Quer trabalhar com auditoria? Saiba mais sobre a área!

  • 02/dez/2019

O gerenciamento de qualquer empresa exige o cumprimento de regras, normas externas e legislação específica. Além disso, suas atividades devem estar em conformidade com os objetivos do negócio, e é preciso um controle rigoroso das finanças a fim de evitar prejuízos ou fraudes.

Diante dessa complexidade, ganha destaque o trabalho do auditor, que atua para analisar a situação financeira, especialmente as questões contábeis e tributárias, e os processos internos de uma organização. Dessa maneira, pode apontar irregularidades na administração e propor medidas que visam corrigir essas falhas.

Achou interessante trabalhar com auditoria? Então acompanhe nosso post e descubra as atribuições de um auditor, o mercado de trabalho nessa área, as quatro maiores empresas mundiais do ramo e o que você precisa saber para atuar no segmento!

O que é auditoria?

Para saber como é trabalhar com auditoria, temos que entender o significado desse termo. Auditar tem origem no verbo em inglês “to audit”, que quer dizer analisar, examinar, ajustar e corrigir.

A partir disso, é possível ter uma ideia do objetivo dessa atividade em uma empresa. Trata-se da análise cuidadosa de documentos, dados e processos internos, verificando sua veracidade e consistência, bem como se estão de acordo com as normas de contabilidade, obrigações fiscais e legislação. Pode ser ainda direcionada para verificar se os trabalhos executados estão em conformidade com as estratégias da organização.

No Brasil, as empresas de grande porte (que têm receita bruta anual superior a R$ 300 milhões) são obrigadas por lei a passar por auditoria externa anualmente. No caso de bancos, seguradoras e fundos de investimentos, essa verificação deve ser feita a cada seis meses, também por uma auditoria independente.

Empresas que têm ações negociadas em bolsa de valores também passam por auditoria uma vez ao ano. A ideia é assegurar aos acionistas que não há irregularidades ou problemas nas contas da companhia.

Mesmo sem ter uma obrigação, negócios de qualquer porte ou setor de atuação podem se beneficiar com essa análise de seus registros, pois é possível identificar riscos e corrigir pontos importantes em suas práticas administrativas. 

Existem dois tipos de auditoria. Veja a seguir a diferença entre eles.

Auditoria externa

É a análise realizada por uma empresa independente, que não tem nenhuma relação com a empresa auditada. Dessa forma, é possível obter um parecer imparcial atestando se a realidade financeira da organização está de acordo com seus registros contábeis ou se há sinais de fraudes, corrupção ou outra irregularidade.

Empresas de auditoria externa têm a autorização da Comissão de Valores Monetários (CVM) para atuarem no Brasil.

Auditoria interna

A auditoria interna faz o mesmo trabalho da externa, mas com o diferencial de ser uma atividade realizada por um funcionário da própria empresa. Ele fica responsável por analisar dados, documentos e todos os processos internos.

Caso detecte algum erro nas atividades, pode propor soluções imediatas para que a organização não tenha prejuízo ou qualquer problema que possa afetar até mesmo sua imagem.

O que faz um auditor?

O auditor é quem faz a análise sistemática dos registros contábeis, dados fiscais e outras operações e transações de uma empresa. Desse modo, ele analisa:

  • balanço contábil;
  • pagamentos em geral;
  • situação fiscal;
  • contratos com fornecedores e terceirizados;
  • processos de licitação;
  • cumprimento de metas;
  • atividades internas.

É um trabalho que envolve muita observação, concentração e análise de documentos e informações.

Geralmente, são os profissionais de Ciências Contábeis que estão mais preparados para trabalhar com auditoria. Contudo, aqueles da área administrativa ou finanças também podem fazer uma carreira de sucesso na área.

Como é o mercado de trabalho nessa área?

A concorrência entre as empresas é grande. Sendo assim, para se destacar, elas devem evitar, ao máximo, falhas em seus processos internos e práticas de gestão. Portanto, precisam da auditoria para que possam identificar falhas e atuar de modo mais eficiente.

Além disso, passar por uma auditoria confere um atestado de qualidade e de gestão transparente da empresa, mostrando que ela atua dentro dos princípios éticos. Assim, pode atrair investidores e parceiros e aumentar a credibilidade junto a bancos e fornecedores.

Com isso, o auditor encontra espaço em grandes corporações para trabalhar com auditoria interna ou nas empresas especializadas no ramo de auditoria externa. É preciso destacar que, além do setor privado, há demanda por auditoria no setor público.

Segundo informações do site Vagas, a média salarial para a função de auditor é de R$ 3.589,00. Profissionais com experiência no mercado e aqueles que buscam atualização constante, principalmente com cursos de pós-graduação, são mais valorizados e podem alcançar remunerações maiores.

Quais são as empresas “big four” da auditoria no mundo?

Quando se fala em auditoria, é muito comum acompanharmos nos noticiários o trabalho de quatro companhias com destaque mundial nessa área. Elas formam o chamado “big four” nesse ramo.

Confira quais são as empresas que detêm as maiores fatias do mercado nesse segmento e estão presentes em diversos países:

  • Price WaterHouse Coopers (PwC) — sede em Londres;
  • KPMG — sede em Amsterdã;
  • Ernst & Young (EY) — sede em Londres;
  • Deloitte — com sede em Nova Iorque.

No Brasil, essas quatro companhias têm uma forte atuação, com escritórios em diferentes cidades e regiões.

Como trabalhar com auditoria?

Se você almeja trabalhar com auditoria, a dica é buscar capacitação de qualidade nessa área. O mercado é amplo, mas somente quem se mantém atualizado com cursos de especialização no segmento consegue as melhores oportunidades.

Você pode cursar, por exemplo, a pós-graduação em Auditoria Empresarial, que prepara o profissional para trabalhar com Auditoria de Gestão, de Patrimônio e Tributária. Outra opção é a pós-graduação em Auditoria no Setor Público, indicada para quem quer trabalhar com órgãos governamentais. A vantagem é que ambos os cursos são oferecidos na modalidade de educação a distância (EAD).

Se você tem afinidade com a área contábil e de finanças, pode trabalhar com auditoria e fazer sucesso nessa área. As perspectivas de carreira são boas, principalmente para profissionais que realizam cursos de qualificação na área.

Gostou de conhecer uma área aquecida no mercado de trabalho? Quer ficar por dentro de outras dicas de carreira? É só assinar a nossa newsletter para receber em primeira mão conteúdos atualizados!

Precisa de mais informações?

Preencha seus dados que um consultor irá entrar em contato com você