Você sabe o que é coaching Jurídico? Entenda a importância dessa área!

  • 28/jul/2020

Você sabe o que é coaching Jurídico? Entenda a importância dessa área!

Tempo de Leitura: 11 minutos

Sair da faculdade, abrir um escritório, mudar de carreira, desbloquear o crescimento profissional, enfim, existem inúmeras situações nas quais o coaching jurídico pode fazer a diferença. No entanto, ainda existem muitas dúvidas sobre o que é essa metodologia e como ela se aplica aos profissionais do Direito.

Também é importante entender que existem diferentes tipos de coaching. Ademais, os conhecimentos e as habilidades aplicáveis ao cenário jurídico sofrem adaptações em relação aos processos desenvolvidos em outras áreas.

A fim de conhecer a importância do coaching jurídico e por que essa especialização será um diferencial na sua carreira, continue a leitura deste conteúdo. Elaboramos um guia completo para entender o tema de uma vez por todas e avaliar uma qualificação profissional na área!

O que é coaching jurídico?

O coaching é uma metodologia voltada para o desenvolvimento, cujo foco é atender a demanda de pessoas que desejam realizações pessoais ou profissionais. Já o coaching jurídico é a aplicação dessa metodologia ao mercado do Direito, especialmente as carreiras e atividades acadêmicas.

Imagine, por exemplo, um recém-aprovado no exame da OAB. Para se preparar, o novo advogado precisa diagnosticar suas forças, fraquezas, ameaças, oportunidades e perfil, bem como entender o contexto do mundo VUCA. Além disso, como o mercado jurídico tem muitas vertentes, ele também deve escolher objetivos claros.

Definir e descrever o ponto atual (onde está) e o ponto virtual (onde quer chegar) são duas demandas atendida pelo processo de coaching. No entanto, o trabalho não se resume a isso. Concordamos que entre a pessoa hoje e o objetivo existe um caminho a ser percorrido, correto?

Pois, bem. A terceira demanda atendida é planejar o projeto e o desenvolvimento de competências. Por exemplo, para abrir um escritório, o profissional precisa juntar o capital, escolher a sala comercial, criar o plano de negócios, buscar parceiros e afins — projeto. Igualmente, tem que refletir sobre quais conhecimentos, habilidades e atitudes devem ser adquiridas — desenvolvimento de competências.

Um último ponto é que não basta ter isso no papel. É preciso planejar e gerir o processo de mudança, do modo de pensar e dos comportamentos. Os planos, os objetivos e as metas só se desenvolvem se a pessoa realmente agir conforme as necessidades da estratégia.

Então, o coaching jurídico pode ser resumido como uma metodologia para alcançar os seguintes resultados:

  • compreender o estágio atual;
  • definir o estágio virtual;
  • planejar o projeto para caminhar do ponto atual até o virtual;
  • planejar o desenvolvimento das competências requeridas pelas estratégias;
  • identificar, incentivar e gerir mudanças individuais e organizacionais para tirar os planos do papel.

Para isso, como você verá mais à frente, a formação bebe de diferentes fontes, como RH, Psicologia, Direito, Gestão, Finanças e Marketing — nesse último, respeitando as normas específicas da OAB.

Para que serve?

Pelo conceito e pelas características do coaching jurídico, podemos identificar diversos momentos da vida profissional em que é possível se beneficiar da metodologia. Separamos uma lista com as demandas mais frequentes na área.

Iniciar uma carreira

Como não poderia deixar de ser, as ferramentas são úteis no começo da trajetória profissional. Aqui, existe muita dificuldade em definir um plano de carreira, porque a quantidade de opções do mercado jurídico, frequentemente, leva à dispersão. Há, portanto, um grande peso para as atividades de autoconhecimento e clareza quanto aos objetivos.

Superar a estagnação de carreira

Outro caso recorrente é quando a pessoa perde a identificação, a perspectiva de crescimento, a capacidade de lidar com as exigências do advogado 4.0 ou a competitividade de mercado. Isto é, a aplicação ocorre nas situações que conduzem à estagnação profissional.

