8 dicas para ter uma apresentação de currículo profissional impecável

  • 27/mar/2018

8 dicas para ter uma apresentação de currículo profissional impecável

Ter um currículo profissional é indispensável para quem quer alavancar a carreira e conquistar a oportunidade de trabalhar em empresas com as quais se identifica — conquistando, de quebra, tanto um bom retorno financeiro quanto prestígio social.

Contudo, nem todas as pessoas sabem como elaborar de forma otimizada esse documento e acabam desperdiçando as chances de se destacar em processos seletivos.

Por essa razão, preparamos o post de hoje com 8 dicas que vão ajudá-lo a montar um CV impecável e que chame a atenção de qualquer recrutador. Acompanhe até o fim e adote todas elas!

Dicas para ter um currículo profissional

1. Seja sucinto quanto aos seus dados pessoais

Ao escrever seus dados pessoais, tome cuidado para não exagerar na quantidade de informações e, com isso, transformar essa seção do CV em um dossiê sobre a sua vida. O ideal é que você seja sucinto e apresente somente pontos-chave, como nome, idade, endereço, telefones e e-mail.

2. Destaque seu objetivo profissional

O objetivo profissional é a seção que vem logo após os seus dados pessoais. Por isso, é fundamental aproveitar esse tópico para deixar claro quais são suas pretensões em relação às áreas de interesse e ocupações que pretende desempenhar.

3. Adote um layout minimalista

Ao montar o layout do CV, opte por um modelo minimalista em que as informações fiquem devidamente hierarquizadas e que não haja focos de distração, como fundo com cores chamativas, ilustrações e fontes de baixa legibilidade.

Do contrário, o documento não vai passar credibilidade e o recrutador vai desconsiderá-lo para essas e outras oportunidades. Há, ainda, o risco dele nem mesmo ser incluído em um banco de dados. Portanto, bastante cuidado!

4. Detalhe experiências profissionais relacionadas à vaga desejada

Sem dúvidas, ter experiências anteriores é um ponto importante para mostrar que você já está no mercado há algum tempo e tem uma trajetória profissional ascendente. Porém, é preciso saber realmente utilizar isso ao seu favor. Afinal, de nada adianta descrever dez delas se nenhuma é da mesma área do emprego pelo qual está concorrendo.

Ou seja, o indicado é ressaltar apenas as ocupações nas quais você desempenhou atividades similares ao que o cargo pretendido também realiza. Dessa forma, é possível mostrar afinidade e capacidade de assumi-lo sem dificuldades.

5. Aponte os outros idiomas que você domina

O mercado cada vez mais busca por profissionais que dominem não apenas o inglês, mas também outras línguas, como o espanhol, o francês e o alemão. E isso não é para menos, já que as marcas a cada dia atuam a nível global e, justamente por isso, querem expandir seus serviços para outros países.

Por esse motivo, aproveite para apontar em que idiomas você é fluente, se realizou intercâmbios no exterior e se possui certificados nos principais testes de proficiência (TOEFL, DELE, DALF, TestDaF etc.).

6. Mostre que está sempre investindo na sua capacitação

Além das dicas anteriores, não deixe de mostrar que o investimento na sua capacitação é algo constante. Para tanto, acrescente quais graduações e pós-graduações (MBA, mestrado, especialização etc.) você já tem ou está em processo de obtenção de título. Fora isso, inclua cursos, treinamentos, oficinas e afins que já realizou.

Contudo, lembre-se de que é importante que todos eles estejam relacionados à área na qual intenciona atuar — assim, você mostra que também busca aperfeiçoar as próprias habilidades e manter-se sempre atualizado.

7. Não anexe foto no CV

Em um currículo devem constar suas informações pessoais e profissionais que o qualifiquem para trabalhar na empresa, não fotografias (que podem, inclusive, se tornar o ponto negativo do documento pelo aspecto informal e pouco profissional delas). Portanto, só anexe uma imagem se esse for um requisito imposto pelo recrutador.

8. Evite descrever pretensão salarial

Por fim, mas não menos importante, não descreva no currículo qual é a sua pretensão salarial. Esse é o tipo de informação que empresas solicitam apenas durante o processo de recrutamento — isso, é claro, quando elas não divulgam o valor do cargo e benefícios incluídos antes de iniciar o processo seletivo.

Caso contrário, você pode acabar precificando seu valor como profissional e sendo desconsiderado para a vaga por passar uma imagem de quem está mais preocupado com o retorno financeiro do que, de fato, em construir uma trajetória na companhia.

Dicas para melhorar seu perfil no LinkedIn

“Certo, eu entendi quais são as dicas para tornar meu currículo impecável. Mas e quanto ao meu perfil no LinkedIn? O que posso fazer para melhorá-lo?”, você deve estar se perguntando e não é à toa. Afinal, essa é a maior plataforma voltada para conectar não apenas os profissionais entre si, mas também com empresas ao redor do mundo.

Só no Brasil, por exemplo, há cerca de 29 milhões de usuários, segundo artigo da revista Veja. Tanto é que, cada vez mais, as pessoas a utilizam para maximizar o próprio networking, acompanhar as novidades de companhias que mais as interessam e encontrar vagas em instituições em que adorariam trabalhar.

Por essa razão, também reunimos algumas dicas que vão ajudá-lo a potencializar seu perfil e torná-lo mais atrativo para possíveis recrutadores de RH. Veja:

  • capriche nas descrições das suas experiências profissionais. Isso é importante para mostrar quais atividades e funções desempenhava em antigos trabalhos;

  • acrescente premiações que você recebeu ao longo da carreira e que mostram como você contribuiu com o sucesso das instituições onde atuou;

  • aproveite as funcionalidades do LinkedIn, como a opção de acrescentar apresentações e portfólios (caso tenha um) no seu perfil;

  • mantenha a foto do perfil atualizada — sempre lembrando que ela deve ser adequada à rede e mostrar claramente sua face;

  • Inclua competências e habilidades para realçar em qual área você se especializou e tem mais afinidade.

Seguindo nossas dicas, você terá tanto um excelente currículo profissional quanto um perfil de destaque no LinkedIn que vão ampliar suas oportunidades no mercado de trabalho e permitir que você construa a carreira que sempre desejou.

Aproveite o tema deste post e confira como definir seu objetivo profissional na vida e no currículo!

 






Nossos Apps

Nossas Redes Sociais