Connect with us

Especialize-se

Quanto ganha um assistente social? Descubra aqui!

quanto ganha um assistente social
Tempo de Leitura: 4 minutos

O trabalho do assistente social pode, muitas vezes, ser desafiador, principalmente se pensarmos nas adversidades que podem surgir no dia a dia desses profissionais. Contudo, existem cada vez mais pessoas exercendo essa função no Brasil, que além de ajudar a comunidade, traz uma sensação de gratificação e orgulho a quem a executa. 

O assistente social, como o próprio nome sugere, tem o papel de dar assistência aos grupos mais vulneráveis da sociedade, lutando pelo acesso a direitos básicos e à dignidade. Como consequência desse serviço, há um aumento da satisfação e da qualidade de vida das pessoas, o que torna essa profissão necessária e essencial para o bem-estar da população.

Ficou interessado em trabalhar nessa área? Neste post mostraremos como é o dia a dia nessa profissão, o que é preciso para seguir nesse mercado, quanto ganha um assistente social e como escolher uma boa graduação para se profissionalizar. Continue a leitura para conferir!

O que é um assistente social e qual sua atuação no mercado?

O papel de um assistente social é combater injustiças e garantir os direitos fundamentais às populações mais desamparadas. Por isso, é essencial saber qual é a área de atuação desse profissional no mercado e por que ele é tão importante para fazer “rodar as engrenagens” da sociedade. 

Veja a seguir as principais esferas de atuação de um assistente social: 

  • elaboração de projetos sociais justos e eficazes, visando à inclusão de grupos discriminados na sociedade; 
  • suporte, assessoria e consultoria em diversas instituições;
  • orientação da população em relação aos seus direitos e deveres sociais e legais;
  • elaboração de serviços e programas de educação para os jovens;
  • condução da avaliação socioeconômica de pessoas sem acesso a benefícios sociais para que essas consigam seus direitos;
  • prevenção das causas dos problemas estruturais de um grupo social, por meio de um trabalho psicológico.

Na prática, a principal atribuição desse profissional é criar, desenvolver, dirigir e implementar projetos para melhorar a qualidade da educação, dos empregos, das habitações, da saúde e da assistência básica oferecida aos cidadãos do nosso país.

A procura por assistentes sociais tem aumentado por conta das mudanças socioculturais ocorridas nos últimos anos. A preocupação com a qualidade de vida dos empregados no ambiente de trabalho, por exemplo, faz com que esse tipo de profissional seja cada vez mais requisitado pelas empresas.

Quais as habilidades essenciais desse profissional?

Para ser um bom profissional nessa área é preciso conhecer as leis de direitos e deveres, gostar muito de ler, ter facilidade para interagir e se comunicar com os outros, além de ter muita inteligência emocional para conseguir lidar com os desafios que essa profissão oferece.

Além do mais, é primordial ter bastante empatia e paciência para lidar com os diversos tipos de pessoas e as mais variadas situações que possam surgir no cotidiano. Portanto, um bom assistente social possui plena capacidade crítica, e sempre usa dessa habilidade para ajudar a melhorar a qualidade de vida dos menos favorecidos.

Qual a sua média salarial? 

Se a sua dúvida é quanto ganha um assistente social, saiba que a remuneração desse profissional pode variar, dependendo do nível de experiência e do setor em que ele trabalha, que pode ser público ou privado. Além do mais, existem boas oportunidades no universo corporativo, como na área de recursos humanos das empresas.

Segundo dados da plataforma Glassdoor, em maio do ano de 2022 o salário de um assistente social é de R$3.224, para trabalhar 44 horas semanais no regime da CLT. Vale lembrar que a experiência e a remuneração andam juntas, pois quanto maior a vivência desse profissional na área, maior será seu salário.

O que influencia na remuneração do assistente social?

Um fator para se levar em conta é que ainda não existe um piso salarial para essa função. Por isso, o salário de um assistente social pode variar conforme a experiência, a região onde mora e a função que exerce. Enquanto uma prefeitura do interior do Rio Grande do Sul paga R$1.699,00, por exemplo, uma capital pode chegar a pagar R$4.835,00 por mês.

Vale lembrar que, no âmbito público, as oportunidades e a remuneração são maiores do que no privado. As vagas estão disponíveis em diversos setores como em administrações municipais, estaduais e federais, em escolas, hospitais e até em conselhos de direitos e de gestão. Já no setor privado, existem vagas em centros de saúde, creches, entidades filantrópicas, faculdades, sindicatos, entre outros.

Qual a importância e como escolher uma graduação de qualidade em Serviço Social?

Para começar a trabalhar como assistente social é preciso ter o diploma de graduação em Serviço Social emitido por uma instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Além disso, também é necessário conseguir o registro no Conselho Regional de Serviço Social (CRESS).

A duração média desse curso é de 4 anos e é possível estudar de forma presencial ou fazer um curso de Serviço Social a distância

A Unyleya pode te ajudar a se preparar para atuar na defesa dos direitos sociais dos indivíduos e no enfrentamento de dificuldades na sociedade. Venha conhecer a faculdade! Contamos com uma graduação de Serviço Social de qualidade com professores mestres e doutores para te auxiliar em toda a formação e entrada no mercado de trabalho.

Como você pôde conferir ao longo deste conteúdo, o trabalho do assistente social é muito importante para o bom funcionamento e desenvolvimento da sociedade. Sua principal função é elaborar projetos de cunho social e econômico para melhorar as condições de vida e aumentar o bem-estar dos indivíduos. 

O salário desse profissional, porém, ainda é desproporcional à importância que esse serviço tem na melhora do exercício da cidadania, pois, durante seu ofício, o bacharel em Serviço Social analisa e compreende as dificuldades individuais, grupais e comunitárias.

Além disso, também é atribuída ao profissional a tarefa de estimular a implementação de políticas públicas, buscando a superação de problemas e a mediação de conflitos.

Gostou do conteúdo de hoje? O que achou da profissão e de quanto ganha um assistente social? Deixe sua opinião nos comentários!


Comentários

QUER SABER SOBRE OS MAIS DE 1.800 CURSOS A DISTÂNCIA?

Saiba mais sobre os cursos de Pós-Graduação EAD

Saiba mais sobre os cursos de Graduação EAD


unyleya.edu.br

Copyright Unyleya ©. Todos os direitos reservados.