Conheça o curso de Pedagogia e realize esse sonho de ser professora

  • 03/jul/2020

Conheça o curso de Pedagogia e realize esse sonho de ser professora

Tempo de Leitura: 8 minutos

Um dos principais caminhos para quem tem o sonho de ser professora e atuar com processos de ensino e aprendizado é o curso de Pedagogia. Trata-se de uma formação muito ampla e que, ao contrário do que muitos possam imaginar, oferece diversos caminhos e possibilidades para o profissional.

Dito isso, você já sabe exatamente o que faz um pedagogo? Como essa profissão pode fazer a diferença para a sociedade? Como funciona o curso de Pedagogia? Como é o mercado para a área? Foi justamente pensando em responder a essas e outras perguntas que preparamos este post completo. Continue conosco, tire suas dúvidas e veja por que vale a pena investir na carreira!

O que faz um pedagogo?

A Pedagogia é uma formação que abrange os princípios e métodos de ensino, assim como questões importantes referentes à gestão e à administração. Trata-se do curso ideal para quem quer ser professor ou atuar nos campos de coordenação, direção, orientação, gestão, pesquisa, entre outros na área de educação, visando sempre disponibilizar os melhores processos de aprendizado possíveis.

A conclusão de um curso de Pedagogia torna o aluno habilitado a dar aula no ensino infantil e ensino fundamental. É papel do pedagogo trabalhar para assegurar e melhorar a qualidade da educação no país, podendo optar também por diversas alternativas de atuação, como veremos ao longo do post.

Como ser professor faz a diferença?

Mesmo com os desafios no Brasil atualmente, é indiscutível a importância do professor para a formação de uma sociedade mais igualitária, justa e cidadã. É ele quem transmite o conhecimento e colabora diretamente com o desenvolvimento pessoal, ético e crítico dos seus alunos.

O pedagogo que atua na educação infantil, por exemplo, trabalha com crianças de 0 a 6 anos na primeira etapa da Educação Básica. Nessa fase, o seu objetivo é promover o desenvolvimento integral dos alunos — ou seja, não apenas o cognitivo, mas também o socioemocional e até mesmo o físico. A partir daí, já dá para começar a entender como esse profissional faz toda a diferença na vida de uma pessoa, não é mesmo?

O pedagogo que trabalha com as séries iniciais também tem uma importante missão: ele deve guiar os pequenos nos processos de alfabetização, expressão, compreensão e interpretação. Por fim, o profissional que escolhe atuar na educação de jovens e adultos visa promover a reintegração à sociedade e ao mercado de pessoas que, por algum motivo, não tiveram acesso ao ensino na infância ou adolescência, ou não deram continuidade aos seus estudos.

Justamente por exercer funções tão relevantes, é necessária uma formação de qualidade em Pedagogia, como falaremos nos próximos tópicos.

Como se destacar nessa área?

O diploma de pedagogo é obrigatório para quem deseja ser professor e atuar nos ensinos infantil, e fundamental (primeiros anos). No Sistema de Seleção Unificada, a formação corresponde ao segundo curso mais procurado.

Sendo assim, para se destacar em meio aos outros profissionais, é importante contar com certas características e habilidades, a começar pelo interesse e vocação para ensinar e colaborar com a formação das pessoas. Gostar de lidar com crianças e pessoas de todas as idades é também ideal, assim como ser compreensivo e buscar se atualizar.

A seguir, reunimos outras características muito valorizadas em um pedagogo. Confira!

Empatia e boa comunicação

Quando falamos em boa comunicação, estamos nos referindo à habilidade de transmitir informações de maneira clara para a compreensão de todos, seja de forma escrita, seja de forma falada, além de saber ouvir e ter empatia para com o próximo.

Isso porque o ato de ensinar também exige que o profissional passe pelo lugar de escuta, sabendo entender as necessidades do aluno para orientá-lo em sua caminhada acadêmica.

Criatividade e inovação

A criatividade é um excelente combustível para a transformação da educação. Ela faz com que o pedagogo busque sempre descobrir novas maneiras de ensinar os diversos conteúdos.

Sendo assim, os profissionais que contam com essa característica são capazes de desenvolver atividades, metodologias e técnicas inovadoras para colaborar com o aprendizado de seus alunos. Isso porque eles têm em mente que todas as ações, grandes ou pequenas, em sala de aula, têm potencial para gerar mudanças positivas.

