Separamos 6 opções de pós-graduação em Psicologia para você conhecer

  • 10/maio/2019

Separamos 6 opções de pós-graduação em Psicologia para você conhecer

O mercado atual exige um nível alto de conhecimento dos profissionais, o que não poderia ser diferente no caso do psicólogo. Com cada vez mais pessoas se formando em cursos superiores, é interessante se especializar e, consequentemente, se destacar perante a concorrência e ampliar seu leque de oportunidades.

Foi justamente pensando nisso que, neste post, separamos algumas opções de pós-graduação em Psicologia. Dessa forma, você poderá escolher aquela que está mais alinhada aos seus objetivos e se tornar um profissional ainda mais qualificado para atender à sociedade. Vamos lá?

Quais são as opções de pós?

1. Psicologia infantil

A pós-graduação em Psicologia Infantil tem a duração de 9 meses. Entre os seus objetivos, estão favorecer a formação crítica e criativa do aluno para que ele possa cumprir com qualidade seu papel como psicólogo infantil, considerando sempre que o trato com as crianças é totalmente diferente do com os adultos.

Além disso, o aluno conseguirá analisar os fundamentos da Psicologia Infantil refletidos no contexto contemporâneo, relacionando-os às novas necessidades educacionais. Em outras palavras, seus conhecimentos na área serão aprofundados a partir de diferentes concepções, reconhecendo suas implicações teóricas e metodológicas.

Para isso, são ofertadas nesta pós-graduação as seguintes disciplinas:

  • Desenvolvimento Infantil;

  • Modelos de Terapia Familiar;

  • Saúde Mental da Criança;

  • Transtornos Mentais que Afetam a Criança;

  • Psicopatologia, entre outras.

2. Psicologia social

Também ofertada com a duração de 9 meses, a  pós-graduação em Psicologia Social promove não só a formação crítica do aluno, como também o aprofundamento dos conhecimentos relativos à área a partir de diversas concepções — o que favorece a articulação de explicações de ordem individual com explicações de ordem social.

Ela está voltada para graduados nas várias áreas de Psicologia e Sociologia. No entanto, também pode ser cursada por demais profissionais de nível superior interessados em aprimorar seus conhecimentos referentes a esse campo.

Por fim, a formação também visa criar subsídios para a obtenção de informações sobre a cultura, ambiente, nível socioeconômico e identidade da região, do objeto ou do foco estudado. Dessa forma, o aluno pode refletir sobre as respectivas implicações para o exercício das tarefas relacionadas aos acontecimentos cotidianos.

Entre as disciplinas que compõe a grade curricular desta pós-graduação, estão:

  • Estado e Sociedade;

  • Planejamento e Elaboração de Projetos Sociais;

  • Representação Social;

  • Serviço Social e Questão Social, entre outras.

3. Psicologia hospitalar

Voltada para os graduados em Psicologia, Medicina, Enfermagem e nos demais campos da saúde, interessados em se especializar e aprimorar seus conhecimentos relativos a essa área, há a pós-graduação em Psicologia Hospitalar, com duração de 10 meses.

A formação tem como principal objetivo acolher e amparar o paciente em qualquer nível ou tipo de enfermidade, de modo a garantir sua saúde, conforto e bem-estar no dia a dia do hospital. Tudo isso é muito importante, considerando como enfrentar um processo de adoecimento é um grande choque em qualquer fase da vida, colocando uma espécie de pedra no caminho da pessoa.

Sendo assim, o psicólogo hospitalar deve estar preparado para escutar o sofrimento dos pacientes, analisando as principais dificuldades encontradas por ele em sua trajetória no hospital e dando voz a ele. Para tanto, são oferecidas disciplinas como:

  • Cuidados Paliativos: Aspectos Éticos, Sociais e Psicológicos;

  • Cuidados Paliativos: Assistência e Organização;

  • Intervenções do Psicólogo no Hospital;

  • Psicoterapia de Grupos no Contexto de Crise;

  • Saúde Mental nos Ciclos de Vida etc.

4. Neuropsicologia

Voltada aos graduados em Psicologia, a pós-graduação em Neuropsicologia tem a duração de 8 meses e visa ampliar a concepção do aluno sobre distúrbios neurológicos e refletir sobre as respectivas implicações para o exercício de sua atuação com crianças, adultos e idosos. Trata-se de uma área que obteve grande avanço nos últimos anos devido ao aumento no volume de pesquisas sobre o cérebro.

Optando por essa formação, o profissional estará apto a compreender o funcionamento cerebral, entendendo sobre sua anatomia, interação dos neurotransmissores, funções cognitivas, entre outras. É a partir dessa base que ele poderá identificar as disfunções por meio de instrumentos avaliativos adequados e procedimentos necessários para um diagnóstico correto, como entrevistas e testes neuropsicológicos.

