Língua Portuguesa e Pedagogia: saiba qual dos cursos escolher

  • 04/fev/2019

Língua Portuguesa e Pedagogia: saiba qual dos cursos escolher

A escolha da graduação não é uma missão nada simples — exige pesquisas, avaliações, autoanálise e cautela para não tomar a decisão errada. Quando você se depara com semelhanças entre dois cursos, fica ainda mais difícil saber por onde seguir. É o que acontece com os vestibulandos que ficam em dúvida entre as graduações de Língua Portuguesa e Pedagogia.

E você, sabe o que é estudado nesses cursos e quais são as áreas de atuação profissional? Se você também tem dúvidas e quer conhecer um pouco mais sobre as duas graduações, está na página certa! Não perca essa leitura e tenha mais certeza na hora de fazer sua escolha.

Língua Portuguesa

O que é estudado durante o curso?

O curso de Língua Portuguesa, ou Letras, é voltado ao estudo aprofundado do nosso idioma, incluindo estrutura linguística e literatura. A organização curricular da graduação reúne disciplinas que preparam o estudante para a leitura, interpretação, análise crítica e produção de textos de diversos tipos.

A graduação mergulha na Língua Portuguesa e a apresenta de maneira completa, explorando com detalhes os conceitos gramaticais, a construção do idioma, os dialetos, princípios históricos e culturais, as obras literárias e assim por diante. Veja algumas das disciplinas que fazem parte da matriz curricular do curso:

  • Comunicação e Linguagem;

  • Sociologia da Educação;

  • Educação e Diversidade Cultural;

  • Educação e Tecnologia;

  • História da Educação;

  • Psicologia da Educação;

  • Didática;

  • Filosofia e Educação;

  • Linguística;

  • Introdução à Literatura Grecolatina;

  • Libras;

  • Teoria da Literatura;

  • Teoria da Narrativa;

  • Literatura Latina;

  • Formação da Literatura Portuguesa;

  • Semântica e Estilística da Língua Portuguesa;

  • Teoria do Discurso Poético;

  • Literatura Brasileira até o Século XIX;

  • Morfossintaxe Diacrônica da Língua Portuguesa;

  • Língua Portuguesa: Análise da Produção Textual;

  • Literatura Brasileira do Século XX e Contemporânea.

Quais as áreas de atuação?

Você já ouviu alguém dizer que quem estuda Língua Portuguesa só pode trabalhar como professor? Muita gente faz essa afirmação, mas é uma ideia equivocada. Sim, o mercado de trabalho para o profissional dessa área é vasto no campo da educação. Contudo, as possibilidades são mais variadas do que se pode imaginar.

No cenário empresarial, o domínio linguístico é necessário para escrita e revisão de documentos importantes como e-mails, cartas comerciais, memorandos, notas para a imprensa, entre outros. Já o mercado editorial é outro contexto de trabalho com boas oportunidades para o profissional de Língua Portuguesa, que pode participar de todas as partes da produção: edição, redação, revisão e publicação.

As agências de marketing de conteúdo também surgiram como uma possibilidade de atuação para quem gosta de trabalhar com produção de textos. Seguindo essa mesma linha, você também pode seguir carreira como freelancer e se tornar um redator web, um revisor ou ainda desenvolver trabalhos acadêmicos e artigos técnicos de diferentes áreas de estudo.

Mas, se o seu objetivo é ser um professor você pode seguir muitas direções: concursos para escolas públicas; colégios particulares; cursinhos preparatórios para vestibular; e até se tornar docente em universidades. Sempre é válido mencionar a importância de uma pós-graduação para consolidar a carreira.

Pedagogia

Como é a graduação?

Os estudantes que optam pelo curso de Pedagogia recebem toda a capacitação necessária para atuar na área da educação. Ao longo da graduação, eles entram em contato com diversas teorias, estratégias e ferramentas de ensino e aprendizagem, a fim de que a prática pedagógica seja aplicada com eficiência.

