Maturidade profissional: como saber se você já atingiu esse nível?

  • 07/nov/2018

Maturidade profissional: como saber se você já atingiu esse nível?

Você tem maturidade profissional? Aqui, não estamos falando sobre idade ou experiência. Um colaborador sênior e que já está há anos no mercado ou atuando em determinada empresa pode não contar com essa característica, uma vez que o que traz maturidade são os conhecimentos obtidos com as realizações profissionais, e não o fato de a pessoa ser mais velha ou não.

Se você não soube responder à pergunta que fizemos no começo do post, não se preocupe. Preparamos este artigo justamente para ajudá-lo a descobrir o que é e como alcançar a maturidade profissional, entendendo qual é o papel da inteligência emocional nessa conquista e como age um colaborador que conta com essa característica. Vamos lá?

O que é maturidade profissional?

É claro que os conhecimentos técnicos são de extrema importância para quem deseja trilhar uma carreira de sucesso; no entanto, as habilidades comportamentais — como a maturidade profissional — são igualmente importantes. Contando com elas, o colaborador tem maiores chances de ampliar seus horizontes profissionais, atingir cargos mais altos e conquistar bons ganhos financeiros.

Mas o que de fato é a maturidade profissional? Como já mencionamos, o principal fator relacionado a essa habilidade é que ela nada tem a ver com a idade. Um colaborador novo, por exemplo, pode assumir uma postura mais madura tanto no trabalho quanto em âmbitos pessoais do que um funcionário que já tem anos de estrada.

Sendo assim, pode-se afirmar que o amadurecimento está justamente no modo como o colaborador procede em suas funções diárias e se relaciona com seus colegas e superiores.

Geralmente, quem conta com essa característica são as pessoas resilientes, pacientes e que sabem desenvolver a sua inteligência emocional — ou seja, saber exatamente em que momento utilizar um comportamento, uma habilidade ou uma emoção, como veremos a seguir.

Como trabalhar a inteligência emocional para ter maturidade profissional?

A inteligência emocional correspondente à habilidade de gerenciar, analisar e controlar as próprias emoções, sabendo resolver conflitos, se comunicar de forma adequada com todos, ser empático e compreensivo e ouvir o outro e a si mesmo com equilíbrio. Tudo isso gera uma facilidade maior em lidar não só com as situações relacionadas a você, como também com o que acontece com as pessoas à sua volta.

Trabalhar a inteligência emocional é um passo fundamental para conquistar maturidade profissional, uma vez que ambas estão diretamente relacionadas. Se você acha que precisa desenvolver um pouco mais essa habilidade, entenda e coloque em prática as dicas que reunimos abaixo, usando-as a seu favor:

Aprenda a lidar com as frustrações

É normal que, diante de determinadas situações, o colaborador se veja propenso a agir de forma impulsiva, não sabendo lidar com as frustrações e deixando que os sentimentos momentâneos de raiva passem por cima da lógica ou até mesmo de seus princípios.

Saber lidar com essas emoções é algo indispensável para adquirir inteligência emocional no trabalho. Para tanto, aprenda a identificar os gatilhos que fazem com que você aja impulsivamente e o tipo de reação que você apresenta em situações de frustração e estresse. Em seguida, busque por estratégias que ajudarão você a se acalmar antes de agir explosivamente, como parar e pensar antes de falar ou se expressar.

Pratique o autoconhecimento

Nada melhor do que entender a si mesmo para conseguir controlar as suas emoções, percebendo como elas influenciam seu modo de pensar e agir, não concorda? Quando se pratica o autoconhecimento, torna-se mais fácil tomar consciência de seus sentimentos.

Quando se desenvolve o autoconhecimento, torna-se mais fácil tomar consciência de seus desejos, objetivos (pessoais e profissionais), capacidades, habilidades e qualidades além, é claro, de pontos negativos que precisam ser trabalhados. No trabalho, isso o ajudará a saber lidar com os altos e baixos, mantendo bons relacionamentos com os colegas a sua volta.

Quais são as características de alguém com maturidade profissional?

Além da empatia, da capacidade de ouvir o outro e do respeito para com todos, existem outras características comuns em pessoas que já alcançaram a maturidade profissional no trabalho. Listamos as principais abaixo:

Resiliência

A resiliência corresponde à capacidade em extrair o que há de melhor em cada experiência, sejam elas boas ou ruins, sabendo tirar aprendizados e oportunidades de crescimento pessoal e profissional. O colaborador maduro profissionalmente podem até se deixar abalar momentaneamente perante uma experiência negativa, contudo, ele logo se reerguerá e buscará novas formas de alcançar os seus objetivos.

Saber receber críticas

Saber receber críticas e feedbacks sem reagir negativamente ou explodir é uma característica que demonstra inteligência emocional e maturidade profissional. O colaborador que conta com essas habilidades entende que os aspectos negativos levantados sobre ele vão, na verdade, ajudá-lo a enxergar aspectos que ele mesmo não estava conseguindo observar. Dessa forma, ele conseguirá ajustar comportamentos que, provavelmente, estavam prejudicando a ele mesmo.

Proatividade

Os colaboradores maduros profissionalmente sabem atuar de forma mais proativa e autônoma, sem a necessidade de aprovação constante dos superiores, embora respeitem a hierarquia da empresa. Eles entendem com clareza qual é o seu papel dentro da organização e como devem executar suas funções para alcançar metas e objetivos. Essa capacidade de tomar iniciativa para fazer o seu trabalho da melhor maneira possível é sempre bem-vista entre os gestores.

Por que é necessário se manter atualizado?

Por fim, não poderíamos deixar de abordar a importância de se manter atualizado para conquistar a maturidade profissional.

Seja por meio de graduações, pós-graduações, especializações, MBAs (como o Executivo em Desenvolvimento Profissional, da Faculdade Unyleya), cursos tecnólogos ou de curta duração, o que importa é estar sempre em busca de conhecimentos, que poderão ser utilizados para desenvolver uma carreira bem-sucedida e contribuir com a empresa.

O melhor de tudo é que, hoje, com a educação a distância e suas vantagens, é possível ingressar em cursos de nível superior e reconhecidos pelo MEC sem precisar se deslocar todos os dias para a instituição de ensino. Esse cenário é ideal para quem vai conciliar trabalho e faculdade, estudando de casa e montando os seus próprios horários de acordo com o tempo disponível.

Como você pode perceber, a maturidade profissional é uma habilidade fundamental para quem quer seguir uma carreira de sucesso. Desenvolvendo a sua inteligência emocional, sabendo trabalhar as dicas e características que mencionamos no artigo, é possível se destacar como um colaborador maduro — sendo, inclusive, reconhecido por isso.

E então, gostou do assunto que abordamos no post? Para continuar sempre por dentro de conteúdos como este, recebendo-os diretamente em seu e-mail, não fique de fora: assine agora mesmo a nossa newsletter!

 



Nosso App

Nossas Redes Sociais