Profissões do futuro: confira quais são e como se preparar!

  • 27/set/2017

Profissões do futuro: confira quais são e como se preparar!

O mercado de trabalho vai mudar. Você está preparado para isso? Novos horizontes surgem na medida em que a economia se moderniza, a tecnologia abre novas portas e as concepções de carreira se modificam.

São as profissões do futuro: aquelas que vêm com as novas demandas da sociedade, ou aquelas outras que ganharam uma nova cara com a modernidade. E os profissionais antenados terão vantagem nesses novos cenários.

Se você quer entender tudo sobre o assunto, desde as novas oportunidades que o futuro reserva até os cursos superiores em alta, não perca o post de hoje.

Vamos esclarecer tudo o que você precisa saber para conhecer as profissões em alta no mercado e como conquistar o seu espaço nessa conjuntura. Continue lendo!

O que muda no mercado de trabalho do futuro?

As mudanças no conceito de profissão estão ligadas às transformações recentes do mercado, como um todo. Nesse cenário, duas tendências despontam: o empreendedorismo digital e o regime de freelance.

Ao contrário do emprego tradicional, com carteira assinada, garantias de estabilidade e horário a ser cumprido, esses dois exemplos têm como característica a independência, o dinamismo, a proatividade e, não podemos deixar de mencionar, uma boa dose de risco a ser administrada.

São regimes de trabalho ligados a novas configurações econômicas em prática na sociedade atual. Criar o próprio negócio na internet ou dispôr seus serviços a uma empresa, sem vínculos formais de emprego, surgiram como possibilidades na economia conectada e global dos dias de hoje. E você pode — e deve — considerar esses dois caminhos a serem trilhados no mercado de trabalho. Para isso, leia mais a seguir.

Novos modelos de negócio com empreendedorismo digital

Toda iniciativa de negócios mediada pela internet é um exemplo de empreendedorismo digital. Há a migração de empreendimentos offline para a web (criação de lojas online ou agências de serviços especializados que atendem exclusivamente pela internet), e também há a possibilidade de inovar na internet, criando algum tipo de serviço que atenda a alguma necessidade — um aplicativo (app), por exemplo.

O profissional que deseja apostar no empreendedorismo digital deve ter em mente que é preciso investir muito (especialmente em trabalho) em um novo negócio na web. A divulgação é crucial para esse tipo de empreendimento.

O novo empresário precisa se destacar em um meio muito concorrido, portanto, é fundamental ter noções de marketing digital, ranqueamento de sites, atendimento e logística, entre tantos outros conhecimentos aplicados a um negócio de internet.

O novo emprego: regime freelance

Uma carreira estável, com vencimentos garantidos todo início de mês, ou a liberdade para poder transitar em diferentes empresas, ganhando uma experiência dinâmica e podendo ganhar muito mais do que seus pares com registro na carteira? Eis a questão que paira na decisão do trabalhador que pensa em se tornar freelancer.

Com a reforma trabalhista, aprovada pelo Congresso Nacional recentemente, o regime ganhou contornos legais, dentro de suas características próprias. E quais são essas características? O que você precisa para ser freelancer?

Esse regime permite que o trabalhador preste serviços temporários para empresas, sem vínculo empregatício nem as obrigações que vêm com ele: horário, ponto, benefícios. Para muitas funções, como consultoria, esse é o regime ideal. De modo geral, todo o tipo de vaga que não exige presença física, ou que pode flexibilizar esse aspecto, pode ser preenchido por um freelancer.

Se, por um lado, a falta de garantia e benefícios pode desagradar a alguns trabalhadores, por outro, são várias as vantagens do freelancer. E a principal delas é o dinamismo. Você pode colaborar com várias empresas enquanto um funcionário contratado ficará ligado a uma só. Além disso, o freelancer experiente e cheio de contatos consegue melhores oportunidades e, dessa forma, chega a ganhar até mais do que aqueles registrados em carteira.

Seja como freelancer, seja no comando do seu próprio negócio na internet, uma coisa é certa: mais do que conhecimento técnico, você precisa ativar suas competências pessoais, ligadas ao seu comportamento. Nessas duas áreas você não terá um chefe para dar ordens ou uma cultura empresarial para nortear suas atitudes.

Então, aprenda a desenvolver sua proatividade, para agir no momento certo, sua liderança, para tomar a frente sempre que necessário, e sua adaptabilidade, para conseguir moldar-se ao longo do caminho, entre outros.

O lado bom é que com essas oportunidades, você não fica mais preso ao antigo modelo de trabalho. Sim, o mercado formal e tradicional ainda oferece muitas chances. Mas não se encerra aí. Para aqueles que enfrentam dificuldades em encontrar o trabalho ideal, os caminhos estão abertos, através da iniciativa própria e da independência.

