Organização nos estudos: 7 dicas para não perder o ritmo

  • 22/maio/2017

Organização nos estudos: 7 dicas para não perder o ritmo

Estudar de maneira bem-sucedida é um processo contínuo, que deve começar no primeiro dia de aula e exige que você consiga gerenciar de maneira adequada seu tempo.

Ter organização nos estudos é o que pode te ajudar a aprender mais, fazendo menos esforço. Nesse contexto, algumas técnicas básicas são suficientes para tornar sua vida estudantil mais simples.

Conheça, a seguir, 7 dicas excelentes para não perder o ritmo de aprendizagem e se organizar ao longo do semestre!

1. Encontre um espaço tranquilo para estudar

Seja você um estudante em tempo integral ou alguém lutando para conciliar a vida acadêmica com o trabalho, a primeira coisa a se fazer é organizar um espaço tranquilo e confortável para os estudos.

É necessário que o local onde você faz suas leituras, exercícios e revisões proporcione o mínimo possível de distrações e seja dedicado apenas a isso.

Não é difícil entender o porquê: se você usar para estudar o mesmo espaço em que calcula suas contas do mês ou faz telefonemas importantes, é provável que não consiga desassociar essas atividades dali. Um ambiente de estudos exclusivo ajuda a preparar a mente para se concentrar em tarefas específicas.

Talvez você não tenha muito espaço ou não saiba como escolher a localização ideal. Procure em sua casa um ambiente privativo em que a circulação de pessoas não possa atrapalhar sua comunicação. Certifique-se de que há uma mesa adequada para se sentar e encontre uma boa fonte de iluminação.

Estudar deitado, na frente da TV ou na companhia de muitas pessoas pode prejudicar seu desempenho. Nessas horas, silêncio e tranquilidade são imperativos.

2. Saiba que organização nos estudos é um trabalho constante

Um dos aspectos mais desafiadores de se estudar em casa é manter o ritmo. Portanto, descubra um método de organização que funcione bem o bastante para você. Pode ser um caderno ou a agenda do seu celular, por exemplo.

Anote ali as datas de exames, divida seus projetos em etapas e trace o que é preciso realizar a cada dia. Fazendo listas de tarefas e se atendo a elas, há menor probabilidade de que você se esqueça de um prazo ou entrega.

Quando estamos estressados, o cérebro entra em modo de sobrevivência. Isso faz com que esses momentos não sejam exatamente ideais para produzir tarefas acadêmicas de alta performance. Por isso, antecipe prazos e projetos sempre que puder, para não correr o risco de comprometer suas notas.

3. Crie seu próprio guia de estudos

Muitos estudantes obtêm melhor desempenho com auxílio de um guia de estudos. Já pensou em utilizar esse método na sua rotina acadêmica? Aqui estão as indicações gerais de como fazer isso:

  • Descubra todas as leituras, palestras e informações que serão cobradas no seu próximo exame e reúna esses dados em uma lista;
  • Organize o material em pilhas separadas por tópicos, que podem ser rotuladas;
  • Leia suas anotações e determine se elas cobrem informações que podem ser contempladas em sua próxima prova, mas não fazem parte do seu material didático;
  • Crie um esboço na forma de um guia de estudos condensado, concentrando-se em assuntos gerais, questões-chave e conceitos relevantes;
  • Defina um conjunto de problemas com base nos tópicos estudados. Para cada tópico principal, faça uma pergunta que o incentive a explicar os conceitos básicos da matéria.

Um guia de estudos é uma excelente maneira de organizar sua maratona de aprendizado na véspera de provas e arguições. Já um cronograma de estudos é algo feito pensando no longo prazo.

Para fazer o seu, será necessário dividir sua carga de trabalho em blocos gerenciáveis e se comprometer a estudar com frequência, em períodos de tempo mais curtos.

4. Faça resumos das suas matérias

Uma folha de cola pode ser um instrumento e tanto para organizar seus estudos, desde que você não a utilize para trapacear.

Como uma referência rápida dos tipos de perguntas e conteúdos mais cobrados em seu curso, fórmulas matemáticas, dicas gramaticais ou qualquer outra coisa que possa ser necessário lembrar durante os estudos, ela funciona a seu favor.

Lembre-se de adicionar informações sempre que necessário, conforme for revisando essas anotações ao longo do semestre.

Além disso, use seu resumo ou folha de cola enquanto estuda para ter algo para consultar em todos os momentos. Em um certo ponto, você vai notar, porém, que não precisa mais conferir essas anotações com tanta frequência quanto antes: isso significa que você aprendeu.

5. Inclua intervalos em suas sessões de estudos

Planeje pausas de, pelo menos, cinco minutos entre cada hora de estudos. Organizar seu tempo é muito importante para ser um aluno bem-sucedido.

Não dedique um dia inteiro a apenas uma matéria. Adicione variedade ao seu estudo para conseguir cobrir múltiplos tópicos em um período de duas ou três horas. Você vai aprender melhor e reter mais conteúdo se misturar um pouco as coisas.

Tire da cabeça a ideia de que sessões de longas horas de estudo são a melhor forma de aprender: é melhor estudar todos os dias do que tentar aprender tudo de uma só vez.

6. Estabeleça metas e objetivos

Quando você estava estudando para o vestibular, seu principal objetivo era ingressar em uma instituição de ensino superior, certo? Ao mesmo tempo, você tinha pequenas metas a cumprir, como ler determinados livros ou revisar algumas fórmulas de química.

Agora que já está na faculdade, deve continuar nesse ritmo, estabelecendo pequenas metas e grandes objetivos para se organizar e não perder o ritmo.

7. Mantenha seus estudos interessantes

Faça o que for preciso para manter seu horário de estudos dinâmico e atrativo. Canetas coloridas, um caderno legal e post-its podem ajudar você a navegar pelos diversos conteúdos que precisa absorver. Crie um sistema que funciona para você e determine seu estilo de aprendizagem.

Como você aprende melhor? Ouvindo ou lendo informações? Algumas pessoas acreditam que fazer resumos ou explicar a matéria para um colega ajuda a absorver melhor o conteúdo, também.

É importante entender seu estilo de aprendizagem dominante, mas não é preciso ficar limitado a ele. Talvez combinar anotações com videoaulas, por exemplo, seja o melhor método para você.

Gostou das nossas dicas de organização nos estudos? Então você vai adorar acompanhar os perfis da Unyleya nas redes sociais! No Facebook, no Twitter e no LinkedIn, compartilhamos truques valiosos para que você arrase na faculdade. Siga-nos agora mesmo!



Nosso App

Nossas Redes Sociais