Gestão de clínica veterinária: como se preparar

  • 01/out/2018

Gestão de clínica veterinária: como se preparar

A gestão de clínica veterinária engloba muitos desafios que vão além do cuidado com os animais. O profissional precisa ter conhecimento em administração de negócios, marketing e finanças para saber atrair, reter clientes e ter retorno financeiro.

Encarar esses desafios diariamente pode ser muito difícil quando não se tem o conhecimento necessário. Por isso, investir em cursos rápidos de capacitação pode ser uma oportunidade de fazer a clínica veterinária prosperar, sem perder a qualidade no atendimento. Confira os principais desafios dessa área e saiba como aperfeiçoar a gestão!

Principais dificuldades enfrentadas na gestão de clínica veterinária

Alguns problemas são comuns para quem tem uma formação específica em Veterinária e quer empreender em uma clínica. Isso ocorre devido à falta de experiência em administração de negócios e gestão de pessoas. Conheça as principais dificuldades nesse setor:

Planejamento estratégico

A rotina em uma clínica veterinária é muito corrida. Os donos dos animais de estimação chegam a qualquer hora para realizar uma vacina ou solicitar um exame mais aprofundado. Isso faz com que o empreendedor dê mais atenção aos procedimentos do que à gestão do negócio.

Contudo, é muito importante fazer um planejamento estratégico para determinar os objetivos em médio e longo prazo. Qual é a meta de faturamento por mês? A intenção é fazer a clínica crescer e oferecer serviços complementares? Tudo isso precisa ser pensado para traçar os caminhos a serem percorridos para alcançar as metas.

O ideal é criar um planejamento no início do ano e fazer um acompanhamento mensal para identificar quais aspectos precisam ser melhorados.

Marketing

Assim como qualquer outro serviço, a clínica veterinária precisa ter clientes. Com a concorrência cada vez mais acirrada, o empreendedor precisa desenvolver metodologias para atrair e reter consumidores.

Uma opção é investir em estratégias de marketing nas redes sociais. Plataformas como Facebook e Instagram têm muito apelo visual e dão a oportunidade do empreendedor criar posts gratuitos e pagos para promover o seu serviço.

As ferramentas podem ser utilizadas para transmitir dicas aos donos de pets referentes à alimentação adequada, importância da vacinação e cuidados com os animais. O empreendedor também pode anunciar promoções especiais e criar campanhas para atrair mais clientes.

É importante utilizar as plataformas para mostrar o conhecimento aprofundado na área e ganhar credibilidade. Assim, a clínica veterinária será lembrada quando o dono do pet precisar de ajuda.

Controle financeiro

Esse é um grande desafio para empresas de diversos segmentos. Todavia, é uma área que demanda muita atenção do empreendedor. Uma gestão financeira errada pode comprometer o sucesso do negócio e fazer a clínica fechar as portas.

Por isso, é muito importante conhecer os seus custos fixos e variáveis mensais, saber calcular a margem de lucro ideal e oferecer um preço justo para os seus produtos e serviços. Se esse cálculo for feito de forma errada, é possível que o empreendedor não ganhe dinheiro suficiente para pagar as contas básicas no final do mês, o que pode gerar um grande problema em médio e longo prazo.

Também é muito importante criar uma conta bancária própria para a clínica veterinária para separar as contas pessoais e jurídicas do empreendedor. Além disso, é necessário compreender que nem todo recurso que entra é lucro e que algum dinheiro precisa ser guardado para futuros investimentos na clínica.

Gestão de pessoas

A clínica veterinária precisa ter profissionais capacitados para as atividades que eles realizam. O atendimento de qualidade também é essencial, visto que isso influencia na decisão do proprietário do pet voltar, ou não, ao estabelecimento.

Portanto, o gestor precisa investir no treinamento dos colaboradores, ter uma conversa aberta com os profissionais e criar um ambiente de trabalho agradável, pois isso se reflete no atendimento ao cliente.

Visão de mercado

Um grande desafio para o gestor de clínica veterinária é compreender que isso é um negócio e precisa dar lucro. Caso contrário, a empresa não tem uma razão para existir. Sendo assim, é necessário acompanhar o que os outros estabelecimentos estão realizando para saber ofertar um produto ou serviço diferenciado, a fim de conseguir se destacar diante dos concorrentes.

Busca por conhecimento

A formação básica já não é suficiente em um mercado tão competitivo. O profissional precisa buscar capacitações constantes para entender sobre as boas práticas de gestão de clínica veterinária, novas tecnologias que surgem para facilitar o atendimento em consultório e técnicas de atendimento ao cliente.

Por esse motivo, é fundamental realizar cursos de especialização e participar de workshops e palestras para estar sempre atualizado sobre o mercado.

Como se preparar para esses desafios

Uma opção para quem precisa se aperfeiçoar na área é buscar uma especialização ou MBA em gestão de clínicas veterinárias. A Faculdade Unyleya desenvolveu um curso nessa área para fornecer mais conhecimento aos profissionais com nível superior que atuam em clínicas e consultórios. O pré-requisito para participar das aulas é a apresentação do diploma de conclusão do Ensino Superior.

O MBA é realizado na modalidade a distância, o que dá mais flexibilidade para quem precisa trabalhar e estudar ao mesmo tempo. O aluno realiza as aulas online, na hora em que tem disponibilidade. O curso é aprovado pelo Ministério da Educação e tem validade em todo o país.

Outra vantagem desse curso é o preço acessível e a possibilidade de realizar o pagamento em várias parcelas. Assim, o profissional consegue buscar uma capacitação sem prejudicar o seu orçamento no final do mês.

O MBA Executivo em Gestão de Clínicas e Consultórios Veterinários tem uma duração média de 9 meses e carga horária de 360 horas. As disciplinas estudadas são:

  • Auditoria e Gestão da Qualidade;

  • Empreendedorismo Público e Privado;

  • Gestão de Clínicas Veterinárias;

  • Gestão de Marketing;

  • Gestão de Pessoas por Competências;

  • Gestão Financeira e Legal;

  • Desenvolvimento Profissional;

  • Organização, Processos e Tomada de Decisão.

Enfim, buscar uma capacitação profissional é muito importante para quem atua com gestão de clínica veterinária. Ela dá orientações sobre administração financeira, gestão de pessoas e marketing para esse segmento do mercado.

Gostou das nossas dicas? Assine a nossa newsletter e receba mais conteúdos sobre gestão e empreendedorismo!

 



Nosso App

Nossas Redes Sociais