Após o diagnóstico, é também função do neuropsicólogo elaborar um plano de trabalho para a reabilitação de seus pacientes. Para isso, a pós-graduação na área conta com as seguintes disciplinas:

  • Avaliação Neuropsicológica;

  • Funções Cognitivas;

  • Neuroanatomia e Neurofisiologia;

  • Patologias do Sistema Nervoso Central;

  • Reabilitação Neuropsicológica, entre outras.

5. Psicanálise

Com a duração de 10 meses, a pós-graduação em Psicanálise visa promover a compreensão do ser humano por meio da abordagem de seu inconsciente. Ela é voltada tanto para os psicólogos quanto para médicos e demais graduados em cursos da área da saúde que têm interesse no tema.

Durante a formação, o profissional aprenderá algumas das principais técnicas derivadas da prática de Sigmund Freud, Carl Jung, Jacques Lacan, Melanie Klein, entre outros, com o objetivo de tratar desequilíbrios psíquicos. Essas técnicas podem ir desde a análise dos sonhos e associação livre, já conhecidas desde o início da psicanálise, a outras incorporadas mais recentemente à atuação.

Entre as disciplinas ofertadas no curso, podemos listar as seguintes:

  • Psicanálise para Carl Gustav Jung e Donald W. Winnicott;

  • Psicanálise para Jacques Lacan e Wilfred Bion;

  • Psicanálise para Sigmund Freud e Melanie Klein;

  • Psicopatologia;

  • Saúde Mental da Criança;

  • Saúde Mental do Adolescente;

  • Saúde Mental do Adulto etc.

6. Psicologia Clínica

A pós-graduação em Psicologia Clínica é voltada para psicólogos e tem a duração de 10 meses. Ela tem como o objetivo o aperfeiçoamento de conhecimentos em uma das áreas mais clássicas da Psicologia, que trata de pacientes afetados por algum tipo de mal-estar psicológico. Sigmund Freud e Carl Jung, ícones citados anteriormente quando falávamos sobre a pós-graduação em Psicanálise, também trabalharam com Psicologia Clínica.

A formação visa aprimorar o exercício do psicólogo em escutar o paciente, ouvir suas histórias e, assim, poder ajudá-lo na conclusão de um diagnóstico que proporcione alívio emocional. Dessa forma, a pessoa se conhece melhor e se torna mais apta a lidar com seus anseios e sentimentos de forma mais saudável. Para que isso aconteça, esta pós-graduação fornece ao aluno disciplinas como:

  • Casos Clínicos em Psicoterapias;

  • Psicodiagnóstico;

  • Psicologia Clínica e Avaliação Psicológica;

  • Psicoterapia em Intervenção em Crise e Prevenção do Suicídio etc.

Como escolher a melhor especialização para o meu caso?

Depois de conhecer várias opções de pós-graduação em Psicologia, você provavelmente deve estar se perguntando sobre qual escolher para a sua carreira, não é verdade? Aqui, é preciso ter em mente que vários fatores devem ser considerados.

Embora as tendências do mercado sejam importantes, por exemplo, não é recomendado se prender a elas. Isso porque, o que é novidade hoje, amanhã, pode perder o seu destaque. Sendo assim, basear a sua escolha apenas nesse aspecto pode ser algo que gere frustrações.

Quando se opta por uma especialização que está genuinamente alinhada aos seus objetivos e até mesmo interesses, os resultados certamente são melhores — trazendo também satisfação pessoal e profissional, chances de se tornar o melhor naquilo que você faz e, é claro, bons retornos financeiros.

Outro aspecto fundamental quando escolhemos uma pós-graduação em Psicologia (ou em qualquer outra área) é optar por uma boa instituição de ensino superior (IES). Isso quer dizer que deve oferecer cursos de qualidade, contar com um bom corpo docente e apresentar boa penetração no mercado.

Como foi possível perceber com essas opções de pós-graduação em Psicologia, já não basta mais ter um conhecimento amplo no campo de atuação. Sobretudo quando o assunto envolve o estudo da mente, algo que por si só já é complexo, a especificidade é necessária entre os profissionais. Sendo assim, não hesite em dar esse próximo passo rumo a uma carreira de sucesso e à melhora do atendimento aos pacientes.

Logo acima, falamos sobre a conquista de uma trajetória de sucesso. Então, complemente ainda mais os seus conhecimentos e baixe agora mesmo o nosso e-book sobre plano de carreira — passo a passo para alcançar seus objetivos profissionais!

 

Precisa de mais informações?

Preencha seus dados que um consultor irá entrar em contato com você

Nosso App

Nossas Redes Sociais