Capacidade de lidar bem com crianças

Embora a profissão de pedagogo não se restrinja apenas a lidar com crianças, é fato que o foco do curso, no geral, é atuar com a primeira infância, estudando o desenvolvimento infantil, sua alfabetização, entre outros fatores relacionados.

Sendo assim, é possível afirmar que o profissional que consegue atuar junto aos pequenos de forma natural e positiva certamente vai se destacar. Contudo, é preciso novamente deixar claro que o mais importante para uma boa formação é ter interesse e atenção com as questões educacionais, seja de crianças, seja de jovens ou adultos.

Qual o perfil ideal para ser pedagogo?

Quem está ingressando no ensino superior, com certeza já se fez a pergunta clássica: qual curso combina comigo? Ter perfil para a graduação escolhida é muito importante porque permite equilibrar mais facilmente realização pessoal e profissional. Isso porque trabalhar com aquilo que gostamos e temos habilidade para fazer torna o ofício muito mais gratificante.

Nesse sentido, o perfil do pedagogo abrange algumas características bem específicas, como a vontade de ser um agente transformador da sociedade e de contribuir para o desenvolvimento cidadão. Além de se interessar por pessoas em geral, os profissionais que trabalham com Educação também são exímios comunicadores, pois conseguem transmitir com excelente didática os conteúdos programados.

Outra característica marcante de um professor é a paciência e sensibilidade para se colocar no lugar do outro e compreender que cada formação é única. Desse modo, os professores conseguem avaliar as diferentes personalidades de cada estudante, valorizando o que há de mais positivo em cada um deles. Isso é fundamental para que o aluno se sinta inserido na sociedade desde os primeiros anos da aprendizagem.

Como é o curso de Pedagogia?

A graduação em Pedagogia pode ser feita tanto na modalidade presencial quanto na EAD, garantindo mais flexibilidade e melhor custo-benefício ao aluno. O objetivo é formar um profissional capaz de entender a docência como uma ação educativa e um processo pedagógico metódico, construído com base em relações sociais produtivas.

Entre as disciplinas ofertadas, podemos destacar:

  • Sociologia da Educação;
  • Psicologia da Educação;
  • Educação e Meio Ambiente;
  • Didática;
  • Libras;
  • Currículo e Conhecimento Escolar;
  • Corpo, Saúde e Psicomotricidade;
  • Educação de Jovens e Adultos;
  • Arte e Educação;
  • Gestão Educacional;
  • Dificuldade de Aprendizagem;
  • Educação Inclusiva, entre outras.

Como é o mercado para quem quer ser professor?

Conforme ressaltamos logo no início do artigo, o mercado de trabalho para o pedagogo é amplo e vai muito além das escolas de ensino fundamental e médio. Além do ensino, é claro, esse profissional pode atuar nos seguintes segmentos:

  • administração escolar, gerenciando os recursos humanos, materiais e financeiros das instituições de ensino;
  • coordenação pedagógica, acompanhando e orientando os educadores, a rotina e o ambiente escolar e o processo de aprendizagem dos alunos;
  • pedagogia empresarial, desenvolvendo e implantando projetos educacionais e culturais para instituições como empresas e ONGs;
  • pedagogia hospitalar, atuando na educação de crianças, jovens e adultos internados;
  • educação inclusiva, criando materiais didáticos e ministrando aulas para pessoas com deficiência;
  • supervisão e direção, orientando educadores e avaliando o seu desempenho, buscando sempre as melhorias na qualidade do ensino;
  • consultorias e treinamentos, assessorando empresas na capacitação pedagógica de gestores e funcionários.

Com tantas possibilidades de atuação, já deu para perceber que o professor não precisa ficar restrito à sala de aula. Além disso, ele pode direcionar seu plano de carreira tanto para o setor privado quanto público, em âmbito municipal, estadual e federal.

Nessa esfera, os professores contribuem não só com atividades de docência, mas, também, com o desenvolvimento e fiscalização de práticas pedagógicas. Trata-se, portanto, de uma função de enorme responsabilidade social e importância no país.

Quais as vantagens de cursar Pedagogia?

Lendo até aqui, você provavelmente já percebeu alguns benefícios de trabalhar com Educação. Em seguida, explicaremos com mais detalhes as principais vantagens do curso de Pedagogia.

Valorização e reconhecimento na carreira

Como vimos, a profissão do pedagogo é essencial para a formação de uma sociedade mais justa e igualitária. Afinal, os professores estão presentes no processo de escolarização de qualquer pessoa. Isso, por si só, já torna esses profissionais imprescindíveis do ponto de vista social.