Um aspecto, porém, segue o mesmo: você deve compreender a sua vocação, e se aperfeiçoar no que é bom. Cursos de graduação ainda são um pré-requisito mínimo, mas até aí a modernidade trouxe facilidades: você pode cursar boas universidades na modalidade de educação a distância (EAD).

Já está formado e quer se aperfeiçoar? Até instituições internacionais oferecem cursos via internet. E sempre lembrando: os cursos EAD não são “menos importantes” do que os presenciais, como o senso comum, por vezes, afirma. O reconhecimento junto ao Ministério da Educação (MEC) é o mesmo para ambos. Ou seja: estudar a distância não significa de forma alguma aprender menos.

Oportunidades não faltam para se tornar o melhor da sua área. E acredite: para as novas carreiras do futuro, você terá que ir em busca do seu melhor! Quer saber quais são as profissões mais requisitadas do momento? Então, continue lendo!

Quais são as profissões mais requisitadas para o futuro?

Tecnologia, meio ambiente, inovação, gestão: essas estão entre as palavras-chave relacionadas às profissões do futuro, e você, independentemente da área, deve estar atento para entender os significados delas. Conheça agora algumas das carreiras do futuro!

Gestão de resíduos

Cada vez mais necessária para as empresas que querem cultivar boas práticas ambientais, a destinação correta do lixo e as possibilidades de reciclagem é a função desse especialista. Para muitas pessoas, esses resíduos são sinônimo de renda, ou seja, é uma ocupação muito importante.

Para trabalhar na área, é recomendada uma boa formação em gestão e em meio ambiente.

Técnico em telemedicina

As consultas médicas remotas são uma realidade crescente no país. Esse profissional irá dar apoio às equipes de saúde que atenderão comunidades distantes, nas quais os recursos médicos demoram a chegar.

Gestor de qualidade de vida

A rotina empresarial pode ser exaustiva. Em vista dessa realidade, começam a se popularizar entre as companhias um departamento que trata especificamente do bem-estar e da saúde dos seus funcionários. Afinal, um bom desempenho está diretamente ligado a qualidade de vida.

O gestor desse setor será responsável por criar ações que levem a bons hábitos, prática de exercícios funcionais, estímulo a uma alimentação saudável e um estilo de vida mais leve. Profissionais interessados em saúde são os mais indicados para tais vagas.

Produção de conteúdo

Um bom ranqueamento nos buscadores da internet vale ouro para qualquer empresa. Para isso, a melhor estratégia ainda é a produção de conteúdo, que ajuda o seu site a ficar entre os primeiros resultados nas pesquisas, e por consequência, mais vistos pelo seu público-alvo.

O profissional deve entender de fundamentos do marketing, comunicação, redação e otimização de mecanismos de busca. E ganha cada vez mais espaço no país.

Administração pública

As rotinas do serviço público estão cada vez mais profissionalizadas. A figura do profissional pouco eficiente e dos serviços lentos sai de cena para dar lugar a novos paradigmas de produtividade e eficiência.

Afinal de contas, estamos falando de recursos públicos, sobre os quais a fiscalização só aumenta na medida em que os cidadãos têm acesso a ferramentas para acompanhar e vigiar os políticos em que depositaram seus votos.

Nesse cenário, surge o especialista em administração pública, bem-versado nas leis e nas rotinas públicas, para transformar cada repartição em uma verdadeira empresa eficiente para prestar os serviços fundamentais para a sociedade.

Gestão de inovação

Mais do que um mero slogan, inovação é um objetivo para todo empreendimento que almeja resultados cada vez mais qualificados. Inovar é buscar constantemente novas soluções, seja em produtos e serviços, seja em processos internos que melhorem a produtividade. E um departamento específico para isso, com uma equipe dedicada a esses projetos, ganha espaço.

Para ocupar esse cargo, o profissional deve ter bons conhecimentos gerais sobre o negócio, além de estar sempre informado sobre as principais tendências em voga.

Especialista em nuvem

Desenvolver e gerir sistemas de armazenagem de dados na nuvem é o papel desse profissional de suma importância para os rumos tecnológicos. Os sistemas de cloud computing estão presentes em todas as áreas. Trata-se de um campo de trabalho com muita demanda e muito reconhecimento.

Formação em informática ou análise de sistemas é fundamental para se tornar um especialista em armazenamento na nuvem.

Cientista de dados

Big data é, em uma definição ampla, o volume de informações que circulam pela internet. O profissional que é capaz de analisar esses dados em sua complexidade, organizá-los e otimizar o tráfego de informações pela web, melhorando o acesso e criando novas práticas, é o cientista de dados.

