Connect with us

Carreiras na Pós

Como fazer uma especialização em Psiquiatria? Descubra!

especialização em psiquiatria
Tempo de Leitura: 4 minutos

O psiquiatra é o profissional de medicina que se dedica ao diagnóstico e ao tratamento das doenças mentais. É uma área muito importante, tendo em vista que as patologias da mente impactam tanto a vida do indivíduo quanto os problemas físicos. Sendo assim, há um mercado com alta demanda para pessoas que buscam uma especialização em Psiquiatria. 

A área da saúde mental está cada vez mais em evidência. As pessoas estão deixando para trás as visões equivocadas sobre os transtornos da mente e passando a assumir que isso é assunto sério e que precisa de acompanhamento especializado. Nesse cenário, psiquiatras e psicólogos têm sido procurados com mais frequência. 

Neste post, você vai saber mais sobre as possibilidades de especialização em Psiquiatria. Confira! 

Como é o mercado de trabalho em Psiquiatria?

Se formos analisar o mercado de trabalho, podemos afirmar que, sem dúvidas, vale a pena atuar nessa área. A Medicina, em todas as suas especialidades, é indispensável para a sociedade. Além disso, com a prevalência crescente de transtornos emocionais, como ansiedade e depressão, os profissionais de saúde mental têm ganhado mais espaço. 

A alta empregabilidade dos especialistas em Psiquiatria vem acompanhada de ótimos ganhos. A remuneração de um médico dessa área é bem atrativa, dependendo do local de atuação e da carga horária de trabalho. 

Outro ponto interessante no mercado para psiquiatras são as amplas possibilidades de atuação. Os profissionais podem ter seu consultório particular, mas também são requisitados em outros contextos, conforme veremos a seguir. 

Quais são as áreas de atuação para os psiquiatras?

Quem faz especialização em Psiquiatria pode seguir diferentes caminhos, incluindo atendimento em clínica particular, atendimento em hospitais, em Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) e outros espaços. 

Em clínica ou consultório próprio, os psiquiatras podem atender particular ou conveniado por planos de saúde. Em hospitais públicos ou privados, esses profissionais são necessários no pronto-socorro, em casos de urgências e emergências psiquiátricas, bem como no acompanhamento de pacientes internados. 

Pessoas com especialização em Psiquiatria são, ainda, requeridas nos CAPS, unidades mantidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e destinadas a pacientes psiquiátricos de maior gravidade ou com dependência química. 

Fora da área da saúde, os psiquiatras também podem seguir carreira. Por exemplo, a Psiquiatria forense ou jurídica tem importante papel em investigações policiais e processos penais. Outro caminho é a carreira acadêmica para quem deseja atuar como pesquisador ou docente em universidades. 

Quais são as subespecialidades da Psiquiatria?

Quem opta pela especialização em Psiquiatria pode afunilar ainda mais seus conhecimentos e atuar nas subespecialidades da área. Veja abaixo quais são elas.

Psicogeriatria

Destina-se ao cuidado dos transtornos que afetam as capacidades mentais dos idosos, ou seja, as mudanças cognitivas associadas ao envelhecimento, como as demências e o mal de Alzheimer. 

Psiquiatria da infância e adolescência

Especialidade voltada para o diagnóstico e o tratamento de doenças psiquiátricas que afetam o público mais jovem, incluindo depressão, transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), entre outros. 

Psicoterapia

Tanto os psicólogos quanto os psiquiatras podem atuar como psicoterapeutas, desde que tenham o preparo para isso e o domínio de técnicas que são empregadas para ajudar os pacientes a lidarem com seus conflitos psíquicos. 

Psiquiatria forense

Profissionais dessa área são importantes para auxiliar em investigações policiais, pois traçam o perfil de suspeitos, avaliam as vítimas e fornecem laudos técnicos que são utilizados como provas em processos jurídicos. 

Medicina do sono

Área que avalia os distúrbios relacionados ao sono, incluindo insônia, sonolência excessiva e parassonias, como o sonambulismo. Além dos psiquiatras, médicos de outras áreas podem se aprofundar nessa subespecialidade. 

Além das 5 que listamos aqui, há ainda outras linhas específicas nas quais os psiquiatras podem atuar, por exemplo: transtornos de sexualidade, transtornos de personalidade, dependência química, entre outras. 

Como funciona a especialização em Psiquiatria?

Profissionais com formação em Medicina que querem trabalhar com Psiquiatria podem alcançar esse objetivo de duas formas: realizando a residência médica na área ou uma pós-graduação

Portanto, a especialização em Psiquiatria é destinada restritamente a médicos graduados e com diploma reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). O curso tem duração de aproximadamente 12 meses, com carga horária total de 480 horas. 

A pós-graduação é encontrada na modalidade de educação a distância (EAD), com aulas 100% online, o que facilita a vida dos profissionais que já lidam com uma rotina de trabalho, muitas vezes extenuante. 

Durante o curso, os profissionais têm contato com os seguintes temas: 

  • Dependência Química; 
  • Emergências Psiquiátricas; 
  • Psicopatologia; 
  • Temas em Psicoterapia; 
  • Psiquiatria da Infância e Adolescência; 
  • Psiquiatria Forense; 
  • Saúde Mental do Idoso e da Mulher; 
  • Noções Gerais do Sono e seus Transtornos; 
  • Transtornos de Ansiedade; 
  • Transtornos do Humor; 
  • Transtornos de Personalidade; 
  • Transtornos Psicóticos. 

Como escolher um curso de especialização em Psiquiatria?

A saúde mental requer tanta atenção quanto a saúde física. Entretanto, nem todas as pessoas têm fácil acesso aos profissionais que avaliam e tratam as desordens da mente. Em regiões com alta vulnerabilidade socioeconômica, principalmente, a maior parte dos indivíduos que desenvolve patologias psiquiátricas não recebe o devido tratamento. 

Diante da demanda crescente, quem busca uma especialização em Psiquiatria pode fazer diferença não somente na própria carreira como também na sociedade. Assim, a pós-graduação oferece aos profissionais os recursos necessários para aprofundar o conhecimento científico acerca dos transtornos mentais. 

Para escolher a melhor pós-graduação, você precisa contar com uma instituição de qualidade, que seja reconhecida e ofereça uma experiência rica aos profissionais que querem se especializar e expandir seus conhecimentos. 

A pós-graduação médica em Psiquiatria deve preparar os profissionais para darem esse importante passo na carreira, mas sem prejudicar sua rotina. Nesse sentido, encontrar um curso que tenha a flexibilidade da modalidade EAD é algo vantajoso. 

Observe os seguintes pontos para escolher um curso de especialização: 

  • reconhecimento da instituição pelo MEC; 
  • qualificação e experiência do corpo docente;  
  • modalidade de ensino; 
  • disponibilização dos conteúdos e recursos digitais; 
  • grade curricular. 

Como você viu neste post, a especialização em Psiquiatria é um passo seguro para os médicos que querem avançar na carreira. Além disso, é uma área de grande relevância para a sociedade, tendo em vista o número crescente de pessoas com transtornos mentais. 

O que você acha da possibilidade de se especializar em Psiquiatria? Já pensou em seguir essa carreira? Comente aqui no post! 


Comentários

QUER SABER SOBRE OS MAIS DE 1.800 CURSOS A DISTÂNCIA?

Saiba mais sobre os cursos de Pós-Graduação EAD

Saiba mais sobre os cursos de Graduação EAD


unyleya.edu.br
Guia completo para escolher o curso e a faculdade ideais sidebar

Copyright Unyleya ©. Todos os direitos reservados.