Ecologia e Gestão da Biodiversidade: por que a área é uma tendência e como se capacitar

  • 29/set/2018

Ecologia e Gestão da Biodiversidade: por que a área é uma tendência e como se capacitar

O mercado para os profissionais da área ambiental é certamente promissor. Nos dias de hoje, nunca se falou tanto em sustentabilidade, impactos ambientais e preservação da natureza — afinal, essas são preocupações que afetam diretamente a vida do ser humano no Planeta Terra, certo? São várias as opções de atuação nesse sentido, entre elas, podemos citar como destaque a carreira voltada para a Ecologia e Gestão da Biodiversidade.

Mas você sabe por que ela é uma tendência? E como é possível se capacitar profissionalmente? Foi justamente pensando em responder a essas perguntas que preparamos o post de hoje. Se trabalhar com o meio ambiente é o seu objetivo, continue conosco e boa leitura!

Por que a as carreiras na área ambiental estão em alta?

Não é segredo nenhum que o presente e o futuro do planeta envolvem preocupações diretamente relacionadas à sobrevivência na terra. A sustentabilidade, por exemplo, é um tema amplamente discutido no Brasil e no mundo — e grande parte da iniciativa pública, privada e do terceiro setor já está atenta à necessidade de manter o equilíbrio entre desenvolvimento e consumo de recursos naturais.

Nesse sentido, para que projetos ambientais sejam criados e gerenciados de modo sintonizado aos objetivos das organizações, é preciso contar com profissionais capacitados. O mercado de trabalho, então, está valorizando cada vez mais o currículo de quem possui qualificação na área ambiental.

De modo geral, os profissionais que trabalham nesse nicho são responsáveis por entender o cenário atual e encontrar formas físicas, técnicas e até mesmo comportamentais de evitar e combater a escassez de recursos, a poluição e o desmatamento. É por esse motivo que, ao longo dos próximos anos, a demanda por indivíduos capazes de propor soluções que respeitem populações, culturas, fauna, flora e recursos continuará crescendo exponencialmente.

Nesse contexto, é possível afirmar que ecologistas, biólogos, engenheiros, técnicos e gestores ambientais não ficarão sem oportunidades. A lista, contudo, não para por aí.

O que é Ecologia e Gestão da Biodiversidade?

O foco da Ecologia é estudar as relações entre natureza e seres humanos. O profissional dessa área é capaz de investigar o funcionamento de diferentes ecossistemas e, a partir disso, analisar o impacto do homem sobre o meio ambiente, procurando por soluções que minimizem desequilíbrios e protejam recursos naturais.

Já a Gestão é responsável por investigar aspectos relacionados às pessoas, à qualidade de vida e às diferentes regiões. O profissional estuda as formas sustentáveis de obter e utilizar recursos — por exemplo, como usar a água, cultivar a terra, cuidar das florestas, entre outros. Tudo isso levando em consideração os custos e benefícios de cada ação, bem como a dinâmica, a rotina e a vida das pessoas que moram ali.

O curso de Gestão Ambiental

Unindo esses dois campos de conhecimento, foi criado o curso de Gestão Ambiental. O mercado de trabalho para o profissional formado na área é amplo e oferece oportunidades diversas tanto na cidade como no campo e nas áreas florestais. Independentemente do segmento, ele deve estar apto a:

  • criar e implementar programas de educação ambiental;

  • analisar os impactos da atividade humana nos diferentes ecossistemas;

  • orientar a exploração de recursos de modo sustentável.

Quanto às possibilidades de atuação para a área, podemos citar as consultorias ambientais, cargos em órgãos públicos (bem como em ONGs e institutos de pesquisa), planejamento e elaboração de planos para o uso sustentável de recursos naturais, recuperação de áreas degradadas e a elaboração de certificados segundo as normas da Organização Internacional de Normalização (ISO).

Na Faculdade Unyleya, o curso de Gestão Ambiental pode ser feito na modalidade tecnológica e em EAD (ou seja, a distância). A duração média é de 2 anos (4 períodos) — o que permite que o aluno se forme mais rápido e, consequentemente, possa iniciar a sua trajetória profissional também mais cedo. As disciplinas ministradas são diversas, entre elas:

  • Responsabilidade Social e Desenvolvimento Sustentável;​

  • Planejamento e Atuação do Gestor Ambiental;

  • Gestão Ambiental de Resíduos Sólidos e Saneamento Ambiental;​

  • Gestão Ambiental e Recursos Hídricos;

  • Fundamentos de Direito;

  • Fundamentos de Marketing;

  • Cartografia e Geoprocessamento;

  • Ecologia e Gestão da Biodiversidade;

  • Planejamento Urbano e Ambiental​;

  • Recuperação de Áreas Degradadas​.

Como é possível se capacitar?

Aproveite o crescimento do mercado

Como já mencionamos, a demanda por profissionais capacitados e devidamente preparados para lidar com as questões relacionadas ao meio ambiente é exponencial, portanto, é comum que cada vez mais instituições busquem por indivíduos capazes de exercer as principais funções da área de forma eficiente.

As grandes indústrias já acionaram seus radares para esses profissionais, graças à preocupação crescente com a sustentabilidade e à legislação ambiental brasileira. Outros fatores, como reciclagem, melhoria de processos e minimização de impactos da produção industrial à natureza são outros motivos que têm elevado a procura por pessoas capacitadas na área.

O setor público é outro que costuma abrir vagas em grande frequência, sobretudo em órgãos como o Ibama, Ministério do Meio Ambiente, Agência Nacional de Águas, Instituto Florestal, Embrapa — além das secretarias municipais e estaduais de meio ambiente em todo o país.

Ingresse no curso de Gestão Ambiental

Buscar por uma capacitação na área, seguindo essa tendência, é uma oportunidade tanto para crescer em um campo promissor quanto para trabalhar com algo que colabora diretamente (e significativamente) com a sobrevivência humana na terra, propondo soluções sustentáveis e que resultem em mais qualidade de vida. Para tanto, o curso de Gestão Ambiental é certamente um dos mais indicados.

Aqui, é fundamental destacar a importância de optar por uma Instituição de Ensino Superior de qualidade e reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). A Faculdade Unyleya, por exemplo, conta com boa penetração mercado, corpo docente amplamente qualificado e diferenciais acadêmicos de relevância, como tutores EAD.

Como você pode perceber, a área de Ecologia e Gestão da Biodiversidade é fundamental para que seja mantido um equilíbrio entre o desenvolvimento humano e a conservação da natureza. Muito mais do que cuidar do meio ambiente, os profissionais do ramo entendem que é preciso preservar os recursos naturais e propor soluções para a sobrevivência no planeta.

Se você gostou do conteúdo de hoje e quer entender ainda mais sobre a capacitação em Ecologia e Gestão da Biodiversidade, não deixe de entrar em contato agora mesmo conosco. Estamos prontos para tirar as suas dúvidas!

 



Nosso App

Nossas Redes Sociais