Como fazer uma boa redação: 8 erros que você deve evitar

  • 05/jun/2019

Você sabe como fazer uma boa redação? Há quem acredite que apenas dominando profundamente o tema é possível compor um texto satisfatório, mas, na verdade, diversos fatores estão envolvidos nesse processo de produção e interferem na qualidade do material.

Dominar o tema é importante, mas não suficiente para você se expressar bem e colocar corretamente suas ideias no papel. Nossa atenção deve se voltar para outros pontos que são fundamentais em todas as redações independentemente do seu assunto. São eles que permitem nos expressarmos com clareza e sermos entendidos pelo leitor.

Estamos falando sobre gramática, estrutura, organização e outros que confundem muita gente e podem mudar completamente o sentido de um texto. Para que isso não aconteça com você, veja quais são os erros mais cometidos a fim de evitá-los e fazer uma excelente redação. Continue lendo e aprimore suas técnicas!

1. Fugir do tema

Independentemente se há uma proposta ou se você se dispôs a escrever sobre um determinado assunto, é essencial ser fiel a ele durante a produção. A fuga do tema é um dos piores erros que podem ser cometidos na hora de fazer uma redação.

Já no título é importante que o leitor saiba do que o texto trata, e isso precisa ser mantido ao longo dele. Afinal, a pessoa cria uma expectativa quando começa a ler, e o material produzido deve trazer informações relevantes sobre aquele assunto, para que de fato tenha uma boa qualidade e seja útil para quem lê.

2. Não fazer um rascunho

É natural querer terminar rapidamente o texto para conferir o resultado alcançado. Porém, se você quiser uma boa qualidade para sua composição, precisará ter um pouco de paciência para fazer finalizá-la. Nesse caso, evite escrever diretamente na folha final.

O ideal é compor um rascunho que deve ser baseado em um esqueleto. Isso significa definir os pontos que serão abordados na redação, criar subtítulos e fazer o desenvolvimento. Depois, revise, releia e, só então, finalize.

Desse modo você corrigirá erros, observará se a estrutura está boa, os argumentos adequados, a organização coerente e assim por diante. Escrever o texto como obra finalizada não é uma boa estratégia, porque, na maioria das vezes, ele precisará de ajustes.

3. Ser incoerente

Não há como fazer uma boa redação se você pecar na coerência das informações registradas nela. Afinal, é essencial que os argumentos façam sentido e tragam fatos ou dados verídicos e que não fujam do tema.

As incoerências são cometidas quando há contradições ao longo da redação, não temos certeza daquilo que estamos falando ou registramos informações erradas. Tudo isso demonstra falta de organização das ideias e de domínio do assunto, o que compromete a credibilidade do autor e a qualidade da sua produção.

4. Pecar na coesão

Um texto coeso é aquele que apresenta um bom encadeamento das ideias, frases e parágrafos, permitindo que sua estrutura fique bem organizada. Assim, a pessoa faz uma leitura mais fluida, e a mensagem é transmitida com sucesso.

Para não cometer erros de coesão, é preciso estruturar corretamente os períodos e parágrafos, além de empregar corretamente os artigos, pronomes, advérbios e conectivos. Conhecer diversos componentes de uma frase e suas funções permite conectar trechos sem cometer erros de concordância ou inadequações, evitando que a mesma palavra seja repetida muitas vezes.

5. Falhar na gramática e ortografia

Mesmo que você tenha excelentes ideias e argumentos e saiba como defendê-los corretamente, não há como escrever uma boa redação se não tiver conhecimentos satisfatórios de gramática e ortografia. Lembre-se de que existe uma norma culta da Língua Portuguesa e ela deve ser seguida.

Para que você adquira mais conhecimentos sobre isso, é importante estudar a normas gramaticais e cultivar o hábito de ler. Procure manter o máximo de contato possível com as produções escritas para observar as estruturas de períodos e textos completos. Isso também permite ampliar o seu vocabulário.

6. Compor frases muito longas

Se você tem muito a dizer sobre um assunto, isso é excelente! Mas tenha cuidado na hora de compor suas frases e parágrafos, porque há quem “se empolga” e acaba esquecendo de usar vírgulas e pontos.

Como resultado, os períodos ficam extensos demais, com muitas palavras, e isso pode dificultar o entendimento do leitor. Afinal, a frase começa falando uma coisa, e o pensamento se estende muito, até que a informação inicial se perca.

Então, procure se expressar em frases mais curtas e seja objetivo em suas informações. Desse modo, o leitor conseguirá acompanhar seu pensamento e não ficará perdido em meio às palavras. Além disso, períodos curtos evitam que você se confunda e crie um texto incoerente ou ambíguo.

7. Usar gírias e expressões populares

Com exceção dos textos que apresentam um estilo informal ou popular, o ideal é que gírias, e regionalismos sejam evitados. Lembre-se de que uma redação precisa seguir a norma culta da língua, respeitando a gramática.

Esses termos não estão errados, mas, em uma composição formal, são considerados inadequados. Eles podem interferir na compreensão do leitor e dificultar o entendimento, então, reserve seu uso apenas para produções que, de fato, permitam o seu uso.

8. Compor ambiguidades

A ambiguidade consiste em escrever uma frase, por exemplo, que traga informações que permitam uma dupla interpretação. Para entender melhor, seria dizermos que “o menino encontrou o amigo com fome”. Nesse caso, quem estava com fome? As duas situações são possíveis, não é mesmo?

Procure organizar as palavras de modo que não haja mais de uma opção, e use a pontuação a seu favor também. A vírgula pode fazer toda diferença na frase, bem como o uso correto de artigos ou pronomes.

Saber como fazer uma boa redação é essencial para que você expresse com sucesso suas ideias, defenda seus argumentos e seja claro ao fazer essa exposição. Lembre-se de respeitar a norma culta da língua, estruturar e organizar corretamente o texto, assim, sua produção será bem-sucedida, e a mensagem transmitida sem dificuldade.

Esses erros são muito comuns e atrapalham quem deseja passar no vestibular ou fazer um concurso. Por isso, compartilhe nossas dicas em suas redes sociais para que seus amigos se informem também!

 

Precisa de mais informações?

Preencha seus dados que um consultor irá entrar em contato com você