Connect with us

Especialize-se

Fisioterapia Cardiovascular: entenda por que é uma área em ascensão

Pós-graduação em Fisioterapia Cardiovascular: conheça os diferenciais do curso e entenda por que esta é uma área em ascensão no mercado!

fisioterapia cardiovascular
Tempo de Leitura: 4 minutos

A Fisioterapia Cardiovascular é um dos tratamentos essenciais na reabilitação de pacientes portadores de cardiopatia. A prática melhora a condição física, mental e social desses indivíduos, permitindo que tenham mais qualidade de vida e independência nas tarefas do dia a dia.

O atendimento, no geral, contempla exercícios de baixa intensidade, com foco na prevenção de complicações no quadro clínico e, também, no controle do estresse em relação aos fatores de risco desse tipo de doença. A atuação do fisioterapeuta inicia-se após uma avaliação que inclui anamnese, exercício físico e testes de aptidão.

Com essa descrição, já deu para perceber que a Fisioterapia Cardiovascular é um dos setores que sempre terão demanda no mercado. Portanto, se você já pensou em fazer uma pós na área da saúde, saiba que vale muito a pena investir nessa opção. Continue a leitura e entenda tudo sobre o curso!

Como está o mercado de reabilitação cardíaca?

Para além dos médicos cardiologistas, há uma série de profissionais envolvidos nos tratamentos de reabilitação cardíaca, como nutricionistas, psicólogos e fisioterapeutas. Todos têm vaga garantida no mercado, sobretudo se considerarmos que as doenças cardiovasculares estão entre as principais causas de mortalidade em todo o mundo.

Nesse contexto, o trabalho do fisioterapeuta consiste, antes de tudo, em evitar a progressão da doença a partir de um programa de exercícios personalizados, além de minimizar possíveis sequelas, como no caso de pacientes que sofreram infarto. Embora seja um ofício essencial, há poucos profissionais especialistas nessa área.

Com o mercado carente desse tipo de força de trabalho, a oferta de vagas acaba sendo bastante numerosa. Por isso, investir em uma pós-graduação em Fisioterapia Cardiovascular é uma opção certeira para quem busca estabilidade no mundo do trabalho — sem falar no impacto social de atuar em uma profissão nobre da área da saúde, que alia teoria e prática para promover o bem-estar das pessoas.

Quais as possibilidades de atuação do fisioterapeuta cardiovascular?

Como vimos, o trabalho desses profissionais é muito requisitado no tratamento de pacientes pós-infartados e submetidos a cirurgias cardíacas em geral. As principais possibilidades de atuação são, portanto, nos hospitais — seja na carreira pública, seja na carreira privada. O trabalho em home care também é bastante frequente, sobretudo nos casos em que o paciente tem alta, porém, ainda precisará de acompanhamento regular.

Centros cirúrgicos

A demanda por fisioterapeutas cardiovasculares nos centros cirúrgicos, unidades de terapia intensiva e unidades coronarianas cresceu bastante nos últimos anos. Isso se deve, em grande parte, aos avanços científicos, que comprovam que esse tipo de fisioterapia é crucial para a prevenção e reversão de complicações nos procedimentos operatórios.

Clínicas e consultórios

As clínicas e consultórios particulares também são locais com lugar cativo para fisioterapeutas especialistas. Nesse caso, eles atuam oferecendo tratamento pré-cirúrgico, com foco na eliminação dos riscos de parada cardíaca durante a operação, por exemplo. Além disso, com o tratamento preventivo, é possível evitar, também, as perdas musculares do pós-operatório, encurtando o tempo de reabilitação do paciente.

Home care

O atendimento home care (em domicílio) é uma forte tendência no ramo da fisioterapia, independentemente da especialidade. Mas, no caso da Fisioterapia Cardiovascular, esse tipo de atendimento, além de mais flexível, também poderá ser necessário. Isso, porque, em algumas situações de pós-operatório, o paciente fica impossibilitado de se deslocar até a clínica ou consultório para ser atendido.

Como é a pós-graduação em Fisioterapia Cardiovascular?

A pós-graduação em Fisioterapia Cardiovascular tem duração média de 360 horas. O foco geral do curso é capacitar fisioterapeutas para atuarem como especialistas no tratamento de pacientes portadores de doenças cardiovasculares, contribuindo para a reabilitação e manutenção da qualidade de vida desses indivíduos. Entre os objetivos do curso, destacam-se:

  • ampliar a compreensão de concepções acerca da reabilitação cardiovascular e refletir sobre as respectivas implicações para o exercício da Fisioterapia;
  • analisar os fundamentos da Fisioterapia Cardiovascular com base no contexto social, histórico, econômico e cultural que os consolidaram;
  • aprofundar os conhecimentos sobre Fisioterapia Cardiovascular a partir das novas necessidades educacionais e implicações teóricas e metodológicas;
  • desenvolver atividades de pesquisa científica na área de Fisioterapia Cardiovascular, apresentando autonomia intelectual e espírito investigativo;
  • favorecer a formação crítica e criativa do aluno pós-graduando, destacando seu papel profissional, ético e social como fisioterapeuta cardiovascular.

Como funciona o curso na modalidade EAD?

A modalidade EAD é a solução ideal para quem precisa de flexibilidade nos estudos, principalmente considerando que não dá para abrir mão do trabalho enquanto se está fazendo o curso. Nesse sentido, uma pós 100% online é muito vantajosa porque permite ao pós-graduando montar seu próprio cronograma de estudos sem prejudicar os demais compromissos da sua rotina.

Quanto à validade do diploma, é exatamente a mesma de um curso presencial. Portanto, não há motivo para se preocupar, desde que você escolha uma instituição de ensino confiável, que forneça certificados reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC) e seja referência na modalidade EAD.

Um bom curso a distância é aquele que disponibiliza material didático em formatos compatíveis com a realidade do aluno, além de manter os professores e tutores sempre de prontidão para fazer o acompanhamento individual de cada estudante. Assim, a motivação é constante, e nenhuma dúvida ficará pendente.

A pós-graduação em Fisioterapia Cardiovascular não exige Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), até porque o programa é voltado para profissionais graduados. Além disso, muitos já estão em atuação no mercado. As atividades avaliativas acontecem em todas as disciplinas, sempre sob a orientação do professor/tutor.

Os conteúdos são oferecidos sequencialmente, mas sem pré-requisitos entre eles. Estas são as disciplinas contempladas na grade curricular do curso:

  • Abordagem Fisioterapêutica na Clínica Médica e UTI;
  • Desenvolvimento Profissional;
  • Eletrocardiografia e Farmacologia Cardiovascular;
  • Fisiologia e Fisiopatologia Cardiovascular;
  • Métodos e Técnicas em Reabilitação Cardiovascular;
  • Objetivos e Fases da Reabilitação Cardíaca: A Função do Fisioterapeuta.

Agora que você já conhece os diferenciais dessa pós-graduação, não restam dúvidas de que o custo-benefício dela compensa, sobretudo porque faltam profissionais especialistas no mercado. Então, se você pretende dar aquele upgrade na carreira e tornar-se referência no assunto, esse pode ser o curso que faltava no currículo!

Ficou interessado? Visite nosso site e saiba mais sobre o curso de pós-graduação em Fisioterapia Cardiovascular!

5/5 - (2 votes)

Comentários

QUER SABER SOBRE OS MAIS DE 1.800 CURSOS A DISTÂNCIA?

Saiba mais sobre os cursos de Pós-Graduação EAD

Saiba mais sobre os cursos de Graduação EAD


unyleya.edu.br