O que é realmente ser proativo no trabalho?

  • 04/out/2017

O que é realmente ser proativo no trabalho?

Entender o que é ser proativo no trabalho é essencial para aqueles que querem crescer profissionalmente e se destacar no mercado. Essa é uma das qualidades mais buscadas pelas empresas no momento de contratar seus empregados.

Atualmente, é raro encontrar um profissional que tenha atitude, capaz de resolver problemas por conta própria. A maioria das pessoas apenas permanecem inertes, esperando ordens para se movimentarem. Essa falta de iniciativa é prejudicial ao desenvolvimento pessoal, fazendo com que o empregado permaneça sempre na mesma posição, sem nunca se destacar.

Para compreender melhor o que significa ser proativo e como isso pode ajudar a progredir na carreira, continue a leitura deste artigo!

O que significa ser proativo?

A proatividade é a capacidade de antecipar situações, estando preparado para lidar com elas antes mesmo de acontecerem. Assim, é possível antever um problema e planejar sua solução de forma independente, sem que ninguém precise lhe dizer o que fazer.

O profissional proativo é aquele que não espera ordens para se movimentar. Ele vê uma torneira pingando e, ao invés de procurar seu superior para saber o que fazer, fecha-a por conta própria.

Um empregado de atitude consegue criar projetos inovadores por iniciativa própria, capazes de ajudar a empresa, e está sempre disposto a ajudar seus colegas sem que ninguém precise lhe pedir.

O profissional proativo também está constantemente se aprimorando, estudando e treinando para se destacar em sua área. É alguém que está sempre em ascensão profissional, muito à frente dos seus colegas de trabalho.

Por que é importante ter atitude e iniciativa?

A proatividade é uma das qualidades mais procuradas pelos empregadores. Os diretores de uma empresa esperam que seus subordinados tenham o mínimo de independência e sejam capazes de apresentar resultados e soluções para problemas antes mesmo de serem requisitados para isso.

Ficar esperando orientações para realizar alguma tarefa é cansativo e prejudicial à própria empresa. Afinal, os chefes nem sempre estão por dentro de todas as atividades do seu ambiente de trabalho. Por isso, a proatividade é um diferencial entre os empregados.

Aquele que não espera ordens para solucionar adversidades demonstra que é uma pessoa de atitude, com características de liderança. Além disso, a proatividade também demonstra que a pessoa conhece a estrutura do lugar em que trabalha e tem dedicação e comprometimento com seu ofício, gerando admiração e reconhecimento por parte dos seus colegas e superiores.

No momento de uma promoção, são esses profissionais proativos que disputarão o topo da lista, enquanto aqueles sem iniciativa permanecerão sempre em seus cargos menores, com risco até mesmo de perderem o emprego.

Quais são os limites da proatividade?

Apesar de ser uma qualidade extremamente positiva, a proatividade também tem seus limites. É preciso tomar cuidado para que a iniciativa no ambiente de trabalho não se torne uma atitude inconveniente, que acabe atrapalhando seu desenvolvimento profissional.

Exagerar na proatividade pode gerar antipatia perante seus colegas de trabalho. As pessoas tendem a desconfiar daquele que deseja mostrar muito serviço e chamar atenção o tempo todo. O objetivo da proatividade é gerar resultados, e não apenas reconhecimento por si só.

Para entender esses limites, fique atento aos seguintes pontos:

Ajude sempre, mas quando for necessário

Ser proativo significa contribuir apenas nos momentos em que for necessário. Se existe algum problema que ninguém notou na empresa, ajude a solucioná-lo. Porém, se não existe nada a ser resolvido, então não há necessidade de se movimentar.

Ficar procurando soluções para problemas inexistentes é um erro grave, capaz de deixar seus colegas e superiores irritados. Com o tempo, essa atitude fará com que você acabe perdendo o respeito de todos eles.

Permaneça em sua alçada

Dar opinião em questões que não são de sua competência pode ser um tiro no pé. Além de ficar parecendo pedante aos olhos dos outros, tudo o que você disser passará a ser desconsiderado.

Se o seu conhecimento em uma área é superficial, evite dar palpites sobre o assunto. O ideal é permanecer apenas em seu campo de responsabilidade e deixar que os outros façam o trabalho deles.

Seja você mesmo

Tenha calma, não é preciso ficar aflito para chamar atenção e se destacar. Tenha um pouco de personalidade e seja você mesmo. Com iniciativa e atitude, sabendo os momentos certos de se apresentar para resolver um problema ou realizar uma tarefa, você vai acabar se destacando naturalmente.

Como já diz o ditado: a pressa é inimiga da perfeição. Então tenha calma, pois o sucesso virá com o tempo!

Como ser proativo no trabalho?

Agora que você já sabe o que não deve ser feito, é hora de entender exatamente o que é ser proativo no trabalho. Veja a seguir alguns exemplos que podem ajudá-lo a se tornar uma pessoa com mais iniciativa e, consequentemente, destacar-se no mercado de trabalho:

Não espere por ordens

Ter iniciativa é a qualidade máxima de um profissional proativo. Não espere que seu chefe lhe diga o que fazer. Realize tarefas importantes que estão paradas antes que alguém lhe peça para fazer isso e planeje soluções para problemas que sequer foram descobertos ainda.

Invista em si mesmo

Um empregado que se preocupa com sua ascensão profissional está constantemente investindo em si mesmo, seja com cursos profissionalizantes, pós-graduação ou treinamentos. Quanto mais qualificado você for, mais oportunidades surgirão.

Seja pontual

Uma pessoa proativa está sempre à disposição de quem precisar da sua ajuda. Portanto, seja sempre pontual no seu trabalho e preveja os momentos em que será requisitado para alguma tarefa, estando sempre preparado para essas situações.

Conheça a empresa

Ter um bom relacionamento com seus colegas e superiores é essencial para aquele que quer se destacar. Conhecer a estrutura da empresa e todo o seu funcionamento permite que certas decisões sejam tomadas de forma independente, e isso demonstra dedicação e comprometimento com seu trabalho.

Fale apenas o necessário

Ser proativo não quer dizer que você deve dar sua opinião sobre todos os assuntos o tempo todo. Pelo contrário: o profissional capaz de ser objetivo e sucinto é aquele que mais se destaca! Portanto, nunca seja prolixo ao dar sua opinião ou apresentar sugestões.

Acima de tudo que mencionamos aqui, é importante que você se concentre em ser um bom profissional. Mostre do que você é capaz e faça a diferença para sua empresa. Agora que você entende o que é ser proativo no trabalho, tudo ficará mais fácil!

Para saber mais sobre o que as empresas procuram em um profissional e descobrir o que é necessário para se destacar no mercado de trabalho, baixe o nosso e-book e comece a investir em seu crescimento profissional agora mesmo!