Com efeito, o coaching jurídico será necessário para desbloquear o desenvolvimento profissional, ajudando a compreender problemas, obstáculos, necessidades de mudança, entre outros pontos relevantes.

Mudar de carreira

A mudança de carreira também pode ser considerada uma demanda. As pessoas nessa situação geralmente têm dúvidas sobre deixar a profissão atual, bem como a necessidade de planejar um projeto de transição.

Busca pela aprovação em concurso público

Os concursos públicos exigem grande mobilização, planejamento, desenvolvimento e mudanças. Assim, o coaching jurídico terá grande serventia para auxiliar as realizações nessa área, criar uma mentalidade forte e desenvolver a disciplina requerida pelos estudos.

Empreendimento no meio jurídico

Um último exemplo são as situações nas quais a pessoa deseja abrir um escritório ou empresa ligada ao ramo jurídico ou, até mesmo, alcançar objetivos dentro da organização. Nada impede que o processo tenha um olhar mais organizacional, inclusive, marketing e gestão são disciplinas da pós em coaching jurídico.

Como funciona?

O coaching jurídico é caracterizado pelo processo cíclico. Existe um período no qual são realizadas as atividades, com começo, meio e fim. Por exemplo, se a pessoa deseja montar um escritório de sucesso, haverá um ciclo para que ela chega a abrir as portas do negócio, outro para alcançar metas relacionadas a número de processos, um terceiro para expandir as áreas de atuação e assim por diante.

Com efeito, ao longo de 5 anos, não haveria um único processo, mas inúmeros. Do ponto de vista de quem atende, seriam projetos, dentro dos quais o atendido (chamado de coachee) daria um passo de cada vez em direção aos objetivos maiores.

É até possível imaginar a contratação de um coaching jurídico para dar andamento à carreira no Direito, um financeiro para melhorar as contas e um gestor para organizar o negócio. Cada um dos especialistas iniciará um projeto com começo, meio e fim, visando um objetivo determinado.

Sessão de coach

Por sua vez, em regra, o atendimento é organizado no modelo de reunião presencial ou online. Na sessão, o especialista ajudará a pessoa a atingir os pontos que mencionamos lá no começo: entender o estágio atual, definir objetivos e planejar o projeto.

Para isso, ele se utiliza de habilidades, técnicas e ferramentas com os seguintes propósitos:

  • elaborar perguntas para estimular a reflexão do atendido;
  • usar metodologias de diagnóstico, planejamento, organização e gestão, como SWOT, Roda da vida e Matriz GUT;
  • conduzir o coachee durante o planejamento, orientando e dando as instruções;
  • firmar compromissos com o atendido e ajudar a definição de metas, tarefas e ações;
  • realizar a gestão do plano, avaliação dos resultados e ajustes.

Perceba que o coach não é alguém que dará uma fórmula mágica. O papel do especialista é ajudar a pessoa a compreender a si mesma e ao contexto, bem como a transformar esse conhecimento em soluções, objetivos, projetos, metas, tarefas, ações, mudanças etc.

Quem conhece o chamado balance scorecard consegue facilmente visualizar como esse trabalho impactará os resultados. Nessa metodologia, as metas são divididas em quatro perspectivas, de modo que as inferiores sustentam as superiores, como se fosse um edifício.

São elas:

  • perspectiva financeira;
  • perspectiva do cliente;
  • perspectiva de processos internos;
  • perspectiva de aprendizado e crescimento.

Adaptando o scorecard ao desenvolvimento individual, podemos dizer que o coaching gera aprendizado e crescimento, conduzindo mudanças nas atividades que repetimos todos os dias e na maneira como entregamos valor para clientes e empregadores. O final desse ciclo são os resultados financeiros, o reconhecimento profissional e assim por diante.

Self coaching

Uma das vantagens de realizar uma formação em coaching jurídico é aplicar as ferramentas ao próprio desenvolvimento. Assim, você potencializará as suas competências atuais, tendo autoconhecimento e sabendo promover mudanças.

