Curso de Defesa Cibernética: saiba por que se especializar na área

  • 04/maio/2020

Curso de Defesa Cibernética: saiba por que se especializar na área

Powered by Rock Convert
Tempo de Leitura: 4 minutos

O gerenciamento de informações digitais é uma prática necessária e usual em qualquer organização. Aliás, você deve concordar que os dados são um dos ativos mais valiosos de uma empresa. E como garantir a segurança desses registros? Essa é a função do profissional de TI. No entanto, o especialista que conta com o curso de Defesa Cibernética está ainda mais apto para cumprir essa tarefa.

A especialização pode guarnecer o profissional com conhecimentos, técnicas e ferramentas que otimizarão o seu trabalho e darão maior eficiência e segurança aos resultados da empresa.

Quer saber mais sobre Defesa Cibernética e entender como esse curso pode ajudar você a se destacar no mercado de trabalho? Confira nosso post e descubra!

Afinal, o que é defesa cibernética?

A defesa cibernética se refere a um conjunto de práticas que visam proteger servidores, computadores, sistemas eletrônicos, redes, dispositivos e dados de ataques de cibercriminosos — pessoas mal-intencionadas que atuam no mundo virtual. Esse conceito é bastante amplo e está relacionado a ações de prevenção e recuperação de desastres, além de conscientização de usuários.

Vale ressaltar que defesa cibernética e segurança da informação não são a mesma coisa. A primeira tem um campo de atuação mais restrito que o segundo, já que a defesa cibernética foca em tópicos relativos a invasões e vulnerabilidades de tecnologias (software ou hardware).

A segurança da informação, por sua vez, é mais abrangente. Além da própria defesa cibernética, esse conceito também inclui segurança cibernética, proteção de dados e até a segurança física dos registros. A ideia aqui é a implementação de estratégias que garantam confidencialidade, integridade, disponibilidade e autenticidade dos dados.

É importante distinguir esses dois conceitos, pois apresentam ações distintas, embora por diversas vezes compartilhem o mesmo campo de atuação.

Por que se especializar nessa área?

A segurança dos dados tem se tornado uma preocupação cada vez maior nas organizações. E não é sem motivos. O Brasil é considerado o 2º país no mundo em volume de perdas por ataques cibernéticos, segundo divulgado pelo Senado Federal. Em termos de segurança cibernética, ocupamos o 70º lugar, que não é nada bom.

Além disso, ataques bem-sucedidos em organizações importantes expõem a fragilidade de muitos sistemas que deveriam ser mais consistentes. Veja algumas manchetes recentes de grande repercussão:

  • hackers invadiram o sistema do Banco do Brasil e roubaram R$ 524 mil;
  • a prefeitura de Foz do Iguaçu foi invadida e os hackers capturaram dados pessoais do prefeito. Na página da assessoria de imprensa da cidade, os cibercriminosos inseriram uma mensagem de afronta à equipe de TI;
  • a Caixa Econômica sofreu uma tentativa de invasão que levou o banco a desconectar o sistema para não vazar dados de beneficiários de programas sociais.

Essas ocorrências provam que as empresas, públicas e privadas, são dependentes de profissionais capacitados para garantir a segurança dos seus dados e mitigar vulnerabilidades em seus sistemas. E a verdade é que eles buscam àqueles que sejam mais qualificados e que detenham os conhecimentos mais aprofundados e atualizados do setor.

Nesse cenário, o mercado ainda carece de profissionais especializados. Dessa forma, quem já está no setor e busca uma especialização sai na frente, não só por se destacar no mercado, mas também pela remuneração promissora.

Powered by Rock Convert

Segundo o Guia Salarial 2020 do Robert Half, a média salarial da área fica entre R$ 3.450 e R$ 18.000, dependendo do nível e cargo ocupado e porte da empresa — e uma das vantagens da pós em Defesa Cibernética é o aumento de chances de progressão na carreira.

O que se estuda na pós em Defesa Cibernética?

O curso de pós-graduação em Defesa Cibernética ajuda o profissional a desenvolver competências técnicas para identificar e avaliar crimes virtuais e buscar estratégias para dar maior segurança em ambientes digitais. Além disso, estará a par de tendências e ferramentas para aplicar a computação forense como suporte a investigações de crimes cibernéticos.

Para isso, estudará disciplinas como:

  • Segurança em Sistemas da Informação;
  • Gestão de Riscos e Ameaças;
  • Sistemas Criptográficos, Biométricos, Direito Digital e Responsabilidade Civil na Questão da Monitoração Eletrônica.

Para quem este curso é indicado?

O curso de Defesa Cibernética é destinado a profissionais de TI que atuam como gestores de tecnologias, engenheiros de sistemas, analistas de sistemas, desenvolvedores, CIOs, peritos em segurança da informação, CSOs, entre outros.

Assim qualquer profissional que tenha o nível superior ligado à tecnologia da informação, segurança, direito e afins se interessa por essa especialização.

Será que dá certo estudar à distância?

Muitos profissionais já estão inseridos no mercado de trabalho e têm dificuldades em um curso presencial, que demanda investimento adicional de tempo e dinheiro. Por isso, muitas instituições fornecem a opção de cursar à distância. Quais as vantagens?

Uma plataforma dedicada e organizada para estudos

Na modalidade a distância, o aluno tem à disposição todo o conteúdo que ele precisa durante todo o curso. Assim, ele pode rever o material e sempre saberá onde encontrar as informações.

Mais flexibilidade

Um dos pontos altos do ensino a distância é a liberdade que se tem para estudar na hora e no lugar mais conveniente. Muitos profissionais já inseridos no mercado temem voltar aos estudos e não dar conta da rotina, pois precisariam perder tempo e ter despesas adicionais para se deslocar para a faculdade. Mas a pós a distância derruba essa barreira e faz o aluno otimizar sua rotina.

Além disso, a grande variedade de cursos de pós ou mestrado ajudam o profissional a optar pelas carreiras que mais se encaixam no seu perfil, sem ter a distância como impedimento.

Livre comunicação com colegas e docentes

A distância pode passar a ideia que os professores e demais profissionais que cursam a pós não vão interagir o suficiente para a troca de conhecimentos e experiências. Mas não é bem assim. As plataformas EAD sempre contam com tutores para dar feedback e suporte aos alunos. Fóruns também contribuem para o compartilhamento de ideias e para tirar dúvidas.

O curso de Defesa Cibernética prepara o profissional para uma das vertentes mais promissoras e necessárias da TI no cenário atual. A tendência é que esse tema seja cada vez mais importante nas organizações, especialmente pelas questões jurídicas e comerciais envolvidas.

Quer saber mais sobre como garantir a sua pós-graduação? Entre em contato conosco e tire todas as suas dúvidas!

Carreira de gestorPowered by Rock Convert
[eBook] Tecnologia da InformaçãoPowered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Precisa de mais informações?

Preencha seus dados que um consultor irá entrar em contato com você