Além de todo respaldo teórico e científico, os acadêmicos também passam pelos estágios — curriculares ou remunerados. Esse tipo de experiência é essencial para colocar os conhecimentos em prática, conhecer a realidade dos sistemas educacionais e se preparar para as atividades profissionais.

A organização curricular do curso de Pedagogia inclui as seguintes disciplinas — note que há algumas semelhanças com a grade da graduação em Língua Portuguesa:

  • Comunicação e Linguagem;

  • Sociologia da Educação;

  • Educação e Diversidade Cultural;

  • Educação e Tecnologia;

  • História da Educação;

  • Psicologia da Educação;

  • Planejamento Educacional;

  • Didática;

  • Filosofia e Educação;

  • Ensino Médio e Educação Profissional;

  • Currículo e Conhecimento Escolar;

  • Avaliação;

  • Libras;

  • Orientação Educacional e Orientação Pedagógica;

  • Educação de Jovens e Adultos;

  • Pesquisa em Educação;

  • Fundamentos da Educação Infantil;

  • Arte e Educação;

  • Gestão Educacional;

  • Ensino da Matemática;

  • Teoria e Prática da Alfabetização;

  • Dificuldades de Aprendizagem;

  • Educação Inclusiva.

Quais as possibilidades de carreira?

O pedagogo é o profissional com conhecimento aprofundado para trabalhar com métodos de ensino e aprendizagem em diversos contextos. Entre suas atribuições está a elaboração e implementação de projetos educativos, tanto em escolas quanto em outros cenários.

No âmbito escolar, o pedagogo pode ministrar aulas no ensino infantil, fundamental e médio, em colégios particulares ou na rede pública de educação. Esse profissional também pode lecionar em cursinho pré-vestibular, trabalhar com educação especial ou ainda se especializar no ramo de gestão e coordenação, para atuar no setor administrativo de escolas e faculdades.

Outros campos de trabalho para quem se forma em Pedagogia se distanciam bastante do conhecido cenário escolar. Hoje, o profissional dessa área pode ocupar diferentes espaços e desenvolver projetos em empresas, hospitais, instituições do terceiro setor, bibliotecas e brinquedotecas, entre outros.

O graduado em Pedagogia também pode prestar consultoria para indústrias de brinquedos e para empresas do ramo da Cultura e da mídia educativa. Outro mercado bastante interessante inclui as editoras, onde o pedagogo pode elaborar ou avaliar livros infantis e didáticos.

Como decidir entre Língua Portuguesa e Pedagogia?

Até aqui, você conheceu um pouco mais sobre os dois cursos e as possibilidades de atuação profissional. Há mercado de trabalho existe para ambas as opções. A faixa salarial não difere muito de uma graduação para outra, caso você queira seguir carreira como professor. Então, qual a melhor escolha? Pedagogia ou Língua Portuguesa?

A resposta para essa questão pode partir somente de você! Faça uma autoavaliação e perceba em qual área o seu perfil melhor se encaixa. Observe também suas aptidões e competências comportamentais, assim como seus objetivos e aspirações. Analise todos esses pontos e questione-se aonde você quer chegar.

Apesar de algumas semelhanças, os cursos de Língua Portuguesa e Pedagogia podem levar o profissional a contextos bem diferentes. Outro ponto que também pode ajudar nessa decisão é pesquisar sobre as especializações que existem em cada área. Dessa forma, você consegue enxergar mais à frente e delinear o seu caminho com clareza.

Nosso post ajudou você a compreender melhor as diferenças e oportunidades de cada graduação? Esperamos que sim! Para ter mais informações sobre curso superior, estudos e carreira, não se esqueça de assinar nossa newsletter!

 

Precisa de mais informações?

Preencha seus dados que um consultor irá entrar em contato com você

Nosso App

Nossas Redes Sociais