Nesse sentido, ao estudar o assunto e ter o conhecimento, o profissional se insere em um processo de melhoria contínua. Resumidamente, é possível realizar vários ciclos de melhoria, sempre buscando uma meta mais significativa do que a outra.

Com efeito, em vez de pontualmente resolver uma dificuldade, podemos desbloquear cada um dos obstáculos que impedem nossas realizações, caminhando com as próprias pernas, além de termos a capacidade de ajudar outras pessoas se for o caso.

Quais são os tipos de coaching jurídico?

Por serem áreas com características um pouco distintas, o coaching jurídico costuma ser dividido em dois tipos: acadêmico e profissional.

O acadêmico auxilia estudantes e pessoas responsáveis pela pesquisa e produção de conhecimento na área jurídica, em atividades como artigos científicos, busca pela aprovação na OAB, concursos, mestrados e doutorados, entre outros.

Já o profissional é mais voltado para o mercado de trabalho e empreendedorismo, em que o interessado busca alcançar metas de carreira: ser promovido, conquistar um emprego melhor, abrir um escritório, ter um certo número de clientes no escritório e mais.

Em muitos casos, o atendimento e o self coaching encontram sinergia entre essas duas áreas. Por exemplo, para trabalhar como juiz, pode ser necessário promover mudanças na carreira atual, liberando mais recursos e tempo livre destinado aos estudos. Por isso a formação deve abarcar as duas áreas, ensinando tanto assuntos relacionados aos negócios e profissões, como técnicas de estudo e planejamento para as avaliações.

Powered by Rock Convert

Qual é a sua importância?

A metodologia entrega bastante valor, em termos de desenvolvimento profissional. Com ela, entende-se qual é o gap entre o estágio atual e os objetivos que deseja-se alcançar, criando um mapa para adquirir as competências necessárias e lidar com os obstáculos no caminho.

Nesse sentido, o coaching também exerce um papel relevante de eliminar crenças limitantes. Esse conceito tem muito a ver com criar uma barreira baseada em situações que só vão se concretizar se nenhuma mudança for feita.

Um exemplo é o do advogado que acredita ser inviável abrir o próprio escritório. Embora isso possa ser uma verdade hoje, não há motivos para criar a crença de que é “impossível abrir”, pois existe a possibilidade de mudança.

O coaching jurídico quebra a crença limitante quando o profissional enxerga um plano viável para alcançar o resultado. Sem contar que, durante uma sessão, sempre haverá a fixação de uma tarefa, que serve para mover a pessoa na direção do objetivo. Assim, com a consistência em fazer pequenas ações, pouco a pouco, o resultado se torna mais próximo.

E seus benefícios?

Ademais, a entrega de valor se desdobra em inúmeros benefícios relacionados à melhoria pessoal, profissional e organizacional. Isto é, ao aprender as ferramentas, o profissional melhora a si mesmo e torna-se capaz de ajudar as pessoas e organizações que fazem parte do contexto no qual ele está inserido.

Para entender um pouco mais sobre os ganhos, confira exemplos de quais pontos você pode melhorar ao aprender sobre coaching jurídico.

Desenvolve o autoconhecimento

O primeiro é também aquele sobre o qual mais conversamos até aqui. Ao realizar o self coaching, você terá uma visão mais refinada e abrangente sobre a situação atual, o que realmente quer e qual é o caminho para chegar aos objetivos maiores.

Melhora a gestão de tempo e de dinheiro

Um segundo ponto é que, durante o trabalho de coaching, uma das mudanças mais importantes é saber como otimizar o que a pessoa tem à disposição. Dois recursos fundamentais, nesse sentido, são o tempo e o capital financeiro. Nas sessões, será o momento de entender prioridades, definir sacrifícios em prol de algo maior, enfim, de ter clareza e tomar decisões mais eficientes.

