Conheça 7 formas de ler livros online de graça

  • 27/abr/2017

Conheça 7 formas de ler livros online de graça

Um dos inúmeros benefícios que a internet trouxe para nossa vida foi a facilidade de acesso à informação. Hoje temos, a um clique de distância, bibliotecas inteiras, obras em domínio público e livros online disponíveis para leitura e download. É só saber como encontrá-los!

O que acontece é que muitos ainda desconhecem essas fontes, e acreditam que a única forma de obter conhecimento é via livrarias ou bibliotecas físicas. Se você pensa assim, prepare-se para conhecer o mundo das publicações digitais.

Acha que leitura é algo dispendioso? Então acompanhe nossas dicas sobre as formas de acesso a livros gratuitos!

1. Bibliotecas digitais

Essa é uma das maravilhas possibilitadas pela tecnologia. Há milhões de livros publicados no mundo e diversas bibliotecas que se dedicam a armazená-los, cuidando para que as pessoas de sua localidade tenham acesso a eles. Em contrapartida, atualmente cresce o número de bibliotecas que digitalizam seu acervo, no intuito de disponibilizá-lo a um público muito mais amplo.

A vantagem é que você pode estar em qualquer parte do mundo e se beneficiar das obras digitalizadas (que geralmente podem ser baixadas em formato PDF), bastando, para isso, ter um computador, tablet ou smartphone e uma conexão razoável à internet. Aqui no Brasil, saiba que muitas instituições se dedicam a socializar o conhecimento impresso por meio da web.

Alguns exemplos são a Biblioteca Átila Almeida — UEPB, a Biblioteca do Supremo Tribunal Federal, a Biblioteca Digital do Museu Nacional — UFRJ, a Biblioteca Digital Paulo Freire e a Biblioteca Brasiliana de Guita e José Mindlin.

Já em âmbito internacional, temos a Biblioteca Digital Mundial, que conta com obras variadas (entre fotografia, cartografia e muitos livros históricos), além da possibilidade de pesquisa em português, a Many Books e a Bibliomania.

2. Livros online em domínio público

Você já ouviu falar das “obras em domínio público”? Trata-se de um conjunto de obras consideradas de interesse público e que estão livres de direitos patrimoniais ou autorais, podendo ser reproduzidas e disponibilizadas gratuitamente.

No Brasil, tais materiais (que incluem livros, fotografias, partituras e invenções diversas) adquirem esse status de três maneiras:

  • Setenta anos após o falecimento de seu autor;
  • quando o autor é desconhecido;
  • quando o autor não deixou sucessores.

Cada país, no entanto, tem sua própria lei em relação a esse processo.

Você pode conferir a Biblioteca Digital de Domínio Público Brasileira, cujo acervo conta com mais de 200 mil obras, que vão de Sócrates a José de Alencar.

3. Google Books

O Google Books é uma ótima forma de acessar livros digitalizados, tanto gratuitos quanto pagos. Ao pesquisar sobre um assunto ou autor (como faz na ferramenta de busca tradicional), em vez de ser direcionado para websites e blogs, você terá como resultado uma lista de opções de livros online.

Nos casos em que o livro é pago, você terá acesso a uma prévia dele e poderá decidir se a aquisição vale a pena.

4. Google acadêmico

Da mesma forma que o Google Books facilita a busca por livros digitalizados, o Google Acadêmico possibilita o acesso a artigos, teses e títulos acadêmicos em geral. É uma fonte muito utilizada por universitários e pesquisadores que precisam ter amplo acesso a periódicos e publicações específicos que, muitas vezes, são raros na forma impressa.

A ferramenta também permite que você tenha uma ideia das publicações em português sobre determinado assunto, além de indicar artigos e livros relacionados.

5. Google Play e iBook

Outra opção para quem tem o sistema operacional Android no celular é o Google Play, aplicativo que o levará a uma biblioteca virtual de e-books. Há, nele, uma categoria chamada “Grátis e Popular”, na qual você encontra várias opções gratuitas, especialmente do gênero ficção.

Para iPhones e outros aparelhos da marca Apple, há o concorrente do Google Play: o iBooks. Também se trata de um aplicativo por meio do qual é possível selecionar e baixar livros digitais. Você também pode instalar um aplicativo suporte, chamado eBook Search, que o levará a um catálogo inesgotável de opções grátis.

6. Audiolivros

Não se trata da forma mais convencional de conhecer uma obra, mas é uma opção que está ganhando adeptos rapidamente. Como o próprio nome revela, o texto é lido (às vezes, até interpretado) por alguém — as narrações variam de profissionais até amadoras — e você pode escutá-lo em aparelhos diversos.

Esse recurso já existe no YouTube há algum tempo. Lá, há muitos títulos, especialmente no gênero ficção. Já em solo nacional, temos o projeto Universidade Falada, que disponibiliza muitos audiolivros.

A vantagem de um audiolivro é que você pode aproveitar momentos que costumam ser improdutivos (como ficar parado, em carro ou ônibus, no trânsito), para ouvi-lo. Trata-se de uma ótima maneira de estudar.

7. Amazon.com

A Amazon é uma grande empresa de comércio eletrônico que possui um acervo gigantesco de obras digitais, nos mais variados formatos. Geralmente, esses livros são direcionados para a plataforma Kindle e são pagos, ainda que o preço seja bem mais baixo que os praticados no mercado de impressos.

Há, porém, muitas obras gratuitas nos mais variados gêneros. É preciso apenas efetuar um cadastro para ter acesso às opções ofertadas. Uma alternativa que já chegou ao Brasil é o Kindle Unlimited, em que você pode se tornar membro (pagando uma taxa mensal) e ter acesso a mais de um milhão de e-books.

Se você nunca teve uma experiência com obras digitais, vai se surpreender com a facilidade de aquisição e leitura dessas mídias. Tanto por meio dos aplicativos que mencionamos, quando nas próprias ferramentas de busca, em menos de cinco minutos você poderá ter em seu aparelho a obra de seu interesse.

Os livros online tornam a vida de estudantes de cursos EaD (Ensino a Distância), por exemplo, muito mais econômica e ágil, além de garantir que esses alunos mantenham a flexibilidade de um curso a distância, não sendo forçados a se deslocar até uma biblioteca universitária física.

Você é amante da leitura e não vê a hora de começar a explorar as opções online e gratuitas que listamos aqui? Aproveite e nos siga nas redes sociais — Facebook, LinkedIn e Twitter. Assim, você estará sempre por dentro de tudo que disponibilizamos!






Nosso App

Nossas Redes Sociais