Saiba o que é a metodologia ativa e como aplicá-la

  • 19/jul/2019

Saiba o que é a metodologia ativa e como aplicá-la

Os métodos de ensino estão sempre mudando, à medida que novas técnicas têm sua eficácia confirmada. Nesse cenário, a metodologia ativa tem ganhado cada vez mais destaque. Na educação a distância, principalmente, a metodologia ativa tem bastante espaço, uma vez que essa modalidade de ensino por si só já exige técnicas diferenciadas. Isso ajuda a difundir o conceito em todas as esferas da educação.

Mas você sabe em que consiste esse método e como ele é aplicado? Este artigo traz essas e outras informações relevantes sobre o assunto. Por isso, continue lendo e confira!

O que é a metodologia ativa?

A metodologia ativa é um processo de ensino-aprendizagem no qual o aluno é colocado como protagonista e o professor assume um papel de suporte. Assim, a autonomia do aluno é estimulada de forma que ele seja capaz de construir o próprio conhecimento.

O professor continua a ser o responsável por direcionar o aluno, mas sempre permitindo que ele faça descobertas que colaborem para sua formação. Desse modo, os momentos de estudo se prolongam muito além dos horários das aulas, de uma maneira integradora e estimulante para o aluno.

Quais são as principais diferenças em relação ao método tradicional de ensino?

No método tradicional, a construção do conhecimento gira em torno do professor, que o transmite em uma sala de aula para alunos que se ocupam com anotações ou mesmo com alguma distração. Após certa quantidade de aulas expositivas, uma avaliação é aplicada para averiguar o que os alunos supostamente aprenderam.

A passividade dos estudantes, nesse caso, é praticamente inevitável. A metodologia ativa, por outro lado, não permite que isso aconteça. Os alunos são incentivados o tempo todo a fazerem pesquisas, leituras e atividades desafiadoras. Consequentemente, os encontros com o professor se transformam em momentos de um debate enriquecedor para o processo de ensino-aprendizagem.

Como essa metodologia pode ser aplicada?

Como mencionado, a metodologia ativa foca no protagonismo dos alunos na construção do conhecimento. A seguir, veja alguns exemplos de como isso funciona na prática.

Sala de aula invertida

Nessa metodologia, também chamada de flipped classroom, o estudante entra em contato com o conteúdo curricular antes da aula na qual o tema será abordado. Assim, ele deve estudá-lo por conta própria, levantando questionamentos que possam ser levados para a posterior discussão com o professor e os colegas.

É importante deixar claro que isso não significa que o aluno terá apenas uma pilha de material para ler nas horas vagas. Na sala de aula invertida, podem ser utilizados materiais diferenciados, como vídeos, imagens e outros recursos que chamem a atenção do discente.

Problemas

Mais uma vez, os assuntos são estudados em casa, enquanto as aulas são reservadas para outra atividade — a resolução de problemas. Para tanto, os alunos se deparam com uma situação desafiadora que exige a participação de todos para ser solucionada.

Nesse contexto, o aluno utiliza a tecnologia e os livros, entre outros recursos, para investigar e estudar o problema. O professor, por sua vez, fica incumbido de monitorar as atividades e colaborar com as reflexões relacionadas a elas, mas sem nunca tirar o protagonismo dos estudantes.

Projetos

Enquanto a resolução de problemas se limita ao campo teórico, a aprendizagem por meio de projetos pede que as teorias sejam aplicadas na prática. O professor deve ter o cuidado de permitir que os alunos encontrem as soluções por si mesmos, enquanto fica à disposição para indicar pontos de erros e acertos, bem como fornecer um feedback construtivo.

Estudos de caso

Os estudos de caso também partem da resolução de problemas, mas, dessa vez, se baseia em situações do mundo real. O professor, então, apresenta essas situações para que os alunos façam uma análise baseada nos conhecimentos adquiridos. Isso é muito importante para estimular a resolução de problemas na vida real.

Quais são os benefícios de adotar a metodologia ativa?

A eficácia dessa metodologia pode ser comprovada com a observação de diversos benefícios, como você pode observar.

Maior flexibilidade de atividades

A inserção da metodologia ativa abre o leque de possibilidades tanto para o professor quanto para o aluno. As tradicionais aulas expositivas perdem espaço para atividades diversificadas que podem desenvolver novas habilidades nos alunos.

Maior interação do aluno

As atividades propostas nessa metodologia demandam uma maior participação do aluno durante a aula e fora dela. Para acompanhar os conteúdos, ele precisa interagir com o próprio material didático, aproveitando todos os recursos de que dispõe.

Melhor retenção do conteúdo

Em aulas expositivas, é comum que o aluno se distraia e não acompanhe todo o conteúdo como deve. Na metodologia ativa, porém, ele não pode deixar de estudar por conta própria, dando a devida atenção aos assuntos. Além disso, ao aplicar os conhecimentos nas atividades, é possível reter melhor tudo o que foi estudado.

Desenvolvimento da autonomia

As atividades que levam o aluno a colocar os conhecimentos em prática também ajudam a desenvolver sua autonomia. Ele é levado a enfrentar situações muito próximas da realidade, o que funciona como um treinamento para quando for preciso enfrentar desafios concretos.

Nova visão do aprendizado

Outro benefício interessante da metodologia ativa é a mudança que ela opera na forma como o estudante enxerga o processo de ensino-aprendizagem. As aulas passam a ser mais instigantes e o aprendizado ganha um ar mais tranquilo, sem receio por parte dos alunos que enfrentam dificuldades em assimilar os conteúdos com as aulas expositivas.

Como o desenvolvimento social é promovido por meio da metodologia ativa?

Além das vantagens acadêmicas que os estudantes obtêm com essa metodologia, seu desenvolvimento social também é beneficiado. Por meio das atividades que partem de situações reais ou virtuais, os alunos aprimoram seu pensamento crítico e sua autoconfiança. Essa problematização ajuda a prepará-los para superar desafios reais, sempre com base na investigação, no estudo e na reflexão.

Portanto, fica evidente que a metodologia ativa traz grandes benefícios para a formação do estudante, tanto no âmbito pessoal quanto no acadêmico. Caminhando lado a lado, aluno e professor têm a possibilidade de transpor limites que até então eram impostos pela metodologia tradicional e, assim, alcançar um crescimento ainda maior.

Então, gostou de conhecer a metodologia ativa? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais e divida essa novidade com os seus amigos!

Precisa de mais informações?

Preencha seus dados que um consultor irá entrar em contato com você

Nosso App

Nossas Redes Sociais