O reconhecimento é, sem dúvida, uma das grandes recompensas do ofício. Além disso, um professor se sente extremamente grato quando percebe que fez a diferença na vida de um aluno — o que, por consequência, reflete no futuro de todo o país. Ver seus alunos se tornarem profissionais bem-sucedidos é algo que não tem preço na carreira pedagógica.

Inclusive, em termos de valorização, basta a gente considerar que todos os profissionais do mercado (médicos, engenheiros, advogados etc.). foram formados por professores. Ou seja, nada mais justo do que reconhecer, valorizar e honrar essa profissão tão digna e fundamental.

Possibilidades de ascensão profissional

Quem se forma em um curso de Pedagogia pode contar com um bom plano de carreira desde o início da vida profissional. Isso porque, de forma geral, as instituições de ensino públicas e privadas disponibilizam planos de carreira promissores para o professor. Assim sendo, ele já começa a lecionar sabendo que pode ascender na profissão, o que ajuda a mantê-lo sempre motivado.

Dois aspectos básicos que são considerados para subir de cargo na Educação são o tempo de docência e a formação complementar. Por exemplo: professores que têm cursos de especialização, mestrado ou doutorado assumem cargos mais requisitados e aumentam consideravelmente o nível de remuneração.

Fazer um curso de Pedagogia também é uma possibilidade para quem busca recolocação profissional. Como essa graduação pode ser feita na modalidade EAD e em curta duração, permite que o profissional se insira rapidamente no mercado. A demanda contínua por professores da educação infantil e ensino fundamental também acelera essa recolocação.

Rotina mais dinâmica e flexível

Ter mais flexibilidade no trabalho é o sonho de muita gente. Na carreira de professor isso é plenamente possível, já que as atividades de docência seguem um calendário que permite dar aulas em dias e turnos alternados. Assim, o professor consegue organizar sua rotina de modo que não precise abrir mão de outros compromissos.

Essa liberdade é algo importantíssimo para ser bem-sucedido tanto profissionalmente quanto pessoalmente. Até porque, em uma carreira tão exigente, nada mais justo que os professores possam ter seu próprio tempo para se dedicar a seus hobbies e outros afazeres fora de sala de aula.

Além disso, passar mais tempo com a família e com os amigos ajuda a renovar o fôlego para estar sempre motivado e disposto no serviço. Sem falar que um professor bem-humorado e alto-astral consegue passar os conteúdos com muito mais didática e facilidade para os alunos, não é mesmo?

Quanto ganha um pedagogo?

Como vimos ao longo do post, o mercado de trabalho é bastante aquecido para quem trabalha com educação, pois a demanda por professores é constante — seja no setor público, seja no setor privado. Além disso, a função do pedagogo tem sido cada vez mais valorizada por meio de políticas públicas voltadas ao desenvolvimento de melhores planos de carreira nesse ramo.

Então, por mais que haja um certo estigma em relação à remuneração dos professores, a situação vem se modificando bastante. Os salários estão crescendo e a carga de horária de trabalho vem se tornando mais flexível. Tudo isso é reflexo da tomada de consciência sobre a importância do docente para a sociedade. Afinal, é o professor quem forma todos os outros profissionais.

Em relação aos salários, as médias vão depender de algumas variáveis bastante específicas, como a cidade em questão, a instituição de trabalho e a formação complementar do profissional. Uma pesquisa do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) mostrou que a média salarial para pedagogos recém-formados na faculdade é de cerca de R$ 2.230,00 mensais.

No entanto, conforme o profissional ganha experiência e tempo de serviço, as remunerações aumentam significativamente. Professores que têm pós-graduação no currículo também saem na frente no quesito salarial, recebendo médias excelentes mesmo em início de carreira. Portanto, vale a pena investir em uma especialização na área.

Viu só como é possível realizar o sonho de ser professor ao optar pelo curso de Pedagogia? Além de trabalhar com o que gosta e contar com diversas possibilidades de atuação no mercado, a carreira docente pode trazer a estabilidade, o reconhecimento e a valorização que você deseja para o seu futuro.

Portanto, se você acredita ter o perfil de um pedagogo e quer conhecer ainda mais sobre a licenciatura em Pedagogia, entre em contato conosco agora mesmo e dê esse passo rumo a uma carreira de sucesso!

Precisa de mais informações?

Preencha seus dados que um consultor irá entrar em contato com você