Diploma ou certificado de conclusão de curso: conheça a diferença!

  • 06/nov/2019

Diploma ou certificado de conclusão de curso: conheça a diferença!

Uma dúvida comum no meio dos estudantes é em relação à diferença entre diploma e certificado de conclusão de curso. Você já deve ter escutado os dois termos e sabe que são documentos importantes para comprovar o nível de formação acadêmica, certo?

Com este post, vamos esclarecer essa dúvida e explicar o que difere um documento do outro. Vamos ainda abordar outra questão que também levanta dúvidas: se o diploma EAD é valorizado como o dos cursos presenciais. Além desses temas, vamos elencar alguns pontos que explicam a importância de se fazer uma graduação. Continue a leitura e confira todas essas informações!

Qual é a diferença entre diploma e certificado de conclusão de curso?

Em relação à validade para comprovação de escolaridade, tanto o diploma quanto o certificado de conclusão de curso cumprem o mesmo propósito. Portanto, ambos são aceitos para o acesso ao mercado de trabalho. Mas há alguns pontos que diferenciam os dois documentos. Entenda mais a seguir:

Diploma

O diploma é um instrumento formal e definitivo que comprova a conclusão em cursos de graduação (bacharelado, licenciatura e tecnologia) e pós-graduação stricto sensu, modalidade que abrange mestrado e doutorado.

Para que o documento tenha validade, os cursos precisam ser devidamente reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC). Além da comprovação do nível de escolaridade, esse documento ainda informa a lei de reconhecimento do curso, juntamente com outros dados, como data de conclusão e de colação de grau.

Certificado de conclusão de curso

O certificado de conclusão de curso, por sua vez, é válido como documento comprobatório final para os cursos de pós-graduação lato sensu, substituindo o diploma. Aqui constam os programas de especialização e o MBA (Master of Business Administration).

O documento confirma a formação do aluno e, com o certificado em mãos, ele pode abrir registro em conselhos de classe da profissão e iniciar a atuação no mercado de trabalho.

Quem pode emitir esses documentos?

O diploma pode ser emitido somente por Instituições de Ensino Superior (IES) que tenham cursos autorizados pelo Ministério da Educação. Sem o registro do MEC, esse documento não tem validade.

Já um certificado de conclusão de curso pode ser elaborado por qualquer unidade educacional que precise confirmar a participação do estudante em cursos de formação superior ou mesmo em eventos, como palestras, congressos, simpósios etc. Nesse documento constam informações como área de conhecimento, disciplinas ou temas abordados, carga horária e data de realização.

Há diferença entre um diploma presencial e um EAD?

A educação a distância (EAD) surgiu como uma excelente alternativa para quem pretende aumentar seu conhecimento, mas tem dificuldade em conciliar trabalho e estudos. As vantagens para o aluno que adere a essa modalidade de ensino são muitas, incluindo:

  • mais tempo livre;
  • menos gastos com mensalidade, materiais, transporte e alimentação fora de casa;
  • flexibilidade para estudar no local e no horário que desejar;
  • autonomia para conduzir os estudos no próprio ritmo.

Apesar das facilidades dos cursos a distância, muitas pessoas ainda ficam inseguras quanto à aceitação dessa formação pelo mercado de trabalho. Mas não há motivos para se preocupar, uma vez que não há diferença entre os diplomas EAD e presencial. Desde que a instituição seja credenciada e os cursos sejam reconhecidos pelo MEC, ambos os documentos têm a mesma validade para a atuação profissional.

Na verdade, algumas habilidades desenvolvidas pelo aluno que estuda sozinho são bastante apreciadas pelos empregadores. Isso acontece porque quem faz um curso a distância precisa ser responsável, comprometido com seu aprendizado e bastante organizado. Autonomia, orientação para solucionar problemas e gestão eficiente de tempo também são características de quem consegue um bom desempenho na modalidade EAD. 

Qual é a importância da graduação?

Seja na educação a distância, seja no formato presencial, o fato é que a graduação ainda é uma conquista primordial para quem pensa em construir uma carreira bem-sucedida. Quem tem um curso superior pode confirmar que a dedicação é recompensada. Tem dúvida? Então, veja algumas razões para fazer faculdade!

Aquisição de conhecimento

Todo conhecimento adquirido transforma nossa mente de alguma forma. Nesse sentido, fazer uma graduação ajuda a desenvolver o pensamento crítico, viver experiências enriquecedoras e conhecer outros contextos de vivência — não apenas no ambiente universitário, mas também em atividades externas, como estágios, programas de voluntariado, intercâmbios etc.

A passagem pelo curso superior também é propícia para desenvolver e lapidar habilidades que serão muito bem aproveitadas na performance profissional. Conheça a seguir alguns exemplos de características que são exploradas nas atividades acadêmicas:

  • trabalho em equipe;
  • concentração;
  • criatividade;
  • comunicação e capacidade para se expressar em público;
  • dinamismo;
  • disciplina;
  • habilidade para interpretar e sintetizar informações.

Capacitação para áreas específicas

Já ouviu falar que quem não sabe aonde quer chegar acaba seguindo por qualquer caminho que encontrar? No mercado de trabalho, esse é um ponto que faz muita diferença — fato que já fica evidente na triagem de currículos.

Os candidatos que deixam o objetivo profissional em branco ou colocam “à disposição da empresa”, normalmente são descartados logo de início. Isso acontece porque a falta de um direcionamento demonstra que o profissional não tem conhecimentos específicos. Portanto, fazer uma graduação é uma forma de se capacitar para atuar em uma área definida.

Chance de conseguir melhores empregos

Assim como a graduação prepara o profissional para atuar em uma área específica, ela também aumenta as chances de alcançar boas vagas de trabalho. Os melhores cargos, com os salários mais altos, sempre ficarão reservados às pessoas qualificadas — o que significa que elas têm sólida formação acadêmica, bons conhecimentos práticos, entre outras competências.

Crescimento pessoal e realização profissional

Por fim, passar por uma faculdade resulta em crescimento pessoal. Você inicia essa jornada como a pessoa que é, com seus padrões de pensamento e visões de mundo, e termina numa versão aprimorada de si mesmo, com um olhar bem mais amplo e analítico.

A realização profissional vem junto com essa evolução, graças à possibilidade de trabalhar com algo de seu interesse. Se você quer ganhar dinheiro fazendo algo que gosta, saiba que um diploma é importante para seguir sua paixão.

Conseguiu entender a diferença entre diploma e certificado de conclusão de curso? Compreendeu também as vantagens de se fazer faculdade? Esperamos que este post motive você a seguir com seu plano de carreira e a começar com uma graduação, seja no formato presencial, seja na modalidade EAD.

Para se aprofundar ainda mais nesse assunto, entenda de uma vez por todas por que um diploma de curso superior faz diferença no currículo!

Precisa de mais informações?

Preencha seus dados que um consultor irá entrar em contato com você