Pensando em mudar de profissão? Entenda se esse é o momento certo

  • 23/nov/2018

Pensando em mudar de profissão? Entenda se esse é o momento certo

Mudar de profissão, seja por motivos de demissão, de insatisfação no trabalho ou até mesmo de busca por oportunidades melhores, é um processo que envolve foco e preparação, além de alguns desafios — isso porque nenhuma mudança costuma ser fácil. No entanto, com o devido planejamento e considerando tudo o que pode surgir adiante, como a necessidade de uma qualificação, é possível conquistar esse objetivo e trilhar caminhos de sucesso.

Se você quer mudar de profissão, mas ainda tem dúvidas sobre como será esse processo, não se preocupe. Foi pensando nisso que preparamos este post. Para ajudar nessa missão, mostraremos, a seguir, por que essa é uma escolha importante, o que é preciso para colocar esse objetivo em prática e qual é a importância de uma qualificação nesse processo. Vamos lá?

Por que mudar de profissão?

Você tem um emprego bom e no qual já está estabilizado. Nele, realiza suas tarefas sempre com qualidade, acumulando competências e habilidades desenvolvidas ao longo da sua atuação. No entanto, ainda assim, a sensação que fica ao final de cada expediente é a de insatisfação ou de que algo ainda está faltando. Essa situação é bastante comum, e pode estar acontecendo até mesmo com você.

Trata-se não só de um indicativo de que está na hora de mudar de emprego, como, mais provável ainda, de que chegou o momento de mudar de profissão. É preciso encarar essa situação como algo positivo, afinal, de que vale continuar em uma posição que não trás a motivação necessária para trabalhar e colher os frutos do seu esforço? Certamente não vale a pena sacrificar a sua satisfação pessoal e profissional por receio de sair da zona de conforto.

Aqui, o mais importante de tudo, antes de dar um primeiro passo, é entender quais são as possíveis motivações para o seu objetivo de mudar de emprego, como:

Insatisfação generalizada

É fato que nem todos os dias acordamos com vontade de ir ao trabalho, afinal, todos temos aqueles dias nos quais não estamos muito bem. Quando isso acontece com frequência e sem motivos aparentes, no entanto, pode ser um sinal de que você não está contente com a sua profissão.

O mesmo vale para os casos nos quais a insatisfação e o estresse são os primeiros sentimentos a vir somente ao pensar no emprego, na empresa, no ambiente de trabalho e até mesmo no salário atual. Quando estamos insatisfeitos, as horas demoram a passar e a sensação de tédio é dominante.  

Ausência de metas e objetivos

As metas e objetivos funcionam como combustíveis: são eles que nos mantém motivados a seguir em frente e conquistar aquilo que desejamos em vários âmbitos, o que não poderia ser diferente quando o assunto é profissão.

Se você não se enxerga mais evoluindo em sua profissão atual (ausência de perspectiva), sentindo-se constantemente perdido e triste pela ausência de metas e objetivos, encare tudo isso como um sinal de que está na hora de mudar de profissão.

Ter em mente o motivo que o impulsiona a mudar é fundamental; no entanto, é claro que não é nada fácil passar por um processo de mudança sem uma devida preparação, não concorda? É por isso que, a seguir, reforçaremos a importância de uma qualificação, visando ao desenvolvimento pessoal, profissional e de competências e habilidades.

Qual é a importância da qualificação profissional?

Independentemente da área de atuação, as empresas vêm dando mais destaque aos profissionais que se mantêm atualizados e buscam constantemente por conhecimento e aprendizado. Quem não investe em qualificação, por exemplo, acaba inevitavelmente ficando sempre um passo atrás da concorrência — por sua vez, cada vez mais qualificada, mantendo um alto nível de competitividade no mercado.

Para conseguir uma recolocação e mudar de profissão, é ideal que o profissional procure aperfeiçoar ainda mais os seus conhecimentos. Isso, inclusive, deixa de ser um diferencial e se faz necessário quando a sua nova área de atuação é totalmente diferente daquela na qual você atua ou costumava atuar. Dessa forma, você garante a preparação necessária para atender com excelência às demandas da atualidade.

Além disso, é se matriculando em um curso que você aumenta as chances de encontrar outras pessoas que já atuam na área desejada, ampliando o seu networking e coletando ainda mais informações sobre o mercado e sobre a nova profissão. Tudo isso pode ser feito mesmo optando por um curso a distância, extremamente vantajoso para quem quer obter um melhor custo x benefício.

O que é preciso para mudar de profissão?

Muitos aspectos devem ser considerados nesse momento de transição. Além de identificar os seus motivos para mudar de profissão e entender que uma qualificação é necessária para estar devidamente preparado para os seus próximos desafios, é necessário também reconhecer a importância de uma boa base financeira para seguir em frente.

Ter um “pé de meia” para arcar com as despesas fixas e possíveis imprevistos é muito importante na fase de transição profissional. Contando com uma boa reserva financeira, você evita ser pego de surpresa ou passar apertos, portanto, planeje-se bem antes de agir.

É também crucial se dedicar à pesquisar e procurar informações detalhadas a respeito da nova profissão. Entender como funciona o dia a dia daquela função e quais são os seus principais desafios vai ajudá-lo a compreender se é, ou não, o que você realmente quer. Além disso, dê uma olhada na situação atual do mercado para aquela área e troque informações com profissionais que já estão há algum tempo no campo.

Por fim, uma dica de ouro é eliminar todas aquelas crenças limitantes (como “será que sou velho demais para mudar de profissão”, entre outras), impedindo que isso crie obstáculos entre você e a sua satisfação profissional. O medo de errar também não pode ser um impeditivo para a mudança. Com foco, dedicação, planejamento e otimismo, você certamente conseguirá o que deseja.

Como foi possível perceber, mudar de profissão, independentemente do motivo, não precisa ser um bicho de sete cabeças. Para tornar esse processo o mais fácil possível, abrindo sempre oportunidades para a recolocação no mercado, leve em conta os aspectos que mencionamos ao longo do post. Dessa forma, saiba que o caminho para o sucesso estará mais próximo do que você imagina.

Por falar em sucesso, lembre-se de que contar com uma qualificação faz toda a diferença para quem quer mudar de profissão, sobretudo quando o novo objetivo envolve uma área de atuação diferente. Entre em contato conosco agora mesmo e conheça as nossas opções!

 



Nosso App

Nossas Redes Sociais