Já pensou em ser um gestor ambiental? Saiba mais sobre essa carreira!

  • 02/out/2019

Já pensou em ser um gestor ambiental? Saiba mais sobre essa carreira!

Já imaginou se você pudesse seguir uma profissão que une retorno financeiro e cuidado com a natureza? Se essa ideia faz seus olhos brilharem, chegou a hora de saber o que é a Gestão Ambiental e como é o trabalho nessa área!

Nesse artigo, vamos contar para você os melhores detalhes sobre essa carreira, quais são as áreas de atuação, como está o mercado de trabalho e, acima de tudo, como você pode se tornar um gestor ambiental. Ficou curioso para entender tudo sobre essa profissão? Então, confira este post até o fim!

O que é Gestão Ambiental?

É muito comum não entender exatamente o que é a Gestão Ambiental. Resumidamente, é a área que se dedica a entender a relação do ser humano com o meio ambiente, analisar os impactos da ação do homem e buscar o equilíbrio nesse espaço. Logo, é a profissão para quem deseja trabalhar com preservação ambiental, desenvolvimento sustentável e políticas que permitam que a sociedade possa se desenvolver gerando os menores danos possíveis.

O que faz um gestor ambiental?

O gestor ambiental é quem vai se responsabilizar pelo estudo das formas de utilizar os recursos naturais a favor da vida humana, ao mesmo tempo em que visa reduzir os riscos de perdas ao ecossistema. Dessa forma, podemos dizer que esse profissional trabalha para que a economia, a sociedade e o meio ambiente atuem em conjunto.

Além disso, um gestor ambiental pode atuar em diversos setores específicos para determinadas atividades. Conheça, a seguir, algumas das principais áreas nessa carreira.

1. Certificação ambiental

Um dos objetivos da Gestão Ambiental é garantir que as empresas estão trabalhando em conformidade com as políticas necessárias para a preservação dos recursos naturais. Por esse motivo, existem certificações que são emitidas por órgãos específicos e, assim, comprovam que a organização trabalha de forma regularizada.

Para atuar nesse ramo da profissão, o gestor ambiental deve conhecer a fundo as licenças que são exigidas e precisa entender a legislação ambiental vigente. Isso é importante porque ele será o responsável por fazer todo o controle e análise das atividades que são realizadas. Além disso, também deve atualizar as licenças conforme a necessidade de renovação e fiscalizar se as diretrizes estão sendo cumpridas no decorrer do tempo.

2. Políticas públicas

O setor público também traz oportunidades para quem se forma em Gestão Ambiental. Nessa área, o trabalho normalmente envolve a elaboração das políticas que determinam as normas de uso e preservação dos recursos naturais.

O gestor que trabalha com as políticas públicas também atua em conjunto com profissionais de outras áreas, como engenheiros ambientais e biólogos. Além disso, é preciso manter um relacionamento com empresas e com a sociedade, de modo que possa garantir o cumprimento das diretrizes que asseguram a proteção ambiental.

3. Extração de recursos naturais

Existem empresas do setor industrial que precisam extrair recursos naturais que servem como matéria-prima para os produtos que fabricam. Entretanto, é preciso que um gestor ambiental supervisione os processos realizados pela indústria extrativista. Isso é necessário porque ele é o profissional que possui conhecimentos essenciais para identificar quando determinada técnica ou equipamento pode gerar impactos irreversíveis ao meio ambiente. Sendo assim, o trabalho nesse setor envolve atividades analíticas, organização e planejamento.

4. Recuperação de áreas degradadas

Nem sempre os recursos naturais são utilizados pelas empresas e pelos seres humanos da forma mais adequada. Com isso, a biodiversidade pode ser afetada de diversas formas, como mudanças climáticas, extinção de espécies de animais e desmatamento. 

Todos esses problemas podem afetar a sociedade em geral, portanto, é essencial que os gestores ambientais atuem na recuperação dessas áreas que sofreram degradação. Assim, quem trabalha nessa área deve realizar pesquisas para entender as causas dos danos e o nível de gravidade deles, de forma que seja possível elaborar ações de recuperação a curto, médio e longo prazo.

5. Educação ambiental

Desenvolver programas de preservação ambiental e conscientização pública também é uma opção de trabalho para o gestor ambiental, permitindo que a importância do meio ambiente também seja de conhecimento da população. Assim, é possível atuar em empresas privadas, no setor público ou, inclusive, em ONGs, por meio da produção de materiais e realização de workshops, eventos e palestras envolvendo o assunto.

Como é o mercado de trabalho para o gestor ambiental?

Nos últimos anos, os impactos causados ao meio ambiente tornaram a área ambiental bastante promissora, afinal, é preciso desenvolver novas formas de evitar problemas futuros e recuperar a estabilidade no ecossistema. Por conta disso, o mercado de trabalho para os gestores ambientais oferece oportunidades tanto no setor público, quanto no setor privado.

Também é válido ressaltar que, além das 5 áreas de atuação que mostramos para você, existem empresas que buscam consultorias particulares de gestores que possam instruí-las em seu trabalho. Ademais, caso queira se especializar ainda mais na área, você pode fazer uma pós-graduação e aumentar o seu retorno financeiro.

Como se tornar um gestor ambiental?

Para atuar profissionalmente nessa carreira, é preciso cursar a faculdade de Gestão Ambiental, que é um curso superior de grau tecnólogo. Ao contrário da maioria dos cursos superiores, esse tem duração total de 2 anos, nos quais as matérias estudadas são divididas em períodos semestrais. 

Sendo assim, é possível se formar em pouco tempo, desenvolver habilidades práticas durante o período de graduação e realizar estágios na área antes de se formar, o que garante maior experiência para se destacar no mercado de trabalho.

Ao sair da faculdade, você pode atuar no setor público, que normalmente realiza contratação por meio de concursos, ou no setor privado, podendo até mesmo empreender na área. Além disso, é possível estudar na modalidade de educação a distância, que garante muito mais flexibilidade em sua rotina. Dessa maneira, mesmo que tenha pouco tempo disponível em seu dia a dia, você pode estudar e se tornar um gestor ambiental.

Ao longo de sua formação acadêmica, é comum que os futuros gestores ambientais estudem disciplinas da área das Ciências Biológicas e também das Ciências Humanas. Veja alguns exemplos de matérias estudadas nessa graduação:

  • Teoria Geral da Administração;
  • Estatística Básica;
  • Ecologia e Gestão da Biodiversidade;
  • Fundamentos de Direito;
  • Gestão Ambiental e Recursos Hídricos;
  • Recuperação de Áreas Degradadas;
  • Mecanismos de Produção Limpa. 

Depois de todas essas informações, você ficou interessado em saber mais sobre essa faculdade, os aprendizados que vai adquirir ao longo do curso e todos os detalhes sobre a Gestão Ambiental? Então, leia nosso post completo sobre essa graduação e confira tudo o que você precisa saber para se tornar um gestor ambiental!

Precisa de mais informações?

Preencha seus dados que um consultor irá entrar em contato com você