Licenciatura a distância: descubra como conseguir a formação

  • 08/dez/2017

Licenciatura a distância: descubra como conseguir a formação

Ensinar. Essa palavra carrega em si o peso de uma responsabilidade, mas traz uma beleza rara e recompensadora. E é por isso que a licenciatura a distância tem sido uma das mais procuradas por quem quer conquistar uma formação acadêmica.

Nesse caso, a educação a distância (EAD) vem diminuindo a distância entre as pessoas — que, por algum motivo, não puderam fazer faculdade quando mais jovens — e o curso de Ensino Superior. A EAD também vem sendo a ponte que liga profissionais ao crescimento na carreira.

Afinal, quem deseja ser especialista na área da Educação, atuando como professor e/ou educador, necessita de ao menos um diploma de licenciatura. E nada melhor do que poder conciliar as atribuições de uma vida corrida com um curso universitário.

Trabalhar e estudar é um desafio. Portanto, fazer um curso não presencial é a melhor opção para quem quer se aprimorar e não dispõem de muito tempo. Além disso, os cursos de Ensino Superior feitos pela internet têm custos menores que os cursos presenciais.

Se você está interessado em fazer uma licenciatura, neste post, mostraremos como estudar a distância pode ser vantajoso e os cuidados que se deve ter ao optar por essa forma de aprendizado. Acompanhe!

Crescimento da modalidade

Em pesquisa recente, feita pelo Inep, constatou-se um aumento no número de alunos matriculados na educação a distância. E isso é uma vitória para a educação, afinal, a EAD percorreu um longo caminho para chegar na posição em que está.

Umas das vantagens dessa modalidade é que ela, por usar a tecnologia como principal estratégia educativa para gerar a aprendizagem, não obedece a limites de tempo, lugar, idade ou ocupação.

Dessa maneira, a busca por um lugar melhor no mercado de trabalho é democratizada, o que atrai pessoas de vários perfis.

História da EAD

Hoje, liga-se a sigla EAD, quase que imediatamente, a aparelhos tecnológicos e à internet. Contudo, desde o Egito antigo escreviam-se cartas com o intuito de ensinar e, ali, já habitava o princípio da educação a distância.

Mais adiante, no séc. XVIII, temos o primeiro marco dessa modalidade: o professor de taquigrafia Cauleb Phillips publica um anúncio na Gazeta de Boston, em 1728, trazendo informações científicas.

Em 1833, na Suécia, houve o surgimento do que chamamos de cursos por correspondência, e, em 1840, na Inglaterra, também se torna possível aprender e ensinar por meio do envio e recebimento de cartas.

No ano de 1856, a EAD é institucionalizado pela primeira vez, e, em Berlim, nasce a escola de ensino de línguas por correspondência.

Mas, no Brasil, a expansão das salas de aula para um mundo além das quatro paredes se deu em 1904, com a criação de um curso de idiomas por correspondência no Rio de Janeiro.

Após esse evento, a EAD ganhou o reforço de transmissoras de rádios, canais de televisão e, finalmente, chegou à internet.

Diferenças entre formações

Existem diferenças relevantes entre os cursos de licenciatura, bacharelado e tecnólogo. Cada um deles atende a um público específico, direcionando o aluno para seguir o caminho mais indicado para ele. Veja as características de cada um deles:

Tecnólogo

Os cursos tecnólogos, ao contrário do que muitos pensam, também são válidos como curso superior. Porém, apresentam disciplinas mais focadas na área escolhida. Quem opta por esse modelo geralmente já trabalha no setor e quer se especializar.

Bacharelado

Os cursos de bacharelado são os tradicionais. Eles são mais abrangentes, abordam quase todos os temas possíveis dentro da área de escolha. Contudo, quem faz esse tipo de curso tende a precisar de uma Pós-Graduação para se especializar.

Licenciatura

A licenciatura tem basicamente as mesmas disciplinas que o bacharelado. A grande diferença está nas matérias voltadas para a área educacional, o que confere ao diploma um diferencial, permitindo ao profissional lecionar em instituições públicas ou particulares.

Peculiaridades da licenciatura a distância

Ensinar é uma arte. Quem escolhe essa profissão sabe que ela é repleta de desafios, mas também de descobertas, de trocas. Sabe, ainda, que o retorno é bem maior que só o financeiro.

Ao optar por fazer uma licenciatura a distância, o aluno que visa se tornar professor deve estar ciente de que será necessário muita disciplina e dedicação.

A falta de contato diário com o ambiente físico da faculdade pode produzir uma sensação de liberdade que nem sempre condiz com a realidade. Há prazos para serem cumpridos, textos para ler, atividades a serem feitas etc.

Por essa razão, o compromisso com os estudos deve estar no topo da lista de metas a se cumprir de quem se matricula na modalidade EAD.

Modernidade

A formação é apenas o primeiro passo para lecionar. O indivíduo que deseja atuar na educação deve estar sempre atualizado.

Os métodos de ensino estão se renovando a cada dia. Atualmente, em uma mesma disciplina, os alunos podem ter aulas nas salas tradicionais, nos laboratórios de informática e até mesmo em casa, por meio de plataformas interativas.

O professor que obteve o diploma de licenciatura a distância já está um passo a frente, pois entende a importância desse modelo de ensino e saberá lidar melhor com as tecnologias oferecidas.

Exigências do MEC

Nos dias atuais, há regulamentação pertinente à EAD. Foram criados decretos e leis que auxiliam as instituições no exercício do ensino e garantem aos estudantes maior segurança ao escolherem as faculdades com as quais querem ter vínculo.

A escolha da instituição na qual se fará o curso é de grande importância. O primeiro passo é certificar-se de que ela está na lista de reconhecidas pelo MEC. O segundo passo é verificar o tempo de existência da faculdade e a sua tradição.

Muitas instituições de ensino visam somente o lucro, deixam de lado a qualidade e acabam fechando suas portas por não cumprirem a legislação.

Alguns pontos a serem observados nos cursos são a carga horária (que gira em torno de 3.600 horas aula), a grade curricular básica e os estágios obrigatórios.

O mercado não tem recebido mal quem fez a opção de conquistar um diploma sem precisar frequentar a instituição de ensino todos os dias. Porém, essa receptividade vem condicionada à qualidade do ensino recebido pelos estudantes.

Por isso, matricular-se em cursos de licenciatura a distância, em uma instituição séria, pode ser o melhor caminho para crescer profissionalmente.

Quer saber mais sobre a EAD? Então, baixe gratuitamente nosso e-book e descubra por que a educação a distância pode ser sua a melhor escolha!