Liberdade de pensamento: como a faculdade vai ensinar você a pensar?

  • 29/ago/2017

Liberdade de pensamento: como a faculdade vai ensinar você a pensar?

Iniciar os estudos no ensino superior é um grande passo a ser tomado por quem busca desenvolvimento acadêmico, profissional e pessoal. A faculdade pode nos ensinar a pensar de forma mais ampla e aumentar nossa capacidade de solucionar questões da vida por meio de um raciocínio mais eficiente.

Estar em contato com o ambiente acadêmico nos permite ter nossa mente trabalhando de forma frequente, não só dentro da área que escolhemos estudar, mas desenvolvendo o poder de questionamento acerca de uma série de temas.

A faculdade nos auxilia a desenvolver capacidades que irão nos colocar em vantagem na hora de tomar decisões e nos mantermos focados em busca de determinado objetivo.

Acompanhe o post a seguir e veja como a faculdade pode ensinar você a pensar e melhorar seu conhecimento intelectual!

O papel da faculdade em ensinar a pensar

De primeira, podemos ficar desconfiados diante do conceito de “aprender a pensar”. Afinal, fazemos isso e em nenhum momento nos foi ensinado! Entretanto, pensar não necessariamente está ligado ao ato natural, o qual começamos a praticar sem precisar de nenhuma aula para isso.

Pensar com qualidade e de forma inteligente é o grande ponto. A faculdade é um ambiente no qual a mente do estudante se expande, e os conhecimentos chegam com novas propostas para diversos temas.

Esse contato com conteúdo útil faz com que os estudantes desenvolvam novas maneiras de raciocinar sobre diversos assuntos, fazendo o mínimo de esforço possível e obtendo sempre resultados satisfatórios.

Assim, o ato de pensar demanda cada vez menos tempo e faz com que se aja de forma paciente e precisa, sem tomar decisões ou agir usando nada além de sua inteligência e conhecimento.

O desenvolvimento da inteligência emocional

Entre todas as evoluções provenientes do aprendizado sobre as formas mais adequadas e eficientes de se pensar, a inteligência emocional é uma das mais importantes e fundamentais.

Esse conceito trata das habilidades de um indivíduo identificar suas próprias emoções de modo que ele passe a ter controle sobre as mesmas, utilizando-as ao seu favor nos momentos em que for necessário.

Quem domina a inteligência emocional é capaz de controlar impulsos, manter os níveis de motivação altos, compreender melhor questões a nível social e principalmente manter-se focado em busca de atingir seus objetivos.

Toda essa mudança de postura só é possível por conta do desenvolvimento intelectual pelo qual um estudante passa durante o processo de aprendizado no âmbito acadêmico, que visa capacitá-lo a formar seu senso crítico com base em dois fatores: conhecimento específico e visão apropriada de mundo.

O desenvolvimento do senso crítico

Entende-se que o aluno se torna capaz de propor teses e discorrer sobre determinado assunto somente quando ele se forma.

Essa ideia se reforça principalmente com a monografia, que é o trabalho de conclusão de curso em que o aluno desenvolve uma tese sobre um assunto pertinente ao que aprendeu.

O aluno só se torna capaz de fazer sua monografia pois, durante o período do curso, ele teve um aprendizado com base no desenvolvimento de suas capacidades de questionar e propor novos métodos e conceitos acerca de variados temas.

Na faculdade, o aluno é estimulado a questionar as teorias e propor debates que trazem muito enriquecimento intelectual. O ambiente acadêmico não é somente um lugar para que professores ensinem e alunos aprendam de forma linear e engessada.

Lá, os estudantes, após contato com o aprendizado, tornam-se capazes de questionar assuntos comuns ao nosso dia a dia e propor mudanças e soluções com base no que aprendem.

Para propor essas ideias, com o conhecimento vivo em suas mentes, os estudantes sempre vão se lembrar de referências importantes aprendidas em sala de aula.

Isso os capacitará a fazer contextualizações com acontecimentos históricos ou com situações atuais a fim de desenvolver ideias e propor soluções inteligentes e sofisticadas para diversos tipos de questões, seja lá seu meio de atuação.

O ambiente acadêmico como estímulo à aprendizagem de forma ampla

Muito mais do que somente obter um diploma de curso superior que fará diferença principalmente na carreira profissional, a faculdade preza que o aluno amplie seus conhecimentos, aprendendo não só dentro de sua área de atuação.

Um fator que justifica isso são as matérias eletivas. Essas disciplinas na grade acadêmica tiram o aluno da sua zona de conforto, fazendo com que ele amplie seus horizontes com assuntos que fogem do foco do seu curso.

As disciplinas eletivas costumam desenvolver habilidades gerais e competências que vão desde conhecimentos técnicos até bagagem cultural, trazendo aprendizados dos mais variados, o que enriquece a capacidade intelectual dos alunos.

As instituições de ensino tentam transmitir com essas disciplinas a ideia de que um profissional deve ter uma formação multidisciplinar para adquirir conhecimentos amplos, que serão úteis em determinado momento.

Independentemente do curso, é fundamental ter habilidade com textos

Junto com a amplitude na área de conhecimento vem o estímulo para o estudante estar em contato com textos das mais variadas disciplinas. Desse modo, é imprescindível que o aluno desenvolva a capacidade de interpretação de conteúdo escrito.

Essa habilidade fará com que ele tenha muito mais facilidade para aprender sobre qualquer assunto e entender qualquer texto, notícia, matéria ou artigo dentro de sua área de atuação, o que é fundamental dentro do ambiente universitário, já que se trabalha com muitos textos escritos.

O desenvolvimento dessa habilidade auxilia também na qualidade e na capacidade de produzir conteúdos escritos. Isso está diretamente relacionado também à possibilidade de apresentar esses conteúdos tanto no âmbito universitário quanto no profissional.

Pensar de forma ampla e eficiente é fundamental para estar sempre pronto para os desafios que a vida vai propor, sejam eles na vida pessoal, acadêmica ou profissional. A faculdade pode ajudar qualquer aluno a se tornar mais capacitado intelectualmente e capaz de questionar e ter uma visão mais crítica.

Gostou do post? Você pôde conferir como é importante estar em contato com uma faculdade que pode ensinar a pensar de forma eficiente, ajudando, assim, na solução de questões.

Que tal agora compartilhar este post nas suas redes sociais para que mais pessoas conheçam o assunto?