Endocrinologia veterinária: entenda o crescimento da área no Brasil

  • 20/nov/2018

Endocrinologia veterinária: entenda o crescimento da área no Brasil

O mercado de quem atua na área da saúde animal tem grandes perspectivas para o futuro. Você provavelmente já notou que o número de pessoas que consideram os seus bichos como membros da família é cada vez maior, certo? Nesse sentido, a procura por atendimentos e cuidados especializados — como a Endocrinologia Veterinária — cresce na mesma proporção.

As necessidades dos animais não são muito diferentes das nossas. Cães e gatos, por exemplo, também podem apresentar condições que afetam suas glândulas endócrinas (produtoras de hormônios) e, para tratar problemas como esses, o especialista indicado é o endocrinologista veterinário.

E você, o que já sabe sobre essa área de atuação? Sabe como é o trabalho de um endocrinologista veterinário e como é possível se especializar? Para responder a essas e outras perguntas relacionadas ao tema, preparamos este artigo. Continue conosco e boa leitura!

Qual é a importância da especialização na Veterinária?

O mundo da Medicina Veterinária já oferece uma série de recursos para que o tratamento dos animais seja feito de um modo cada vez mais específico — podendo, inclusive, ser comparado ao dos seres humanos, uma vez que conta com diversos tipos de especialidades. Nesse contexto, é possível afirmar que, hoje, dificilmente um dono de pet não encontrará profissionais capacitados e focados nos problemas de saúde que possam atingir seus bichos.

É exatamente essa grande rede de opções para atuação que faz com que o mercado de trabalho valorize ainda mais os veterinários especializados, que se destacam e acabam estando sempre um passo à frente da concorrência. Manter-se atualizado e contar com um diferencial como esse é a chave para agarrar as melhores oportunidades em Veterinária.

O que é Endocrinologia Veterinária?

Os hormônios regem o funcionamento do organismo, e isso não poderia ser diferente com os cães e gatos. Alterações nesse sentido podem levar ao ganho ou perda de peso, aumento da ingestão de água e do volume e frequência da urina, perda (hiporexia) ou aumento (polifagia) de apetite, vômito, diarreia, problemas dermatológicos, queda de pelos, otite, entre outros.

Para diagnosticar e tratar de alterações como essas, existe a Endocrinologia Veterinária, especialidade que vem ganhando bastante destaque nos últimos anos. Trata-se da área responsável por cuidar de doenças relacionadas aos hormônios e às glândulas presentes no corpo de cães e gatos, focando em áreas como tireoide, hipófise, ovários, testículos, adrenais e pâncreas. ​

Entre as condições tratadas pelo endocrinologista veterinário, podemos citar:

  • diabetes mellitus: deficiência parcial ou total de insulina, produzida pelo pâncreas, aumentando a concentração de açúcar no sangue;

  • hipotireoidismo: deficiência na produção dos hormônios tireoidianos;

  • hipertireoidismo: basicamente o oposto do hipotireoidismo, logo, há o aumento na produção dos hormônios da tireoide;

  • hiperlipidemia: aumento no nível de colesterol e/ou triglicerídeos no sangue;

  • obesidade: ocorre quando há a ingestão em excesso de calorias pelo pet, causando alterações em seu balanço energético;

  • hiperadrenocorticismo: também conhecida como Síndrome de Cushing, causando o aumento na produção dos hormônios;

  • hipoadrenocorticismo: também conhecida como Doença de Addison, acarretando a deficiência de hormônios.

Como é o trabalho de um endocrinologista veterinário?

O endocrinologista veterinário atende cães e gatos com problemas em glândulas secretoras de hormônios ou condições relacionadas ao metabolismo, como as modificações químicas que as substâncias sofrem no organismo dos pets. Para fazer o diagnóstico adequado das condições mencionadas acima, o profissional utiliza uma série de procedimentos, como:

  • análise do histórico do pet;

  • exame clínico;

  • exames complementares e testes funcionais;

  • dosagens hormonais;

  • hemograma;

  • exame de urina;

  • testes bioquímicos;

  • ultrassom abdominal, entre outros.

Com os resultados em mãos, ele decide qual é a melhor abordagem para cada caso. Cabe ao dono, então, seguir todas as recomendações do profissional à risca, levando o animal para consultas regulares de acompanhamento.

Além disso, é preciso ressaltar que o endocrinologista veterinário não se preocupa apenas em diagnosticar e tratar condições, como também na prevenção, impedindo que o problema retorne. Isso porque todas essas doenças requerem tratamentos longos (que podem durar até mesmo por toda a vida). Portanto, levar o pet ao especialista ao primeiro sinal de disfunções hormonais ou metabólicas é essencial. ​

Como se especializar na área?

Agora que você já sabe o que é Endocrinologia Veterinária e entende o que faz um profissional que atua na área, provavelmente deve estar se perguntando sobre como é possível se especializar nesse campo, certo? Bom, a capacitação pode ser feita por meio de cursos presenciais ou a distância.

A pós-graduação EAD em Endocrinologia Veterinária da Faculdade Unyleya, por exemplo, foi criada para promover a especialização dos profissionais da Medicina Veterinária que desejam aprimorar seus conhecimentos com o objetivo de atuar na área de endocrinologia, capacitando-os de forma teórica e prática. A duração do curso é de 11 meses, ou seja, é possível concluí-lo com rapidez, em menos de um ano.

Entre as disciplinas ministradas, podemos listar:

  • Aspectos Endócrinos em Diferentes Fases da Vida Animal;

  • Fisiopatologia e Clínica das Alterações Adrenais;

  • Fisiopatologia e Clínica das Alterações do Metabolismo Ósseo e do Crescimento;

  • Fisiopatologia e Clínica das Alterações Endócrinas do Sistema Reprodutor;

  • Fisiopatologia e Clínica das Alterações Metabólicas;

  • Fisiopatologia e Clínica das Alterações Tireoidianas;

  • Metodologia da Pesquisa e da Produção Científica;

  • Princípios, indicações e interpretação de exames laboratoriais em Endocrinologia Veterinária.

Por se tratar de uma especialização EAD, o curso é 100% online — com apenas um encontro presencial, que ocorre ao final da formação para a realização de uma prova. Dessa forma, o aluno pode estudar de onde quiser e com toda a flexibilidade que precisa, montando os seus próprios horários e podendo conciliar a pós-graduação com o trabalho, por exemplo.

Como você pode perceber, a área de Endocrinologia Veterinária é responsável por avaliar e tratar as enfermidades que afetam o sistema hormonal e metabólico dos cães e gatos. Tendo em mente a importância de uma especialização para o veterinário, sobretudo nos dias de hoje, nos quais os pets são verdadeiros membros da família, considere as informações do post e dê esse próximo passo em sua carreira.

E então, gostou do nosso conteúdo? Então, não deixe de entrar em contato conosco agora mesmo para conhecer ainda mais sobre o curso de Endocrinologia Veterinária!

 

Precisa de mais informações?

Preencha seus dados que um consultor irá entrar em contato com você



Nosso App

Nossas Redes Sociais