Conheça a carreira de pedagogo e saiba por que ingressar na área!

  • 30/set/2019

Conheça a carreira de pedagogo e saiba por que ingressar na área!

Está pensando em se tornar um pedagogo, mas ainda não faz ideia se é a escolha certa para você? Se a sua resposta for “sim”, saiba que não está sozinho nessa situação. A verdade é que muitas pessoas têm as mesmas dúvidas quando chega o momento de escolher a profissão perfeita, afinal, essa é a uma decisão muito importante.

Porém, chegou o momento de parar de se perguntar se a Pedagogia é ou não ideal para você. Neste post, vamos contar exatamente como é essa carreira, qual o perfil profissional para atuar nessa área e ainda vamos ajudar você a entender o mercado de trabalho para quem opta por essa faculdade. Então, se você quer transformar seu sonho de ser pedagogo em realidade, continue lendo para saber tudo sobre essa profissão!

O que faz um pedagogo?

O pedagogo é o profissional responsável por atuar na formação de estudantes, ensinando ou desenvolvendo formas de facilitar o processo de aprendizagem. Dessa forma, o mais comum é que os pedagogos trabalhem em ambientes escolares, seja como professor, seja como responsável por funções relacionadas à gestão da instituição de ensino.

Porém, a área de atuação para quem se forma em Pedagogia vai muito além da sala de aula. A verdade é que cada vez mais setores necessitam do trabalho de quem tem a educação como seu principal objeto de estudo. Quer saber mais sobre as oportunidades para pedagogos? Separamos 5 áreas de atuação logo abaixo:

Produção de material pedagógico

O que seria do estudante sem um bom material de estudos? Hoje em dia, ter apostilas, livros e até materiais online de qualidade é imprescindível para um aprendizado efetivo. Por isso, as editoras que produzem materiais pedagógicos contam com a atuação de pedagogos, de forma que todo o conteúdo produzido seja condizente com as necessidades escolares.

Gestão escolar

Essa é a área para quem pretende trabalhar em escolas, mas sem precisar lidar diretamente com o ensino. Isso ocorre porque os gestores educacionais costumam atuar em tarefas essenciais para o bom funcionamento do local. Algumas delas são o planejamento anual, elaboração do calendário letivo, organização, entre outros fatores que definem o nível de qualidade da unidade escolar.

No entanto, se você não abre mão do contato com os alunos, é válido saber que a gestão escolar também é responsável por analisar o nível de aprendizado dos estudantes ao longo do ano e traçar metas em relação ao desempenho acadêmico.

Pedagogia Hospitalar

A Pedagogia Hospitalar é um dos ramos dessa profissão em que é possível trabalhar fora da sala de aula. Com a possibilidade de atuar tanto no setor público quanto no privado, essa área tem como objetivo garantir o acesso à educação para crianças e adolescentes hospitalizados, principalmente em situações em que o aprendizado está comprometido.

Sendo assim, o pedagogo conecta a criança, o hospital e a escola, adaptando as atividades escolares que devem ser realizadas no local onde o estudante passa pelo tratamento. Além disso, acompanhar a criança após o período de hospitalização também é uma responsabilidade desse profissional, já que é importante fazer com que o aluno consiga acompanhar a turma ao retornar à sua rotina.

Educação Especial

Cada aluno é único: tem seu nível de dificuldade, possui habilidades únicas e aprende em um ritmo diferente de qualquer outro estudante. Desse modo, existem também os estudantes que possuem necessidades especiais e, por isso, precisam de adaptações que permitam seu aprendizado de forma eficiente, além do suporte necessário para a realização de suas atividades.

Por esse motivo, a Educação Especial é a área certa para quem pensa em promover o ensino especializado e adequado para quem apresenta necessidades diferentes da maioria.

Pedagogia Empresarial

Não pense que o espaço para atuar como pedagogo se resume a escolas e hospitais, pois também existe a possibilidade de atuar em empresas.

A Pedagogia Empresarial busca garantir que os colaboradores de uma organização consigam absorver as informações necessárias para suas funções da melhor forma possível. 

Nessa área, o pedagogo também vai utilizar metodologias específicas e técnicas de aprendizagem aplicadas às competências que os funcionários precisam ter, como criatividade, concentração, trabalho em equipe e produtividade.

Qual é o perfil do pedagogo?

Agora que você já conhece algumas das possibilidades de trabalho para o pedagogo, pode ser que outro questionamento esteja passando pela sua cabeça: “Será que eu posso trabalhar como pedagogo? Tenho perfil para atuar nessa profissão?”. Para ajudar nessa descoberta, vamos contar quais são as características necessárias para ter sucesso na carreira em Pedagogia.

A primeira delas é a vontade de transmitir conhecimento. Ainda que não trabalhe em escola, o pedagogo sempre será responsável por ensinar conceitos, valores e auxiliar em processos relacionados a todas as formas de aprendizado. 

Aliás, tão importante quanto ensinar é gostar de aprender! Inclusive, existem livros que precisam fazer parte da rotina de todo estudante de Pedagogia, já que é preciso ler e estudar constantemente. Assim, é possível se manter atualizado em relação às técnicas de aprendizagem que existem.

Outro aspecto que deve ser levado em consideração ao pensar em ser pedagogo é o caráter social da profissão, pois a educação tem impacto direto sobre todos os fatores existentes na sociedade. Logo, é importante saber que levar o conhecimento para outras pessoas envolve a responsabilidade social de atuar diretamente na formação humana.

Além disso, os pedagogos também precisam ter uma boa capacidade de comunicação — algo que pode parecer difícil no primeiro momento, mas que é possível desenvolver ao longo da faculdade de Pedagogia. Independentemente da área de atuação, a necessidade de ter contato com outras pessoas será constante.

Como é o mercado de trabalho para esse profissional?

Apesar de muitas pessoas se formarem em Pedagogia todos os anos, o mercado de trabalho para pedagogos oferece oportunidades para quem possui experiência na área e também para recém-formados, visto que a necessidade de profissionais de licenciatura é constante no Brasil.

Assim, ao se tornar pedagogo, é possível ingressar rapidamente no mercado de trabalho e, depois, especializar-se por meio de uma pós-graduação, o que agrega valor ao currículo e pode garantir salários mais altos.

Como se tornar um pedagogo?

Se você decidiu que essa é a profissão dos seus sonhos, é hora de dar o passo mais importante para construir sua carreira: entrar na faculdade de Pedagogia! Essa é a formação obrigatória para desempenhar uma função nas diversas áreas de atuação que existem para os pedagogos.

Com duração de 3 anos, a licenciatura em Pedagogia vai oferecer toda a base que você precisa para entender os mecanismos que envolvem o processo de aprendizagem e também vai possibilitar a realização do estágio, que é importante para que você adquira conhecimento prático.

Além disso, uma das maiores vantagens dessa graduação é que ela pode ser realizada na modalidade de educação a distância (EAD). Assim, é possível se formar adaptando os estudos à sua rotina e com um custo-benefício de acordo com as suas possibilidades.

Como você viu, ser um pedagogo permite a atuação em um mercado de trabalho amplo e que oferece vagas em setores diversos. Então, se você quer iniciar sua carreira nessa profissão, a hora é agora! Aproveite para conhecer mais sobre o curso de Pedagogia e entrar na faculdade com a certeza de que fez a escolha certa!

Precisa de mais informações?

Preencha seus dados que um consultor irá entrar em contato com você