Você sabia que a fofoca no trabalho pode prejudicar sua carreira?

  • 22/mar/2018

Você sabia que a fofoca no trabalho pode prejudicar sua carreira?

Você já se pegou falando algo indevido sobre uma ou mais pessoas ou foi vítima de comentários maldosos a seu respeito? Saiba que, apesar de inapropriada, essa é uma situação bastante comum não só na vida pessoal, mas também na profissional.

A fofoca no trabalho, por exemplo, pode acabar gerando consequências sérias para quem a pratica, que vão desde advertências à demissão — e você certamente não quer abrir mão da sua carreira por esse motivo, não é verdade?

É pensando nisso que, no artigo de hoje, falaremos sobre como a fofoca no trabalho pode afetar negativamente a sua vida profissional, e listaremos algumas dicas de como ressignificar a sua presença na empresa. Ficou interessado? Continue a leitura!

A fofoca no trabalho

A fofoca pode estar presente em todos os lugares, o que não poderia ser diferente no caso de uma empresa.

Se já é difícil controlar o surgimento de burburinhos entre membros de uma mesma família, imagina só impedir que isso aconteça no ambiente de trabalho, no qual precisamos conviver com pessoas de diferentes realidades e com modos distintos de pensar e agir?

Nesse sentido, o que começa com um comentário aparentemente inofensivo sobre a vida de uma pessoa muitas vezes acaba terminando na difusão de um boato injusto, que pode acabar prejudicando a carreira de um colaborador, até então, exemplar.

Devastadora, a fofoca tem um poder tão grande no ambiente de trabalho que até mesmo um olhar diferente ou frase mal colocada e fora de contexto pode acabar gerando conflitos desnecessários e de proporções gigantescas.

Por esse motivo, por mais difícil que pareça ser, em um ambiente propício a esse tipo de prática, procure sempre se manter longe de qualquer tipo de comentário maldoso, abstendo-se de opiniões que possam prejudicar outra pessoa equivocadamente.

Dessa forma, você estará se livrando e evitando que outras pessoas sofram com consequências como as que abordaremos no próximo item.

Conheça os prejuízos da prática

Acaba com a sua reputação

Primeiramente, entenda que existem dois tipos de fofoqueiros no trabalho. O primeiro, o qual chamaremos de ativo, é aquele que sempre está fazendo os comentários maldosos, e o segundo, o passivo, é aquele que escuta tudo e é condizente.

O fofoqueiro ativo geralmente é inseguro e busca se promover por meio de fofocas, obtendo atenção e falando mal dos colegas para isso. Você não quer carregar para si a imagem de uma pessoa que denigre o próximo para se beneficiar, não é verdade? Pois, saiba que é isso que acontecerá caso você se envolva com a prática.

Prejudica a sua imagem perante os gestores

Tenha em mente que, de uma forma ou outra, as fofocas sempre acabarão chegando ao conhecimento dos gestores — que, em grande parte das vezes, tomarão medidas para entender o que realmente está acontecendo.

Isso porque é papel dos gestores não ignorar a presença da prática no ambiente de trabalho e posicionar-se de maneira séria em relação isso.

Sendo assim, a depender da situação e de sua recorrência, a imagem e a postura profissional do fofoqueiro ficarão tão prejudicadas em meio aos superiores, que, para acabar de vez com a fofoca, adotarão medidas como troca ou até mesmo desligamento do funcionário em questão.

Atrapalha a sua relação com os colegas de trabalho

Percebendo que não podem confiar em você, seja porque está sempre repassando informações ou porque tem o costume de participar de tudo passivamente, seus colegas de trabalho pensarão duas vezes em falar sobre certos assuntos perto de você.

Outros, inclusive, podem acabar se afastando, uma vez que não querem ser associados com alguém que carrega a fama de fofoqueiro. Pense bem, realmente vale a pena passar por esse estresse e perder a confiança e a amizade dos outros membros do seu time por conta disso?

Como ressignificar sua presença no trabalho

Já parou para pensar nos motivos pelos quais a fofoca pode fazer parte da sua rotina no trabalho?

Quando não estamos completamente satisfeitos, focados e entregues ao cumprimento de nossas funções, o surgimento de ruídos e distrações passa a ser inevitável. Abaixo, separamos algumas dicas para evitar que isso aconteça e ressignificar a sua presença no trabalho:

Foque em seus objetivos

Quais são os seus objetivos em relação a sua carreira e o que você está fazendo para concretizá-los? Se já não sabe mais a resposta para essa pergunta, talvez seja a hora de mudar de atitude.

Pense em tudo que você deseja alcançar profissionalmente e estabeleça metas para que esses objetivos sejam colocados em prática. Dessa forma, a motivação que estava faltando para que você se dedicasse ao seu trabalho certamente voltará a aparecer, não deixando espaço para atividades destrutivas como a fofoca.

Pense em sua carreira a longo prazo

Definir os seus objetivos profissionais abre espaço para outra ação: a de pensar em sua carreira a longo prazo.

Onde você deseja estar em, vamos supor, cinco anos? Se imagina sendo promovido e ocupando uma posição superior à que você se encontra agora? Consegue se enxergar investindo no aprendizado contínuo e se especializando em algum segmento do campo em que você atua?

Promover esses questionamentos não só será fundamental para a concretização de seus objetivos, mas também para, mais uma vez, motivá-lo a seguir em busca daquilo que você espera para si, impedindo que a fofoca tome conta do seu tempo produtivo.

Ocupe a sua mente com uma especialização

Como você provavelmente já sabe, o mercado de trabalho anda cada vez mais exigente. Para crescer, é preciso se destacar — e nada melhor que investir em uma especialização para que isso aconteça.

Com seus objetivos em mãos, veja em qual aspecto contar com uma especialização (seja pós-graduação, MBA ou outros tipos de curso) se encaixa.

Ela pode ser não só útil como necessária caso você pretenda ocupar determinados cargos em sua empresa, por exemplo. Além disso, ocupa a sua mente com algo que realmente vale a pena, ao contrário da fofoca.

Viu como a fofoca no trabalho só traz prejuízos à carreira de quem a pratica? As consequências negativas são várias e podem acabar manchando a sua imagem como profissional. Sendo assim, mantenha sempre o foco na execução de suas funções e na manutenção de um bom relacionamento com colegas e gestores.

E você, gostou do artigo de hoje? Para ajudar outras pessoas a compreenderem os perigos e as consequências da fofoca no trabalho, compartilhe agora mesmo este post em suas redes sociais!






Nosso App

Nossas Redes Sociais