Trabalha a disciplina

A disciplina é mais uma mudança importante, que é trabalhada com o processo de coaching. Normalmente, os especialistas aplicam ferramentas fundamentadas em publicações científicas, especialmente estudos de Psicologia, objetivando a mudança de comportamentos e aumento da concentração.

Evita problemas de saúde

Embora não seja uma psicoterapia, o processo deixa a vida mais saudável. Ver significado no trabalho, ter mais tempo disponível para atividades pessoais, ser mais realizado profissionalmente, tudo isso recebe uma grande contribuição do coaching e influencia nosso estado físico e emocional.

Engaja a equipe

Quem aprende as ferramentas de coaching adquire habilidades de relacionamento interpessoal, tornando-se mais capaz de gerir pessoas. Ademais, entre os focos de aprendizado, está a inteligência emocional, o que contribui para lidar com relações difíceis, ter resiliência no trabalho e gerir conflitos.

Por que se especializar na área?

Agora que você já conhece a importância das competências técnicas e comportamentais, podemos entender qual é a melhor maneira de adquirir a qualificação necessária tanto para atender na área quanto para realizar o self coaching.

O coaching é multidisciplinar

Inicialmente, é importante deixar claro que o coaching jurídico não é uma disciplina como Processo Civil, Direito Penal e Direito do Consumidor. Trata-se de uma metodologia que se utiliza do conhecimento de diversas áreas, como Psicologia, Direito, Marketing, Gestão e Economia, entre outros. Ademais, existem as ferramentas próprias, desenvolvidas com o propósito específico de serem utilizadas nos ciclos de atividades.

A especialização fornece um programa

A pós-graduação, nesse sentido, traz o mapeamento do que é necessário estudar. Nela, profissionais renomados usam dos conhecimentos teóricos e prática para criar uma grade curricular, que tirará você do zero e transformará em um coach jurídico.

Para se ter uma ideia do quão completa e bem estruturada é a especialização, no curso do CEJUR, por exemplo, não é exigida a formação em Direito.

A carga horária é robusta

Um dos principais receios em relação ao coaching é a carga horária. Como também existe o curso livre, algumas pessoas recebem o rótulo de coach tendo uma quantidade de estudo incompatível com o necessário para atender outros indivíduos ou, até mesmo, para promover o próprio desenvolvimento profissional.

Na especialização, o cenário é completamente diferente, pois tem duração de 360 horas, abordando cada assunto detalhadamente. Em comparação com os cursos de imersão, que têm cerca de 10 horas, ela é 36 vezes mais robusta. Já em relação ao curso livre, que geralmente tem 40 horas, há nove vezes mais tempo de dedicação.

As competências profissionais são validadas

Além disso, o peso do certificado de pós-graduação é mais significado, pois confere o grau de especialista na matéria. Nenhuma outra formação, portanto, trará um reconhecimento equivalente no currículo.

O self coaching é realizado durante o curso

Também podemos citar a importância de uma formação mais sólida para fazer o próprio desenvolvimento na carreira jurídica. A especialização apresenta módulos que melhoram a capacidade de estudar e empreender, de modo que você estará mais qualificado, seja na atuação de chefia de um escritório ou departamento jurídico, seja na preparação para concurso público.

A formação permite trabalhar em novas áreas

A especialização, ao lado de potencializar as competências profissionais das carreiras e profissões jurídicas, abre novas áreas de atuação. Se você tem o objetivo de trabalhar com desenvolvimento de pessoas ou mesmo com a docência de nível superior, certamente haverá um peso significativo no currículo.

Como funciona a pós-graduação em Coaching Jurídico do CEJUR?

O público-alvo da especialização são as pessoas que desejam realizar o autodesenvolvimento, especialmente as pertencentes ao mercado jurídico, mesmo não havendo limitação quanto à participação de graduados de outras áreas. Até porque, o conhecimento adquirido também permite atuar no desenvolvimento profissional. 

Carga horária e grade curricular

Quem participa do curso, recebe uma carga horária sólida de 360 horas, distribuídas ao longo de 10 meses de estudos. Com isso, temos uma grade curricular que oferece tanto as técnicas e ferramentas de coaching quanto os conhecimentos auxiliares para suprir as necessidades de quem busca o crescimento nas carreiras jurídicas.