Essa carreira é muito promissora já que as principais atividades da atualidade acontecem via internet, da gestão de empresas à saúde. Uma formação em ciências da computação e análise de dados e sistemas, aliada a cursos de aprofundamento nas tecnologias em voga, vai prover o necessário para aqueles que desejarem seguir esse caminho.

E essas são apenas algumas das novas opções que aparecem no horizonte do novo mercado de trabalho. São conceitos e realidades que surgem com o avanço da sociedade e da tecnologia e, de quebra, ainda abrem espaço para profissionais diferentes daqueles tradicionais que já fazem parte da cultura empresarial.

A melhor parte é que você pode moldar sua carreira. Se você não se identifica com nenhuma das opções prontas, é possível desenvolver o seu próprio projeto. Caso você acumule experiência em determinada área, mas não se identifica com cargos ligados à gestão e execução, por que não criar uma consultoria e ajudar novos empreendedores que estão chegando a esse campo?

A versatilidade é um dos conceitos-chave dessa nova fase em que o mercado de trabalho se encontra.

Não importa qual seja a sua escolha, tenha sempre em mente que o profissional do futuro é alguém que busca constante atualização e formação contínua — tudo para não perder nenhuma oportunidade.

Essas novas tendências no mercado de trabalho já estão em andamento. Muitas novas áreas surgirão, e as que já existem ainda vão se dinamizar, modernizando seus processos. Quer saber mais? Continue a leitura e confira!

Quanto tempo podemos esperar por novas profissões?

Você deve correr atrás das novas oportunidades, se quiser alcançar um bom posicionamento no mercado do futuro, agora, imediatamente! Se ainda estiver na faculdade, você tem tudo o que precisa na mão: dicas e exemplos dos professores, espaço para aprender enquanto inicia sua carreira, aconselhamento e chances únicas. O importante é se envolver com a sua profissão de escolha desde cedo e não parar até atingir todos os seus objetivos.

Mas é claro que definir tão cedo aquilo que você quer para o futuro pode ser um processo difícil. Ou, pelo meio do caminho, optar por uma mudança de carreira, se você já tem um emprego nos moldes tradicionais. A escolha é sua.

Os resultados da pesquisa Future of Work, da ADP, realizada em vários países, entre eles o Brasil, apontam que as novas opções de carreiras conquistam um número crescente de profissionais. Por características como liberdade, flexibilidade e autogestão, os trabalhadores do presente olham para as profissões do futuro em busca de novos paradigmas para construírem suas carreiras.

E, mesmo assim, uma velha questão pode pairar sobre a sua decisão: é melhor procurar um trabalho que esteja em alta ou talvez o mais indicado seja mesmo ficar com o tradicional e, em tese, garantido? No tópico a seguir, vamos trazer reflexões a respeito disso. Continue lendo para saber!

Escolher uma profissão em alta ou uma da qual você gosta?

Eis uma escolha que deve vir com muita reflexão. Por um lado, você tem profissões tradicionais, que trazem a sensação de segurança necessária para um funcionário desenvolver suas competências, pôr em prática seus conhecimentos e demonstrar toda a habilidade adquirida com muito empenho.

De outro, um novo mundo, com áreas ainda pouco exploradas e muitas vezes incertas, mas cheias de oportunidades únicas para mostrar versatilidade, pensamento fora da caixa e capacidade de se adaptar e inovar. Como escolher?

Leve em conta fatores externos à profissão, como a sua personalidade, seus sonhos e ambições, e também sua família e perspectivas a curto e longo prazo. Se, para você, o mais importante é a estabilidade, tranquilidade e um futuro certo ao fim da jornada, talvez buscar um emprego formal seja o ideal.

Já se a mudança não assusta você, se criar é algo excitante na sua rotina e se você é movido a desafios, então você é a pessoa certa para ocupar um desses cargos do futuro.

E não se esqueça de que é possível ter um pouco dos dois: estabilizar-se em um cargo com carteira assinada, mas investir em outra área, como freelancer, no tempo livre. Pode ser uma rotina desgastante, mas muitos profissionais em transição de carreira o fazem para ganhar experiência na nova área.

Refletir sobre os ganhos que cada modalidade pode proporcionar também vai ajudar a sua decisão. Afinal, todos querem ganhar um bom salário. Cargos do futuro, ligados à tecnologia, por exemplo, costumam requerer muita especialização e, por consequência, oferecem os pagamentos mais polpudos.

Não há nada de errado em buscar o que você almeja, mas lembre-se de que nem sempre aquele cargo muito bem remunerado vai poder oferecer a você as melhores chances de exercer seus talentos.

