Entenda por que você deve se preocupar com sua rotina de estudos

  • 13/fev/2019

Entenda por que você deve se preocupar com sua rotina de estudos

Dia a dia atribulado, com inúmeros compromissos, quem não passa por isso? Diante de tantas tarefas diárias, estabelecer uma rotina de estudos pode ser um problema. Se esse é o seu caso, não entre em desespero! É possível organizar suas atividades, melhorar o rendimento e ainda encontrar tempo para descansar.

Quer saber como? Não existe uma fórmula mágica. Gestão de tempo, planejamento e disciplina são os ingredientes dessa receita. Continue acompanhando o post e veja algumas práticas essenciais que não podem faltar na rotina de um estudante empenhado. Vamos lá?

Quais as vantagens de estabelecer uma rotina de estudos?

Se você tem um cotidiano movimentado, com múltiplos afazeres para dar conta, sabe o quanto é difícil conciliar trabalho, estudos e vida pessoal. Ou alguns compromissos ficam em segundo plano, ou você consegue cumprir todas as atividades sem uma sobra mínima de tempo para relaxar.

O problema de viver com a rotina totalmente preenchida, correndo contra o tempo, é que isso causa um intenso desgaste físico e mental. Você pode até não perceber de imediato, mas aos poucos o seu organismo começa a emitir sinais de esgotamento. Essa é a porta de entrada para quadros de estresse e ansiedade, entre outros mais.

Mas você pode evitar boa parte desse cansaço e equilibrar seus horários e compromissos, mesmo que tenha jornada dupla ou tripla. Os resultados positivos serão vistos em todas as áreas da sua vida. Sem contar que, ao organizar sua rotina, pode sobrar uns minutos para fazer algo prazeroso, como tomar um banho mais demorado, assistir a um episódio da sua série favorita ou dar uma volta para espairecer.

Em relação à rotina de estudos, a realização de um planejamento eficaz leva a vários ganhos, como: aprender a gerir o tempo; preparar-se com antecedência e ficar com as atividades acadêmicas em dia; assimilar com mais facilidade os diferentes conteúdos; reforçar o aprendizado autônomo, entre outras vantagens.

Como se organizar diariamente para estudar?

Na teoria tudo parece fácil, concorda? Mas, e na prática, será que é possível estabelecer uma rotina de estudos com eficiência? Claro que sim! Essa não é uma missão impossível. Basta ter um pouco de gestão e disciplina. Para isso, veja agora alguns pontos que não podem ser ignorados.

Faça um bom planejamento

O ponto central de uma rotina de estudos produtiva é o planejamento. É preciso avaliar as prioridades, organizar suas atividades e montar um cronograma. Sem esse gerenciamento prévio, você corre o risco de se dedicar somente às matérias que mais despertam seu interesse, em detrimento das demais.

Na hora de planejar seus estudos, também é importante considerar o que é urgente e o que pode ser adiado. Um cronograma com datas e ciclos definidos é essencial para alcançar bons resultados. Dessa forma, você consegue abranger todos os conteúdos e se preparar dentro do prazo de cada atividade — avaliações, projetos de pesquisa, apresentação de trabalho etc.

Delimite horários

Separar um horário exclusivo para estudar é um dilema para quem tem a rotina atribulada. Boa parte dos estudantes universitários já tem ocupações com emprego, família, tarefas de casa e outros compromissos. Claro que a falta de tempo é um obstáculo no cotidiano das pessoas, mas isso pode ser solucionado.

Se você souber fazer uma boa gestão dos seus horários, é possível conciliar todas as atividades — acadêmicas, profissionais e pessoais. Da mesma forma que elaborar cronograma específico para os estudos, é aconselhável que você faça um planejamento para todos os outros compromissos diários.

Delimitar horários para começar e terminar cada tarefa, sobretudo o período reservado aos estudos, é um ponto fundamental da gestão de tempo. Feito isso, fica bem mais fácil se programar e avaliar quantas horas você gasta com cada atividade, assim como observar o que pode ser ajustado na sua rotina.

Torne o ambiente propício

Um fator indispensável para ter eficiência em sua rotina de estudos é o local em que você realiza suas atividades. O ambiente deve ser adequado e preparado para facilitar sua concentração. Você pode optar por qualquer espaço da casa — quarto, sala, escritório — desde que seja organizado, com boa iluminação e sem estímulos que causem distração.

Mas será que o ambiente realmente interfere nos resultados? Sim! Você pode até conseguir estudar em um lugar tumultuado, com televisão ligada ou pessoas conversando. Mas a sua atenção será desviada com facilidade, prejudicando a produtividade e a memorização do conteúdo.

Evite distrações

Como você acabou de ler no tópico anterior, é importante que o local de estudos seja tranquilo e sem interferências. Acontece que apenas fugir da circulação de outras pessoas pode não ser o suficiente. Muitas das fontes de distração estão conosco o tempo todo, como o celular ou o próprio computador que você utiliza para estudar.

Então, durante o horário de estudos, coloque o smartphone no silencioso ou no modo avião e nem pense em fazer login em redes sociais no computador. Mantenha o foco somente nas matérias que você precisa assimilar. Lembre-se também de que qualquer distração provoca a procrastinação, o que é totalmente improdutivo para suas tarefas.

Revise os conteúdos

Elabore estratégias eficientes de revisão. Não basta reler as matérias no piloto automático, sem realmente absorver as informações. Você pode testar diferentes métodos para fixar o conteúdo aprendido. Questionários, palavras-chave, resumos e anotações com suas próprias palavras são alguns exemplos de práticas que reforçam o aprendizado de maneira simples.

Outra opção para obter compreensão dos temas estudados é buscar diferentes fontes. Não fique limitado aos tradicionais livros e apostilas. Procure opções mais dinâmicas, como filmes, canais no YouTube, aplicativos, documentários, entre outros. Isso pode deixar sua rotina de estudos mais interessante e proveitosa.

Valorize as pausas

Lembre-se que você não é uma máquina e não pode programar o seu cérebro para manter a concentração de forma ininterrupta. O corpo precisa de pausa, e a mente também. Respeite seus limites e faça paradas periódicas durante os estudos.

Passar três horas estudando sem descanso, por exemplo, tende a reduzir a capacidade de atenção e memorização. O resultado disso? Fadiga mental, baixa produtividade e tempo perdido. O melhor a fazer é intercalar ciclos de atividade com breves períodos de pausa, para conseguir restaurar a energia e recuperar o foco.

Comece a inserir essas práticas no seu dia a dia e veja que estabelecer uma rotina de estudos produtiva é bem mais fácil do que parece. Assim, além de melhorar o desempenho acadêmico, você perceberá que um planejamento diário é vantajoso para todas as áreas da sua vida. E o melhor de tudo: em meio a tantos compromissos, você ainda vai encontrar um tempinho livre para relaxar!

Aprendeu a montar uma rotina de estudos eficiente? Isso é ainda mais necessário quando você precisa conciliar faculdade e emprego. E que tal agora saber como conseguir estágio nos primeiros semestres? Não perca a próxima leitura!

 

Precisa de mais informações?

Preencha seus dados que um consultor irá entrar em contato com você

Nosso App

Nossas Redes Sociais