Saiba como uma pós-graduação pode acelerar a sua mudança de carreira!

  • 11/jul/2019

Saiba como uma pós-graduação pode acelerar a sua mudança de carreira!

Tempo de Leitura: 4 minutos

Muitas vezes, transformações circunstanciais ou pessoais levam o advogado a considerar uma mudança de carreira. Nesse momento, é natural surgirem dúvidas em relação à decisão, ao futuro e à maneira de concretizar uma transição segura para uma nova área de atuação.

Por isso, ninguém precisa ficar constrangido, tampouco temer pelo sucesso profissional. As transformações em escolhas e preferências fazem parte da vida e não têm idade para acontecer. E, com planejamento e qualificação adequados, elas são uma grande oportunidade de revitalizar a satisfação com o trabalho.

A seguir, abordaremos o planejamento da mudança de carreira e como a pós-graduação pode conceder a preparação adequada e acelerar esse processo. Quer saber tudo sobre o tema? Então, não deixe de conferir!

Quais são as principais causas de mudança de carreira?

Escolhas e preferências podem mudar com o passar do tempo. Se uma área já não traz a mesma satisfação econômica ou pessoal de outros tempos, não há nada de errado em considerar a mudança. Até porque os reflexos da insatisfação podem prejudicar o valor entregue ao contratante e retirar a motivação para cumprir as tarefas do dia a dia.

Independentemente da idade ou do nível de estabilidade, escolher uma nova área de atuação pode ser o próximo passo na vida profissional. Quem se identifica com um ou mais dos motivos abaixo provavelmente se encontra nessa situação:

  • sentir problemas de saúde física ou mental relacionados ao trabalho;
  • perceber alterações relevantes no mercado, como quedas na demanda, saturação do segmento atual e oportunidades melhores em outras áreas;
  • não ver as expectativas concretizadas na prática;
  • não ter sucesso no segmento atual;
  • ter sofrido transformações em interesses, valores ou visão de mundo.

Vale ressaltar que é bastante comum o advogado escolher um segmento ao sair da faculdade em razão das oportunidades imediatas e, com o passar do tempo, migrar para as áreas em que há maior afinidade. Por ser um mercado competitivo, precisamos avaliar as possibilidades de cada momento, e o momento de mudar de carreira acompanha esse processo. 

Como mudar de carreira no Direito?

O advogado tem a vantagem de cada área do Direito ser um verdadeiro mundo. Assim, a mudança de carreira jurídica pode gerar excelentes resultados sem a necessidade de transformações radicais ou de investimentos em uma nova faculdade. Basta identificar os segmentos e buscar a qualificação necessária.

Não faltarão opções nesse sentido. Há ramos mais tradicionais, como Direito Penal, novos segmentos como Direito Desportivo, alternativas para atuar extrajudicialmente, como Mediação e Arbitragem, áreas reconhecidas pela boa rentabilidade, como Direito do Trabalho, entre outras oportunidades.

O principal desafio, normalmente, é voltar a estudar. A migração entre áreas jurídicas envolve a aquisição de conhecimentos sobre Direito Material e Processual, bem como sobre as características do segmento-alvo. Não à toa, a transição depende bastante da realização de especializações para ser bem-sucedido.

Igualmente importante é cuidar do aspecto financeiro. A mudança de carreira deve ser precedida de metas de economia e poupança, buscando a organização necessária para se qualificar, alterar os materiais de divulgação, realizar networking e demais objetivos que exigem recursos.

Como planejar a mudança de carreira?

O segredo para uma transição bem-sucedida é planejar todas as etapas e realizar uma migração gradual. Por isso, listamos passos importantes que podem facilitar a tomada de decisão e o processo de mudança para uma nova carreira. Confira:

Trace objetivos

Procure entender o que faz você se afastar da carreira atual e elabore uma lista com as características decisivas para escolher uma nova área. O que você pretende alcançar com a mudança? Quais são os ganhos em termos de energia, tempo, rendimentos e satisfação?

Pesquise novas áreas

Faça uma verdadeira imersão em diferentes áreas do Direito. Conversas com colegas, participação em eventos, leituras, cursos e workshops devem ter um horário reservado na sua agenda. A partir de então, compare as vantagens e desvantagens das opções disponíveis.

Considere a demanda 

Faça um diagnóstico das áreas escolhidas em relação ao mercado da região onde ocorrerá a atuação profissional, verificando se o investimento é sustentável. A decisão deve conciliar o interesse pessoal com as possibilidades reais de atuação.

Tenha calma

Mantenha as atividades atuais até estar seguro sobre a mudança. Uma saída impulsiva pode limitar os recursos disponíveis e, consequentemente, dificultar o ingresso na nova carreira. Além disso, o objetivo é não andar em círculos, mas tomar a decisão certa.

Faça uma transição gradual

Pense no processo como uma escalada: em vez de tentar subir de uma vez por todas, a expedição é divida em postos cada vez mais avançados até o cume. Marcos importantes a serem alcançados são os seguintes:

  • reserva financeira para despesas pessoais e do escritório;
  • qualificação técnica;
  • construção de um networking;
  • obtenção dos primeiros clientes;
  • estabilidade financeira na nova área.

Como o advogado pode atuar em diversas áreas, uma boa prática é trabalhar o projeto em paralelo às atividades atuais. Foque, primeiramente, em obter a qualificação e construir o seu networking; posteriormente, abra mão das demandas do segmento antigo na mesma proporção que surgem as do novo.

Como a pós-graduação pode ajudar nesse processo? 

As especializações em Direito são fundamentais para alcançar os marcos e ingressar em um novo segmento jurídico. A partir delas, o profissional pode entrar gradativamente em contato com a nova carreira, enquanto se qualifica e forma o seu networking profissional.

A consequência disso é ter um plano claro para chegar ao destino. A pós-graduação fornece a qualificação nas questões de Direito Material e Processual, e as melhores instituições trabalham alinhadas com as demandas profissionais, permitindo um maior entendimento sobre o mercado aos alunos.

Há, ainda, a redução dos riscos e da incerteza que envolvem o processo. Ao entrar em contato com os assuntos e discussões durante o curso, você terá clareza se, de fato, aquela é a escolha mais adequada para sua carreira. Em caso negativo, é possível migrar para outra opção até encontrar o caminho ideal, poupando dores de cabeça.

Por fim, ter uma pós-graduação representa também uma vantagem competitiva. Em vez de bater as portas do mercado como um novato naquele segmento, o currículo profissional receberá um novo significado com o título de especialista. 

Logo, buscar uma especialização é um importante mecanismo para acelerar a mudança de carreira, criando as condições para que o advogado alcance todas as etapas e facilitando seu ingresso no mercado-alvo.

Para se aprofundar ainda mais no tema e saber como construir o sucesso profissional pós-mudança, baixe o nosso e-book “Como ser um expert em Direito” e complemente a sua leitura!

 

Precisa de mais informações?

Preencha seus dados que um consultor irá entrar em contato com você