Muitas vezes uma posição não tão destacada pode ser o ideal para você cultivar seus contatos, demonstrar suas competências e desenvolver a sua carreira da melhor forma para você.

Então, coloque na ponta do lápis tudo aquilo que envolve o trabalho: chances de aperfeiçoamento, oportunidades de crescimento, benefícios, qualidade de vida etc. Basear sua escolha em questões que vão além do trabalho em si ajuda com que você não escolha algo por impulso.

Como se preparar para as carreiras do futuro?

O futuro já está acontecendo. Defina já seus objetivos e vá atrás deles para ter sucesso na sua área. Algumas dicas, no entanto, vão ajudar você nessa jornada. Separamos algumas delas aqui:

Não se esqueça da importância da sua formação

Reiteramos esse ponto para lembrar: sua formação é a sua maior aliada para ir longe na carreira. Nos cenários das profissões promissoras para o futuro, esse paradigma não muda: as melhores vagas ainda são as que requerem um grau mais elevado de especialização.

Portanto, inclua no seu plano de carreira a constante evolução de sua formação. Tudo começa na graduação. Dependendo da área, é interessante você acumular ao menos dois cursos universitários, aliando conhecimento técnico com o teórico, por exemplo.

É o caso de profissionais de marketing que também se formam em língua portuguesa, por exemplo, para qualificar a sua escrita, atividade central das principais atividades do marketing do atual cenário.

Ou gestores que buscam formação específica em meio ambiente, saúde, recursos humanos, após o curso de administração. A palavra-chave aqui é transversalidade: diversifique sua formação e veja as oportunidades crescerem.

Procure se familiarizar com as práticas de autogestão do conhecimento. Trata-se de uma habilidade muito requerida nos novos cenários: a de conseguir gerir o seu próprio aprendizado, criando rotinas de estudo constantes. Assim, você consegue aprender de forma autônoma.

Estude sua própria carreira e se planeje

Quer empreender? Então pense no investimento inicial e todos os passos que você deve tomar para se estabelecer.

Virar freelancer é a sua opção? Caso sim, você deverá trabalhar em uma base de contatos forte, que irá fazer com que o seu nome circule no mercado.

A melhor opção para você ainda é um emprego formal e registrado? Pois é hora de afiar suas habilidades e se preparar para os processos seletivos.

O principal a se ter em mente é a efetividade do planejamento. Se você tem seus objetivos claros, fica mais fácil antecipar cenários, perseguir tendências e estar sempre preparado.

Não subestime a importância de um bom plano de carreira: ele não é supérfluo. Um plano bem-elaborado contém objetivos a curto e longo prazo. Tê-los claros em sua mente é o principal passo para que você saiba como agir para chegar aonde quer.

Prepare-se para as novas caras do trabalho

Os cenários do mercado do futuro apontam para tendências como colaboração, espaços compartilhados, trabalho a distância. Procure se familiarizar com eles, entender seu funcionamento e atingir a produtividade necessária para se destacar.

O profissional do futuro deve transitar entre esses e os ambientes tradicionais. Entre reuniões presenciais e encontros profissionais e teleconferências e projetos mediados pela internet. Essa é a cara dos mercados mais promissores da atualidade.

O novo mercado de trabalho é dinâmico, descentralizado, muito especializado, e vão triunfar nele aqueles profissionais que sabem autogerir seu conhecimento e aprendizado, se acostumar às novas tecnologias e às relações derivadas dela e, principalmente, identificar aquela posição em que melhor desempenham seu papel.

A figura do profissional centralizador, carregado de responsabilidades, perde força para esse novo perfil, mais adaptável.

A você, cabe a reflexão e a decisão sobre qual o melhor caminho a seguir. A boa notícia é que, em um ambiente tão diversificado, ficou muito mais fácil encontrar a profissão perfeita para você do que seguir uma carreira com a qual você não se identifica completamente.

Você tem as rédeas de sua vida profissional no mercado de trabalho do futuro. Isso acarreta uma série de responsabilidades, mas, com certeza, é um ambiente mais propício para o desenvolvimento dos talentos individuais, para o crescimento pessoal e para bons lucros no futuro.

No blog da Unyleya, você vai encontrar conteúdos sobre as áreas de maior destaque no mercado atual e, assim, vai poder entender melhor as profissões do futuro.

Acompanhe as atualizações para estar sempre por dentro das novidades sobre qualificação e especialização, que vão levar você mais longe no seu caminho profissional.

Para isso, nada melhor do que assinar a newsletter e receber as nossas novidades diretamente na sua caixa de e-mail. Então, o que você está esperando?!