Entenda por que fazer um curso de Fitoterapia

  • 12/abr/2019

Entenda por que fazer um curso de Fitoterapia

Já reparou como muitas pessoas querem se especializar para tornar o currículo mais atrativo? Um dos motivos para isso é o crescimento dos cursos de pós-graduação no Brasil, o que aumentou a competitividade no mercado de trabalho. O interessante é que muitas dessas opções são voltadas para ramos de atuação que não tinham tanta abrangência no passado e agora são extremamente importantes em razão das mudanças de consumo, das descobertas científicas, de novas políticas públicas e das transformações sociais. Um exemplo é o curso de Fitoterapia.

Ele tem ganhado destaque e se tornado a escolha de especialização de muitos formados. Porém, se para você ele é uma novidade, não se preocupe! Neste post, será possível saber mais a respeito dele, entender por que essa área tem um impacto cada vez maior na saúde e estilo de vida das pessoas e o motivo pelo qual vale a pena se qualificar nela. Acompanhe!

O que é a Fitoterapia?

De uma forma simples, a Fitoterapia representa a análise e o estudo da utilização de plantas com propriedades medicinais, seja na forma base delas — quando tiradas da natureza —, seja na forma de fitoterápicos — que são medicamentos feitos a partir delas e sem a adição de químicos.

São espécies que podem ser usadas pelas pessoas não só para o alívio de sintomas de doenças, mas também a prevenção e, principalmente, o tratamento de diversos tipos de problemas, desde gripes e resfriados até distúrbios do sistema nervoso e cânceres.

Em que ramos da saúde ela está presente?

A Fitoterapia é um segmento que se conecta com vários campos do saber da saúde que atuam não só na prevenção de doenças, como também no tratamento e na reabilitação dos pacientes. Entre eles, podemos citar a medicina, a farmácia, a fisioterapia e a nutrição.

Logo, se a sua formação é nessa área e você pretende trabalhar direta ou indiretamente com a promoção do bem-estar físico e psicológico das pessoas, se aprofundar no estudo da Fitoterapia pode ser um grande diferencial na sua carreira.

Qual a vantagem de atuar nesse setor?

É bem simples: a Fitoterapia é uma área que cresce a passos largos ano após ano e que é reflexo das mudanças das últimas décadas. Por exemplo, milhares de pessoas adotaram uma alimentação mais balanceada, passaram a recorrer a meios de transporte ecologicamente corretos e optaram por estilos de vida socialmente conscientes (como o veganismo).

Além disso, houve a descoberta de novas enfermidades, a suspensão da venda de antibióticos sem prescrição médica pela Anvisa em todo o território nacional em 2010 e o aumento nos problemas decorrentes da automedicação (como reações alérgicas, intoxicação, internação e óbito) — que, inclusive, é alvo de campanhas do Ministério da Saúde, o chamado Dia Nacional do Uso Racional de Medicamentos.

Para complementar, o próprio Ministério da Saúde segue o decreto nº 5.813/06, que trata da Política Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos e das ações do Governo Federal a fim de promover a Fitoterapia. Com isso, muita gente passou a recorrer aos produtos fitoterápicos e a valorizar esse tipo de produto feito com componentes naturais como uma alternativa mais segura, menos invasiva, mais barata e com menos riscos de efeitos colaterais para o organismo.

Trata-se de uma nova visão que mudou a dinâmica da indústria farmacêutica e causou uma reformulação nos tratamentos oferecidos em hospitais e postos de saúde. No SUS, por exemplo, ela atualmente faz parte da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares. Ou seja, o mercado atual oferece diversas possibilidades de atuação e carreira para quem quer se dedicar ao segmento.

Para quem é indicado o curso de Fitoterapia?

O curso de Fitoterapia é indicado para quem deseja ampliar os horizontes de atuação profissional na área da saúde, almeja adquirir conhecimento teórico e técnico sobre práticas medicinais, busca se atualizar quanto às novidades e tendências do ramo de formação e quer ter um rendimento financeiro maior.

Quais são as opções de curso nessa área?

Agora que você já sabe o que é a Fitoterapia, com quais campos de atuação ela tem ligação, as vantagens do setor e, inclusive, para quem é relevante fazer um curso na área, é hora de falarmos das opções de pós-graduação para quem quer se especializar nesse ramo e até, quem sabe, dedicar a carreira a ele (basta lembrar que a área está em franco crescimento).

Afinal, você deve estar curioso para saber quais são as suas possibilidades, não é mesmo? Por isso, abaixo, nós reunimos alguns exemplos de cursos EAD em Fitoterapia geral e aplicada na Faculdade Unyleya. Confira!

Fitoterapia

O primeiro deles é o curso de Fitoterapia que trata da composição fisiológica das plantas, da ação medicinal delas no organismo e a legislação em torno dos fitoterápicos.

Fitoterapia Aplicada à Estética e Prática Esportiva

O curso de Fitoterapia Aplicada à Estética e Prática Esportiva, por sua vez, se aprofunda no uso e na prescrição da Fitoterapia como fator potencializador não apenas da prática de atividade física, mas também dos ganhos estético e osteomuscular.

Fitoterapia Aplicada à Nutrição Clínica

Já a pós em Fitoterapia Aplicada à Nutrição Clínica concentra-se na Fitoterapia como um aliado da nutrição para o desenvolvimento de novos hábitos alimentares que, de fato, ofereçam a suplementação nutricional para os pacientes — independentemente da faixa etária.

Nutrigenômica e Nutrigenética na Prática Clínica

A especialização em Nutrigenômica e Nutrigenética na Prática Clínica, por outro lado, foca nos conceitos químicos, biológicos e fisiológicos relacionados à nutrição e como a inserção de plantas medicinais e fitoterápicos pode contribuir para a alimentação nos períodos de gestação e lactação.

Produtos Naturais de Plantas e Derivados

Por último, o curso de Produtos Naturais de Plantas e Derivados aborda tanto o estudo biomolecular dos fitoterápicos quanto a biossegurança por trás da produção desses produtos.

Como você viu, fazer um curso de Fitoterapia pode ser uma excelente oportunidade para se qualificar mais, dar uma ênfase à sua atuação profissional e, consequentemente, expandir a sua carreira. Além disso, como mostrado, a sua pós-graduação na área também pode ser feita a distância, o que é ideal para quem quer ter uma rotina de estudos mais flexível, independente e prática para conciliar com os afazeres e as obrigações da rotina.

Se você curtiu o post e quer saber mais sobre o assunto, aproveite para assinar a nossa newsletter e receber mais conteúdos diretamente na sua caixa de entrada!

 

Precisa de mais informações?

Preencha seus dados que um consultor irá entrar em contato com você

Nosso App

Nossas Redes Sociais