Administração e empreendedorismo: entenda o poder dessa união

  • 20/nov/2017

Administração e empreendedorismo: entenda o poder dessa união

Nos últimos tempos, tem sido cada vez mais comum ouvir falar sobre empreendedorismo. O assunto não é novo, mas ganhou relevância no Brasil na mesma época em que começaram a surgir várias novas startups — empresas que procuram novos modelos de negócio para solucionar problemas de forma inovadora.

Com o empreendedorismo em alta, muitos passaram a ver o termo “administração” como algo antigo, conservador e até mesmo “fora de moda”, sem saber que os termos administração e empreendedorismo estão mais ligados do que se imagina.

Para evitar essa confusão, é preciso entender melhor o que é administração e quais são as ferramentas que ela oferece. Afinal, tudo precisa ser administrado, e o modo como isso é feito é um ponto-chave no sucesso de qualquer empresa. Se acrescentarmos uma boa dose de empreendedorismo, tudo fica ainda melhor.

Quer entender mais sobre como a administração e o empreendedorismo se complementam e ajudam a gerar os melhores resultados? Continue lendo o texto e saiba tudo sobre o assunto!

O que é administração?

A administração é um conjunto de técnicas e ferramentas utilizadas para aprimorar o funcionamento de uma empresa ou instituição. Para além disso, no entanto, o ato de administrar é muito mais presente em nossas vidas do que imaginamos. Tudo precisa ser administrado, inclusive nossa rotina pessoal.

A organização do tempo por meio de listas e agendas, por exemplo, é uma ferramenta administrativa que usamos no dia a dia, apenas para que o dia funcione melhor. E é exatamente esse o objetivo da administração: fazer com que os processos de uma instituição funcionem de maneira correta, otimizando o tempo gasto e melhorando os resultados.

Como administração e empreendedorismo se complementam?

Ao contrário do que algumas pessoas podem pensar, administração e empreendedorismo não são coisas opostas. Empreender significa buscar um modo novo de fazer algo, criar soluções, desvendar oportunidades. Com uma boa noção de ferramentas administrativas, conduzir um empreendimento ou ter uma atitude empreendedora fica muito mais fácil e seguro.

Suponhamos que você queira criar seu próprio negócio, mas não sabe por onde começar. A administração lhe oferece ferramentas que possibilitam analisar cada detalhe de um possível empreendimento e entender bem o mercado, além de proporcionar uma visão estratégica e ampliada do seu contexto.

Que ferramentas a administração oferece ao empreendedor?

O pensamento administrativo por si só já é uma grande vantagem. Porém, de forma prática, a administração oferece ferramentas muito eficazes para as mais diversas situações de um negócio, confira alguns exemplos:

1. Business Model Canvas

Essa é uma ferramenta muito utilizada por aqueles que estão começando, apesar de também ser muito útil para quem quer ter uma visão ampla do negócio, independentemente do momento.

O Business Model Canvas é basicamente um quadro modelo com vários quadros que devem ser preenchidos de acordo com a realidade do empreendimento.

“Como? O quê? Para quem? Quanto?” — essas são perguntas que ajudam a pensar de maneira lógica sobre o funcionamento daquele negócio, dando uma visão detalhada e facilitando a identificação de gargalos ou pontos que precisam ser mais bem estruturados.

2. Análise SWOT

“Strengths, weaknesses, opportunities and threats” — ou, no português, “forças, fraquezas, oportunidades e ameaças”. A Matriz SWOT é uma ferramenta de análise ambiental, que permite avaliar o contexto interno e externo de uma organização.

Essa análise consiste basicamente em listar todos os pontos para cada um dos quadros, permitindo uma visão acertada da situação da empresa no mercado. As forças e fraquezas são elementos internos que só dependem da organização. Já as oportunidades e ameaças são externas e comuns a todas as empresas que dividem o mesmo mercado, independentemente das diferenças entre os produtos oferecidos.

3. Plano de negócios

Um plano de negócios raramente é usado por startups que estão começando a desenvolver uma ideia, afinal, elas ainda não têm um modelo de negócio estabelecido. No entanto, para empresas ou até mesmo startups que já estão mais estáveis, ele é fundamental.

De forma simplificada, um plano de negócios é a descrição daquilo que a empresa é e do que pretende se tornar. Essa ferramenta pode trazer metas, estratégias, cálculo de investimentos e previsão de retornos — enfim, um panorama do presente com uma projeção para o futuro.

4. Plano de marketing

Diferentemente do plano de negócios, o plano de marketing é focado na imagem da empresa. Da mesma forma que o anterior, esse plano também usará informações sobre o mercado, investimentos, lucros e projeções. Porém, seu foco é criar um bom posicionamento de marca, construir uma imagem sólida e alinhar a empresa na direção certa.

Para entender a situação da empresa no mercado, o plano de marketing pode se valer de ferramentas como a Matriz SWOT, o Business Model Canvas, entre outras.

5. Missão, visão e valores

Não é exatamente uma ferramenta, mas sim uma estratégia essencial. A missão de uma empresa é o modo como ela pretende afetar o mundo, a visão é o lugar aonde ela quer chegar, e os valores são os pilares nos quais ela se baseia antes de tomar qualquer decisão.

Definir esses três elementos é um passo importante para posicionar a organização, mostrar o que ela realmente é, direcionar estratégias e definir modos de atuação. Essa definição também é essencial para que o plano de marketing possa ser bem construído e executado.

Como se tornar um administrador empreendedor (ou vice-versa)?

Esses são só alguns exemplos de ferramentas administrativas que podem ser muito úteis para empreendedores, mas pode ter certeza de que existem muitas outras disponíveis. A administração é uma área complexa, mas que, se bem estudada, traz enormes vantagens.

Se você gosta dessa área e quer um aprendizado completo, a graduação em Administração pode ser uma ótima opção. O curso dura normalmente 4 anos e, além das ferramentas e teorias da administração, proporciona a construção do pensamento crítico e estratégico, e as demais vantagens de um curso superior.

Administração e empreendedorismo são uma dupla de sucesso garantido, basta saber equilibrá-los e aproveitar as vantagens de cada um.

Gostou de saber mais sobre a união dessas duas importantes áreas complementares? Então, aproveite para assinar nossa newsletter e não perder nenhum post!

 



Nosso App

Nossas Redes Sociais