Conheça as disciplinas:

  • Chave de Transformação para um Mindset Empreendedor, Inovador e de Crescimento;
  • Desenvolvimento Profissional;
  • Introdução ao Coaching Jurídico;
  • Coaching e Desenvolvimento Humano;
  • Coaching Jurídico na Prática — Ferramentas;
  • Coaching para Advogados e Gestão Jurídica;
  • Empreendedorismo Jurídico e Marketing;
  • Psicologia Comportamental e Autocontrole Emocional;
  • Técnicas de Estudo e Inteligência Emocional para Concursos.

Pelas matérias, percebemos que o conteúdo é estruturado para realizar o self coaching, ou seja, você sairá preparado a alcançar metas e objetivos maiores. No entanto, as habilidades podem repercutir de outras formas, como a atuação de coaching, a aquisição da capacidade de gerir pessoas, a docência de nível superior e a preparação para chefiar escritórios e departamentos jurídicos.

Metodologia de ensino

Já a metodologia de ensino é a educação a distância. Ao longo da formação, o profissional acessa conteúdos multimídias, como videoaulas, publicações científicas e apostilas. Além disso, existe a fixação de metas, fóruns e tarefas para aliar teoria e prática, bem como gerar a disciplina de estudos, que pode ser realizado em horários flexíveis, pois as aulas ficam gravadas.

Sendo assim, a especialização é bastante aderente às necessidades de quem precisa conciliar trabalho e estudo. Sem contar que é natural as pessoas terem resistência em voltar para sala de aula após já estarem no mercado, e a pós-graduação EAD elimina essa barreira ao permitir o estudo em qualquer local com acesso à internet.

Por que o CEJUR?

O Centro de Estudos Jurídicos (CEJUR) foi criado para oferecer formações de excelência no mercado jurídico. Nesse sentido, a proposta é reunir um corpo docente de profissionais renomados, em cada uma das áreas de pós-graduação, especialmente mestres, doutores, especialistas e pessoas com larga experiência de mercado.

Expertise na EAD

O CEJUR está vinculado à Unyleya, que é a maior na educação a distância do país. Logo, o ambiente virtual de aprendizado conta com o que há de mais inovador nessa metodologia de ensino, além de ser melhorado continuamente a partir do know-how de mais de 14 anos no segmento.

Networking profissional

Por essas características, o ambiente virtual frequentemente funciona como uma grande reunião de profissionais de excelência. Tanto os professores quanto os pós-graduandos são pessoas que já atuam no mercado. Assim, ao final da formação, todos ampliam as suas redes de contatos, além de a troca de experiências durante o curso ser enriquecedora.

Pós-graduação completa

Toda a dedicação em produzir um conteúdo de excelência torna a pós-graduação em Coaching Jurídico do CEJUR a mais completa do mercado. As 360 horas de curso são preparadas pelos melhores profissionais e abrangem os tópicos relevantes para o desenvolvimento profissional das carreiras jurídicas.

Logo, você não se limitará a receber um certificado. O foco é conquistar uma significativa evolução nas competências técnicas e comportamentais.

Certificado reconhecido e valorizado

O peso do certificado é um diferencial no currículo. É que, além de reconhecido pelo MEC, a proposta de ser um curso de excelência cria atributos de marca. Quando uma empresa ou empregador vê a especialização no currículo, ocorre a associação imediata com ideias como qualidade do ensino, corpo docente qualificado e carga horária completa.

Por isso, se você se identificou com o segmento de coaching jurídico e quer participar do programa de desenvolvimento, a especialização do CEJUR da Unyleya é a formação para potencializar competências e conquistar realizações profissionais.

Para conhecer a pós-graduação, acesse a página do curso e conheça as condições para realizar a sua matrícula!

Powered by Rock Convert

Precisa de mais informações?

Preencha seus dados que um consultor irá entrar em contato com você