em quando. Assim, você aumenta suas chances de passar no vestibular e cursar a faculdade com que sempre sonhou.

Gostou do nosso post? Aproveite e baixe nosso e-book sobre como conciliar vida pessoal, vida profissional e vida acadêmica!