Segurança Cibernética: 7 motivos para investir em um MBA na área

  • 30/dez/2019

Segurança Cibernética: 7 motivos para investir em um MBA na área

Powered by Rock Convert

O MBA em Segurança Cibernética é destinado a profissionais que desejam atuar como gestores, diretores e gerentes em segurança da informação e cibernética. 

O curso o capacitará a trabalhar com perícia forense, ethical hacking, governança e gestão de vulnerabilidade em projetos de defesa cibernética, sistemas de informação e computação forense, tanto em instituições privadas quanto em órgãos públicos.

Quer ser um líder de projetos e atuar em qualquer segmento que busca garantir a segurança da informação e cibernética? Então esse MBA é para você! E se ainda tem dúvidas, vamos apresentar 7 dos principais motivos para você se especializar na área!

1. Profissão em alta

Agora é o melhor momento para trabalhar em segurança cibernética. Afinal, estamos vivendo na era da informação. Todos os processos empresariais estão se tornando digitais, o que levanta um grande desafio para as organizações no que se refere à segurança dos dados. E os estudos apontam que os riscos são enormes e reais.

Uma das pesquisas mais recentes sobre a segurança digital no Brasil revelou que, em apenas três meses, sofremos mais de 15 milhões de tentativas de ataque cibernético. Esse levantamento feito pela empresa Fortinet e divulgado na 4ª edição doFortinet Cibersecurity Summit declarou que nosso país tem sido um importante alvo mundial.

No índice de segurança cibernética elaborado pela União Internacional de Telecomunicações (ITU, em inglês), o Brasil ocupa a 70ª posição, apontando para a fragilidade do país diante das ameaças que rondam os ambientes digitais. Segundo os dados da organização divulgados pelo Senado, os prejuízos financeiros entre 2017 e 2018 passaram de US$ 20 bilhões, ou seja, mais de R$ 80 bilhões de reais.

Em um cenário nesse nível de riscos, o profissional especializado em segurança cibernética ganha proeminência no mercado, o que a torna uma das áreas mais promissoras.

2. Diferencial competitivo

Diferencial competitivo são atributos, competências ou qualidades que tornam você único e superior aos demais profissionais da sua área. A Tecnologia da Informação recebeu uma mão de obra significativa nos últimos anos, mas existem pessoas com níveis bem diferentes de conhecimento técnico e prático.

A especialização em Segurança Cibernética vai elevar seu currículo a um outro patamar. Afinal, essa é uma área em constante evolução. A cada dia surgem novas ameaças, e os antigos riscos continuam sendo muito relevantes. Dessa forma, deter conhecimentos mais aprofundados e atualizados e novas experiências vai fazer toda a diferença em um processo seletivo, por exemplo.

3. Oportunidade de crescimento

A cibersegurança é um segmento de TI que abre uma porta ampla de oportunidades para profissionais que vêm de diversas atividades. Desenvolvedores web, administradores de sistema e engenheiros de software podem investir em carreiras de gerentes de segurança, arquitetos de segurança, consultores de segurança ou até mesmo de Chief Information Security Officer (CISO).

4. Percepção do impacto causado pelo trabalho

O profissional de TI que cursa MBA em Segurança Cibernética sai de uma função basicamente operacional e ganha papéis mais estratégicos dentro da organização. Dessa forma, consegue perceber de modo mais profundo o impacto do seu trabalho.

Powered by Rock Convert

As empresas hoje estão muito preocupadas com a segurança dos seus sistemas de dados, e todos os dias surgem novos problemas que precisam de soluções imediatas. Por isso, elas estão dispostas a investir em pessoas que possam dar esse suporte necessário.

Você vai trabalhar diariamente junto às empresas para garantir uma infraestrutura de rede mais segura, lidando sempre com novos problemas desafiadores. O profissional de segurança cibernética estará na linha de frente da defesa das informações corporativas mais sigilosas. Como profissional especializado, você trabalhará diariamente para manter a infraestrutura crítica segura e estará constantemente enfrentando novos e envolventes desafios.

As habilidades que você vai adquirir serão essenciais para proteger os negócios de problemas graves, como perdas financeiras, danos à reputação, redução de confiança do cliente e de parceiros. Suas estratégias, portanto, afetarão a rotina de todos os colaboradores e gestores da organização e serão decisivas para o rumo do negócio.

O impacto da sua atuação trará grande gratificação e permitirá um excelente desenvolvimento profissional e pessoal.

5. Oportunidade de se especializar

O MBA em Segurança Cibernética dá a você uma chance incrível de se especializar em um mercado que apresenta um crescimento acelerado. E quando um profissional conquista uma especialização, ele garante muitas vantagens, como:

  • aumento da sua remuneração;
  • investimento em marketing pessoal;
  • atualização e aprofundamento dos seus conhecimentos;
  • diferencial em relação aos demais profissionais da área;
  • possibilidades de alcançar cargos de gestão e mais estratégicos dentro da organização;
  • atrativo maior ao seu currículo.

6. Salários competitivos

Os salários na área de segurança cibernética são altíssimos, sendo uma das carreiras que mais pagam. Afinal, a demanda por esses talentos é cada vez maior, e não há profissionais suficientes para suprir essa necessidade no mercado.

Confira as médias salariais de cargos ligados à segurança cibernética, divulgadas pela Robert Half:

  • Gerente de Segurança da Informação: R$ 17.000 – R$ 34.600;
  • Gerente de Infraestrutura: R$ 13.900 – R$ 28.300;
  • Chief Information Security Officer (CISO): R$ 23.150 – R$ 47.150;
  • Arquiteto de Aplicações: R$ 10.050 – R$ 20.450.

7. Aumento de demanda de profissionais da área

Segundo a Bureau of Labor Statistics, a previsão é que o setor tenha um aumento de vagas na faixa de 18% entre 2014 e 2024.

Um estudo realizado pelo Center for Cyber Safety and Education revelou que, até 2022, haverá um déficit de 1,8 milhão de profissionais em segurança cibernética. A pesquisa afirmou ainda que 47% dos entrevistados estavam enfrentando dificuldades para encontrar pessoas qualificadas para suas vagas no setor.

Esse aumento de demanda, em contraste com a carência no mercado, já está causando impactos negativos nos serviços das empresas. O mesmo estudo constatou ainda que, no Reino Unido, 46% das empresas sentiam os efeitos nos seus clientes, e 45% delas detectaram violações de segurança em virtude da falta de pessoal qualificado.

Uma vez que a cibersegurança é uma área de rápido crescimento, a falta de profissionais qualificados se torna ainda mais crítica. Assim, profissionais de TI que se especializam em segurança cibernética saem na frente no mercado de trabalho e têm maiores condições de garantir uma carreira de sucesso.

Quer saber mais sobre essa especialização? Então, acesse a página do MBA Executivo em Segurança Cibernética do Centro de Excelência em Tecnologia e Cibernética (CETEC) e tire suas dúvidas!

Precisa de mais informações?

Preencha seus dados que um consultor irá entrar em contato com você