Afinal, a pós-graduação vale a pena?

  • 02/fev/2018

Afinal, a pós-graduação vale a pena?

Não é segredo algum que as empresas estão cada vez mais à procura de profissionais amplamente qualificados e especializados, aptos a suprirem as necessidades e exigências do mercado de trabalho atual.

Nesse sentido, quem deseja alavancar uma carreira e crescer profissionalmente deve se manter em uma busca contínua por aprendizado, adquirindo conhecimentos valiosos para o campo em que atua.

Se você possui uma graduação e já está atento a essa questão, provavelmente já se pegou pensando se realizar uma pós-graduação vale a pena. Saiba que essa é uma dúvida bastante comum — e é sobre isso que falaremos no artigo de hoje.

A seguir, veja como a pós-graduação pode ampliar significativamente as suas chances de sucesso profissional, entendendo para quem ela é indicada e conhecendo as suas principais modalidades e vantagens. Acompanhe!

Pós-graduação vale a pena?

Antes de discorrermos sobre o assunto, responderemos a pergunta principal deste artigo: sim! Fazer uma pós-graduação vale a pena, especialmente nos dias de hoje.

Como já mencionamos, estamos vivendo em um cenário bastante exigente, no qual o mercado de trabalho valoriza e dá o devido foco àqueles profissionais que se preocupam em preencher as lacunas de competências nas empresas e atender de maneira rápida e eficaz às suas demandas.

Ao contrário do que acontecia antigamente, fazer um curso superior como uma graduação é certamente o começo, contudo, não garante por si só um bom emprego e um salário adequado para sempre.

O resultado de tudo isso foi um aumento considerável no número de cursos e programas de pós-graduação no Brasil — somente os cursos do tipo lato sensu, sobre os quais falaremos adiante, já somam mais de 10 mil, nas mais diferentes áreas de atuação. E a perspectiva para os próximos anos é que o crescimento continue nesse ritmo.

Os benefícios de investir em uma pós-graduação são inúmeros, afinal, a demanda por esses cursos não seria tão relevante caso as vantagens não fossem expressivas. No entanto, é fundamental ter em mente que optar pelo caminho do aperfeiçoamento profissional requer bastante força de vontade e, acima de tudo, planejamento.

Quem pode fazer pós-graduação?

Saber o perfil de quem pode fazer uma pós-graduação é outra dúvida bastante comum entre aqueles que pretendem dar um passo a mais tanto na vida acadêmica, quanto na profissional.

Na verdade, qualquer pessoa que tenha em mãos um diploma de graduação — seja de bacharelado, tecnólogo ou licenciatura — está apta a ingressar em um ou mais cursos de pós-graduação lato sensu ou stricto sensu, os quais distinguiremos a seguir.

Quais são os tipos de pós-graduação?

Agora que você já entende que fazer uma pós-graduação vale a pena, chegou a hora de conhecer quais são as modalidades de pós existentes e como cada uma delas funciona. Vamos lá?

Lato sensu

As pós-graduações do tipo lato sensu normalmente têm a duração de 360 horas (em média, 18 meses) e não possuem título de mestrado. Ao final do curso, o aluno recebe um certificado de conclusão amplamente valorizado pelo mercado.

São mais indicadas para os profissionais que têm o objetivo de aprender e desenvolver competências específicas que possam ser utilizadas no dia a dia da profissão.

Stricto sensu

As pós-graduações do tipo stricto sensu estão restritas aos cursos de mestrado e doutorado.

De um modo geral, os alunos que optam por essa modalidade normalmente são aqueles que almejam seguir carreira acadêmica, ministrando aulas ou atuando em pesquisas e demais projetos. Contudo, é possível realizar também um mestrado profissional, que é uma pós-graduação stricto sensu voltada exclusivamente para o mercado de trabalho.

Ao contrário do lato sensu, os alunos que se formam mestres ou doutores não recebem um certificado, mas sim um diploma.

Por fim, saiba que, independentemente da modalidade, é possível cursar a pós-graduação montando seus próprios horários, administrando sua rotina e escolhendo quando e de onde estudar — basta contar com um computador conectado à internet.

Opção de excelente custo-benefício, a pós-graduação a distância (EAD) se tornou uma realidade constante na vida de jovens e adultos que desejam se preparar para as demandas do mercado e, consequentemente, alçar voos mais altos. Tudo isso com flexibilidade e sem sair de casa.

Contudo, é indispensável que você opte por realizar a sua pós-graduação a distância em uma boa instituição, que ofereça cursos de qualidade, conte com um corpo docente especializado e possua uma reputação positiva perante o mercado.

Quais as vantagens de se fazer uma pós-graduação?

Peso no currículo

Essa primeira vantagem tem a ver diretamente com aquilo que já apontamos no início do artigo. Nos dias de hoje, uma especialização deixou de ser apenas um diferencial, tornando-se até mesmo indispensável para várias oportunidades.

Nesse sentido, ainda que a pós-graduação por si só não seja garantia de ascensão profissional — qualificações como bom relacionamento interpessoal, capacidade de liderança e rapidez na solução de problemas, por exemplo, também são levadas em conta pelas empresas —, é possível afirmar que contar com uma experiência de peso como essa enriquece o currículo de qualquer candidato.

Networking

A pós-graduação é uma chance de ampliar ainda mais a sua rede de contatos profissionais. Isso é possível porque você estará em contato direto e constante com pessoas da mesma área de atuação e que possuem os mesmos interesses. Como consequência, serão abertas mais e mais portas para possíveis oportunidades

Conhecimentos ampliados

Como consequência das novas tecnologias e descobertas que vão surgindo em todas as áreas, é natural que os processos de trabalho sofram transformações ao longo dos anos. Nesse contexto, estar atualizado é uma das principais chaves quando se quer avançar na carreira.

Ao cursar uma pós-graduação, você não só estará tendo a chance de se atualizar, como também de ampliar conhecimentos e adquirir habilidades e competências exigidas pelo mercado.

Melhores salários

Segundo dados levantados pela empresa de recrutamento online Catho, profissionais pós-graduados podem chegar a receber até 70% a mais do que aqueles que não são.

Além disso, uma pesquisa feita pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) aponta que cada ano de pós-graduação cursado resulta em um aumento de 40% na renda mensal. Interessante, não?

Esperamos que o artigo de hoje tenha lhe ajudado a entender como uma pós-graduação vale a pena para quem deseja trilhar um caminho de sucesso — afinal, são os novos conhecimentos adquiridos nesse tipo de formação que o levarão a gerar resultados cada vez melhores no trabalho e, consequentemente, no cumprimento de seus objetivos profissionais e pessoais.

Ficou interessado por esse assunto? Que tal baixar agora nosso e-book e entender por que a educação a distância pode ser a sua melhor escolha?!

 






Nossos Apps

Nossas Redes Sociais