O que você precisa saber sobre coaching

  • 15/fev/2018

O que você precisa saber sobre coaching

Você provavelmente já se deparou alguma vez com o termo coaching nos dias de hoje, não é mesmo? Em constante expansão no Brasil, o coaching é procurado não só por pessoas que desejam ser beneficiadas pelo processo — o qual explicaremos adiante —, mas também por aqueles que desejam se formar na área, tornando-se, assim, coaches das mais diferentes áreas.

Contudo, você já parou para conhecer exatamente o que é e como funciona o coaching? É pensando nisso que, no artigo de hoje, abordaremos as principais informações que você precisa saber sobre o assunto, apontando também quais os tipos de coaching e como se formar na área com especialização. Ficou interessado? Continue conosco e boa leitura!

Afinal, o que é coaching?

O coaching é, de modo geral, um processo de desenvolvimento e autoconhecimento humano voltado para a realização de objetivos, sejam pessoais, profissionais, financeiros, espirituais, entre outros. Por meio dele, o coach (profissional habilitado para o coaching) acompanha o coachee (pessoa que se submete ao coaching), estimulando-o a despertar os seus potenciais internos.

Para isso, o método utiliza uma série de recursos pautados em diversas técnicas, conhecimentos e ciências, como psicologia, neurociência, recursos humanos, gestão de pessoas, administração e planejamento estratégico, por exemplo.

Existem várias teorias sobre a origem do termo coach no contexto do desenvolvimento de pessoas. Uma delas aponta que ele possui ligação com o verbo em inglês coax, que em português pode ser traduzido como “persuadir”.

Contudo, o que realmente se sabe de maneira comprovada é que o coaching é capaz de produzir mudanças positivas, significativas e duradouras nas pessoas em um espaço curto de tempo.

Ele tira o coachee de seu estado atual e leva-o efetivamente ao estado desejado, permitindo que ele quebre barreiras, embarque em um processo de construção de autoconfiança e, assim, atinja o seu potencial máximo. O resultado de tudo isso, como você pode imaginar, é que as metas e objetivos do indivíduo são eventualmente alcançados.

Como ele funciona?

Após compreender como o coaching ocorre na teoria, chegou a hora de conhecer como esse processo funciona na prática.

Como mencionamos, o coaching visa tirar o coachee de seu estado atual, com o qual ele não se encontra completamente satisfeito. Esse estado é identificado por meio de perguntas baseadas nas ciências já apontadas.

As informações colhidas são, então, fatores limitantes para a criação de um plano de ação, que levará o indivíduo para onde ele deseja estar. É função do coach, dessa forma, conduzir o seu cliente do estado 1 (atual) ao estado 2 (desejado), por um caminho curto e sem atalhos.

Devido à sua eficácia, o coaching é utilizado por profissionais conhecidos e das mais altas perfomances, como CEOs, empresários, artistas e esportistas. Aqui, alguns bons exemplos são:

  • Eric Schmidt, presidente da Google;
  • Oprah Winfrey, apresentadora norte-americana;
  • Vitor Belfort, lutador de UFC.

Quais os diferentes tipos de coaching?

Embora diferentes vertentes do coaching vêm surgindo nos dias de hoje, podemos apontar como as principais:

Coaching de vida

O coaching de vida (também conhecido como life coaching) auxilia o coachee a resolver questões relacionadas à sua vida — tanto pessoal quanto profissional —, entendendo a forma como ele se relaciona com seus problemas e, também, como poderia enfrentá-los.

Trabalhar essas e demais questões ao longo do processo faz com que o indivíduo seja capaz de projetar uma vida equilibrada e satisfatória, alcançando os seus sonhos e objetivos de forma eficaz.

Coaching de relacionamentos

Nessa modalidade, coach e coachee identificam juntos possíveis traumas e/ou bloqueios emocionais que prejudicam os relacionamentos do coachee. Esse processo pode ser voltado para qualquer tipo de relação, como com o cônjuge, com os pais, com os filhos, ou até mesmo com amigos.

Coaching de carreira

Ao longo do coaching de carreira, o coach tem a missão de ajudar os clientes a encontrarem coragem para avançarem em uma nova carreira (o que é conhecido por transição profissional) ou até mesmo reencontrar a paixão que perderam pelo trabalho que realizam.

Assim, o coachee tem a oportunidade de melhorar o seu status profissional já que serão identificadas aquelas atitudes que limitam o seu desempenho.

Coaching executivo

Não é segredo algum que o mercado de trabalho atual está cada vez mais exigente, demandando dos profissionais — especialmente daqueles que ocupam cargos de liderança — um grande número de competências e habilidades indispensáveis para lidar com as necessidades das empresas.

De modo a desenvolver essas técnicas e competências, o coaching executivo consegue provocar mudanças de impacto positivo nesses profissionais, alinhando-os à missão da organização em que trabalham e também aos seus objetivos.

Como saber se você precisa de coaching?

O coaching pode ser uma boa opção em qualquer momento de nossas vidas. Contudo, é comum que as pessoas busquem por esse processo quando:

  • não conseguem mais evoluir em suas carreiras;
  • estão cansadas de trabalhar em um mesmo lugar;
  • precisam tomar uma grande decisão ou desejam tomar decisões melhores;
  • querem melhorar seus relacionamentos interpessoais;
  • possuem o desejo de se tornarem pessoas melhores.

Contudo, é preciso lembrar de que o coaching não é terapia. Terapia é a cura por meio da resolução de traumas e demais problemas do passado que acabam por afetar o presente. Já o coaching, por sua vez, tem como foco nossos objetivos futuros, promovendo o empoderamento, o autoconhecimento e o desenvolvimento humano no geral.

Como se formar na área com uma especialização?

Em algum momento deste artigo, você provavelmente deve ter se perguntado sobre o que é preciso fazer para se tornar um coach. Saiba que, para atuar como um e realmente fazer a diferença na vida do coachee, o auxiliando a se tornar e/ou conquistar aquilo que ele almeja, é necessário se formar na área com uma especialização.

Um curso EAD de especialização em coaching como o da Unyleya, por exemplo, ensina aos alunos os fundamentos de liderança e todas as práticas referentes à metodologia, de modo em que esse conhecimento, somado às suas formações pessoais e profissionais, possa fazer deles coaches amplamente capacitados.

Além disso, devido à parceria entre a Faculdade Unyleya e a Escola de Coaching de Brasília, é possível alcançar duas certificações profissionais ao fim da especialização: Professional Life Coaching e Professional Executive Coaching.

Pronto! Agora você já tem em mãos as principais informações sobre o que é e como funciona o coaching, entendendo como ele pode ser extremamente benéfico para o desenvolvimento humano.

Além disso, pode perceber que se tornar um coach significa estimular o potencial interno das pessoas, sabendo despertar nelas aquilo que mais desejam para si — e, por esse motivo, é mais que necessário contar com uma boa formação.

E você, gostou do artigo de hoje? Não deixe de compartilhar o post agora mesmo com seus amigos nas redes sociais!



Nosso App

Nossas Redes Sociais