Quer seguir a docência em Enfermagem? Saiba tudo neste post!

  • 04/nov/2019

Quer seguir a docência em Enfermagem? Saiba tudo neste post!

Seguir a docência em Enfermagem é algo ao mesmo tempo gratificante e provocador. O grande desafio é articular as diferentes metodologias de ensino para estimular a criatividade dos alunos e produzir conhecimento. Já a recompensa para o profissional docente é ser o protagonista da relação ensino-aprendizagem, contribuindo para a transformação social por meio de sua prática diária.

Para tanto, a carreira docente exige habilidades específicas adquiridas em cursos de formação na área, como os de especialização em Enfermagem.

Neste post, esclarecemos tudo sobre a carreira docente, traçando um panorama do mercado atual e explicando como se tornar um profissional bem-sucedido no ramo. Acompanhe a leitura e inspire-se com essa profissão!

O que é docência em Enfermagem?

Toda atividade docente consiste na mediação entre o processo de ensino e aprendizagem. O ofício de ensinar articula conhecimentos específicos e adquiridos ao longo da carreira do professor, os quais servirão de base para construir a formação de novos profissionais de determinado ramo.

No caso da docência em Enfermagem, a profissão consiste em apresentar os conceitos da área a partir de critérios e padrões definidos, aliando teoria e prática para um desempenho eficaz. É fundamental considerar que, como o ensino da Enfermagem está diretamente relacionado ao dia a dia da profissão, não há como dissociar os aspectos teóricos e práticos na apresentação do conteúdo.

O que faz um docente em Enfermagem?

Um profissional que pretende seguir a docência em Enfermagem atuará em cursos técnicos e de graduação e pós-graduação na área, e também em setores correlatos da saúde em geral. Além disso, enfermeiros docentes poderão atuar como supervisores de estágios, pesquisadores ou especialistas em organizações públicas, privadas e ONGs.

Atuando como professor na área — seja em nível técnico, seja em nível superior —, caberá ao enfermeiro docente apresentar para seus alunos uma síntese das teorias e práticas características da profissão, estimulando a visão crítica dos estudantes no sentido de pensar a Enfermagem como uma prática social em contextos historicamente situados.

A metodologia de ensino dos docentes em Enfermagem reúne conhecimentos absorvidos durante a formação na faculdade e, em sua maioria, conteúdos apreendidos em cursos de pós-graduação. As experiências vivenciadas na prática diária em sala de aula também contribuem para o desenvolvimento da didática dos professores do setor.

Esses profissionais estão plenamente conscientes da importância de sua atuação, sobretudo em um contexto de crescimento da profissão. Dessa forma, não medem esforços para contribuir com a melhoria do processo educacional na Enfermagem, aliando conhecimentos teóricos e práticas cotidianas na aprendizagem e estímulo dos alunos.

Como é o mercado de trabalho para esse profissional?

A Enfermagem está entre as profissões mais versáteis da área da Saúde. O profissional graduado na área está apto a atuar tanto em hospitais, clínicas e ambulatórios, quanto em empresas privadas e ambientes domiciliares que necessitem da sua função. Nesse ofício, é dever do enfermeiro dar total suporte e assistência em tratamentos médicos e na administração de medicamentos.

Muitas vezes, os enfermeiros também assumem cargos de supervisão e gestão de serviços de saúde em vários níveis de complexidade, atuando desde postos de saúde de bairro até grandes instituições hospitalares. Já no caso dos profissionais que optam pela docência em Enfermagem, o ramo de atuação se expande para as instituições de ensino, como em cursos técnicos, faculdades e pós-graduação.

Como vimos, nesses departamentos o enfermeiro docente se responsabiliza pela formação de novos profissionais da área, com base em metodologias específicas que estimulem o pensamento crítico dos alunos e produzam conhecimento pertinente ao ramo de atuação.

A média salarial para quem assume a docência em Enfermagem gira em torno de R$ 3.192,00, de acordo com o site Vagas. Segundo esse levantamento, o salário de um enfermeiro docente é diretamente proporcional ao seu nível de experiência na área, de modo que profissionais com mais tempo de mercado chegam a ganhar mais de R$ 4.000,00 mensais.

O site também aponta um dado interessante: apenas 10% dos profissionais que responderam a pesquisa trabalharam como enfermeiros antes de assumir a docência. Isso sugere que a opção por seguir a carreira docente vem desde a época da faculdade, de modo que o aluno já ingressa no curso com a intenção de se tornar um professor de Enfermagem.

Como se tornar um docente em Enfermagem?

Por se tratar de uma profissão que, como todas as outras, demanda habilidades e conhecimentos específicos, é fundamental fazer um curso de pós-graduação na área para se tornar um docente em Enfermagem. Em seguida, vamos explicar como funciona essa formação para você entender por que ela é tão importante no seu currículo.

Pós-graduação em Docência em Enfermagem

A pós-graduação EAD em Docência em Enfermagem tem o objetivo de capacitar enfermeiros para atuação como docente em diferentes cursos de graduação e pós-graduação na área da Saúde. Ao concluírem a formação, os profissionais estarão aptos para atuar como especialistas em docência em Enfermagem.

O processo de ensino e aprendizagem é totalmente focado no aluno, com materiais didáticos disponibilizados em diversos formatos para que ele possa aproveitar ao máximo o curso, de acordo com suas preferências. O professor faz o acompanhamento individual de cada estudante, avaliando, orientando e motivando os alunos durante todo o percurso.

O curso é 100% online, com carga horária total de 360 horas. Ocorre um encontro presencial para a realização de prova e não há exigência de desenvolvimento de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). As disciplinas são oferecidas sequencialmente, sem a condição de pré-requisitos entre elas. Estas são as matérias da grade curricular da pós-graduação:

  • Desenvolvimento Profissional;
  • Docência do Ensino Superior;
  • Docência em Enfermagem;
  • Docência no Ensino Técnico;
  • Educação para a Saúde Pública e Comunitária;
  • Planejamento Pedagógico e Avaliação do Aprendizado;
  • Práticas Pedagógicas e Tecnologias na Educação;
  • Saúde Preventiva e Promoção da Saúde;
  • Tendências Atuais da Educação.

Reforçamos que é fundamental escolher uma instituição devidamente credenciada pelo Ministério da Educação (MEC) para fazer o curso. Isso garante uma formação de qualidade e compatível com as demandas do atual mercado de trabalho. Conhecendo bem a rotina da profissão e tomando esses cuidados básicos, você já está pronto para realizar seu sonho de seguir a docência em Enfermagem!

Ficou interessado? Então aproveite e entre em contato conosco para conhecer nossa pós-graduação na área!

Powered by Rock Convert

Precisa de mais informações?

Preencha seus dados que um consultor irá entrar em contato com você