Especialização em Enfermagem: suba na carreira apostando nos estudos

  • 02/mar/2018

Especialização em Enfermagem: suba na carreira apostando nos estudos

A crescente competitividade nos mercados de trabalho faz com que as pessoas tenham que se preparar cada vez mais para conseguir boas oportunidades. Para os enfermeiros, essa também é uma realidade, e fazer uma especialização em Enfermagem pode ser uma das melhores alternativas para se dar bem na carreira.

Além de ajudar a definir uma especialidade específica — o que é um diferencial para o profissional —, trata-se de uma grande chance de aprofundar os conhecimentos, adquirir mais prática e ampliar as possibilidades de atuação.

Mas será que vale mesmo a pena? Continue a leitura deste post para ficar por dentro do assunto!

Por que fazer uma especialização em Enfermagem?

A área da saúde é extremamente relevante em qualquer lugar do mundo, e os enfermeiros exercem um papel fundamental. O contato direto com os pacientes é um dos fatores que os tornam profissionais muito especiais.

Por isso, é preciso que eles tenham profundo conhecimento daquilo que fazem, sobretudo para evitar erros e deslizes — o que, muitas vezes, podem fazer toda a diferença para a vida de alguém.

Logo, é possível citar alguns dos principais pontos que levam à necessidade de fazer uma especialização em Enfermagem, como:

  • garantir maior confiança na prática diária da profissão, firmando-se como um profissional mais responsável e competente;

  • diferenciar-se de outros tantos enfermeiros que se formam todos os anos e estão lutando por uma vaga no mercado trabalho;

  • conviver com profissionais bem capacitados, que são capazes de contribuir significativamente na sua formação;

  • definir uma área mais específica para estudar e trabalhar, que traga ainda mais prazer e boas oportunidades;

  • passar em processos seletivos ou concursos que exijam esse tipo de formação “extra”;

  • investir na carreira, conseguir melhores vagas e, consequentemente, melhores salários.

Quais as possibilidades de atuação do profissional?

Depois de reconhecer a importância de fazer uma especialização, pode ser que surjam outras dúvidas relacionadas às diversas possibilidades de atuação que um enfermeiro possa ter.

Nesse aspecto, engana-se quem acha que é preciso passar toda a vida trabalhando dentro de um hospital. Na verdade, há outras alternativas tanto na rede de saúde pública como na privada.

Por exemplo, é possível dedicar-se à carreira acadêmica em escolas e universidades. Além de ministrar aulas práticas e/ou teóricas, um enfermeiro pode orientar projetos de pesquisa, desenvolver estudos científicos, entre outros.

Trabalhar na indústria também é um outro caminho, como no setor de equipamentos médicos. Muitas empresas buscam pessoas especializadas no assunto para ajudarem no desenvolvimento dos seus produtos.

Para citar ainda mais duas possibilidades que têm crescido muito nos últimos anos, podemos falar do Home Care e da Enfermagem do Trabalho. O primeiro é um tipo de prestação de serviço (atendimento domiciliar) que tem sido muito requisitado, seja para atuar em clínicas especializadas ou na própria casa do paciente.

Como sabemos, o aumento da expectativa de vida gerou também um maior número de idosos — um tipo de perfil que costuma precisar de cuidados e atenção no dia a dia. Muitas vezes, os familiares não têm disponibilidade para fazer isso e, portanto, precisam contratar pessoas capacitadas para tal.

Já no caso da saúde do trabalhador, as leis e exigências do governo fizeram com que as empresas se preocupassem cada vez mais com a manutenção do bem-estar dos seus funcionários. Isso quer dizer que os enfermeiros podem contribuir com a promoção da qualidade de vida nesses ambientes.

Que tipos de cursos estão disponíveis no mercado?

Por fim, é importante conhecer quais tipos de cursos podem garantir a você uma formação especializada. Vale ressaltar que a escolha de uma boa instituição de ensino é um dos primeiros passos que você deve garantir antes de tomar a sua decisão.

Outro detalhe relevante é refletir sobre suas afinidades e pesquisar um pouco como anda o mercado de trabalho, afinal, há diversas especializações disponíveis e escolher uma delas pode não ser tão fácil. Veja a seguir algumas das mais conhecidas:

Enfermagem do Trabalho

O intuito do curso é capacitar profissionais para atuar em Comissões de Saúde e/ou Segurança Laboral em instituições públicas e privadas. Outra possibilidade do enfermeiro do trabalho é abrir uma empresa para prestar consultorias especializadas.

Para isso, deve estudar temas como Prevenção de Acidentes, Saúde Mental no Trabalho, Doenças Ocupacionais, Gestão de Resíduos e Meio Ambiente, entre outros.

Enfermagem em Pediatria e Neonatologia

Nesse curso, o foco são as crianças e suas famílias — com destaque especial para os recém-nascidos, afinal, é preciso oferecer todo o suporte necessário após o nascimento de um bebê.

Esse tipo de especialidade costuma ser bem requisitada pelos hospitais e instituições de saúde, e a procura por enfermeiros para partos humanizados e naturais também tem crescido muito.

Enfermagem em Psiquiatria e Saúde Mental

Ajudar pacientes com dificuldades ou distúrbios mentais é outra missão que demanda preparo. As reações podem ser imprevisíveis, o que torna essa tarefa um pouco mais complexa.

Portanto, para quem tem interesse na área, nunca é demais aprofundar os estudos na Saúde Mental tanto de adultos como de crianças, adolescentes e idosos. Outra questão importante nesse contexto é entender mais sobre os tratamentos para dependência química.

Enfermagem em UTI

Os desafios de atuar em uma Unidade de Terapia Intensiva normalmente exigem maior capacitação do profissional. O paciente em estado crítico deve receber os melhores cuidados para aumentar as chances de sucesso do seu tratamento.

Logo, quem deseja ingressar nessa área deve procurar uma especialização como essa para saber lidar melhor com situações de alta complexidade.

Enfermagem Oncológica

O tratamento dos mais diversos tipos de tumores cancerígenos também requer cuidados especiais, sobretudo para lidar com esse momento difícil da vida do paciente e da sua família.

Por isso, é bom contar com um especialista oncológico que possua capacitação para prestar assistência em casos de Oncologia Clínica, Cirúrgica e Cuidados Paliativos.

Enfermagem em Geriatria e Gerontologia

Aprender mais sobre Anatomia e a Fisiologia do Envelhecimento é um dever para quem deseja trabalhar com idosos. O bem-estar nessa fase da vida pode necessitar um atendimento especial e individualizado.

Então, a especialização garante que o enfermeiro se capacite para dar melhor suporte aos pacientes da terceira idade, oferecendo mais conforto, segurança e atenção para eles.

Enfermagem em Ginecologia e Obstetrícia

Outra especialização muito reconhecida no mercado, a Enfermagem Obstétrica e Ginecológica tem grande relevância ao desenvolver um olhar mais crítico e sensível à condição de gestante de uma paciente.

Lidar com todas as suas dúvidas, inseguranças e desconfortos até o momento do pós-parto é realmente uma função encantadora — que só quem trabalha com isso seria capaz de descrever.

Mas vale lembrar que esses são apenas alguns dos cursos oferecidos na área de Enfermagem. Há ainda outras opções como nos segmentos de Dermatologia, Radiologia, Cardiologia, Neurologia, Gestão, entre outros.

Conseguiu entender mais sobre especialização em Enfermagem? Então, aproveite para visitar a nossa página e conhecer todos os nossos cursos na área. Não perca a oportunidade de investir na sua carreira!

 






Nosso App

Nossas Redes Sociais