Como fazer networking em um curso a distância?

  • 06/mar/2017

Como fazer networking em um curso a distância?

Boa parte do sucesso profissional está relacionada à qualidade das relações interpessoais estabelecidas. A forma como você troca informações e interage com seus colegas de trabalho — e estudo — contribui para uma experiência saudável e que pode criar laços profissionais fortes e construtivos.

Mas e quando as interações com sua rede de contatos é predominantemente virtual? Ainda é possível constituí-la? Esta é uma dúvida comum dos alunos no contexto da educação a distância.

A resposta é sim! E agora você vai conhecer 5 dicas para fazer um networking efetivo na EAD!

Criando networking pela plataforma EAD

Não subestime a capacidade de comunicação das plataformas de educação a distância. Alguns alunos não dão a devida atenção a ferramentas como os fóruns, por exemplo.

Utilize a plataforma a seu favor, compartilhando informação relevante com seus colegas. Lembre-se de que a imagem que eles criarão a seu respeito está relacionada com a natureza e a qualidade do material que você compartilha, por isso, escolha links e conteúdos pertinentes ao curso.

Não é interessante fazer uso desse espaço para conversas informais, sugerindo assuntos que não estão de acordo com os temas propostos pelo professor.

A educação a distância tem como tônicas a objetividade e a praticidade. Não se esqueça: seus colegas dedicarão tempo lendo suas informações. Você preza seu tempo, certo? Seus colegas também! Por isso, respeitá-lo é regra de ouro na EAD.

Atente para a linguagem

É natural que as pessoas se expressem de formas distintas, mas causar uma má impressão pode dificultar sua meta de criar uma rede de contatos. Como fazer networking consiste em mostrar-se ao mundo como um profissional confiável, verifique se sua comunicação não traz traços negativos, como rispidez e arrogância.

Se possível, leia o que irá compartilhar em voz alta. Dessa forma, é mais fácil ter uma noção da possível interpretação de sua mensagem.

Corrigir erros de digitação e ortografia é igualmente indispensável. Ainda que todos possam cometê-los de vez em quando, nos ambientes acadêmico e profissional, erros dessa natureza podem colocar você em descrédito. Faça uso de um bom dicionário (virtual ou não), atualizado segundo o Novo Acordo da Língua Portuguesa (2016), e não confie apenas nos corretores ortográficos automáticos — como o do Word — para verificar seu texto.

Crie relações construtivas

Em alguns casos, é possível que você tenha que desenvolver atividades em grupo. Essa é uma chance de conhecer seus colegas mais a fundo.

Tenha uma postura responsável para com as tarefas que lhe foram delegadas. Em caso de dúvidas, pergunte como deve proceder. Evite uma atitude autoritária e jamais subestime a capacidade dos demais.

É natural que existam pontos de vista diferentes. Nessas situações, ouça as propostas de seus colegas, mas não hesite em mostrar a eles os pontos que fazem da sua sugestão um bom caminho para o trabalho do grupo.

Essa certamente é mais uma chance preciosa para fazer networking!

Valorize o contato seus professores

Oportunidades decisivas podem surgir da relação entre professor e aluno. Afinal, eles possuem experiência e preparo maiores e podem dar dicas importantes. Por isso, não tenha vergonha de pedir conselhos e tirar dúvidas.

Apenas tenha cuidado para não ser invasivo. Evite uma linguagem que force uma intimidade que não existe.

Utilizando as redes sociais

A principal função das redes sociais é aproximar as pessoas. Elas são uma grande ferramenta para quem está em dúvida sobre como fazer networking.

No Facebook, participe dos grupos da sua sala, assim como os de sua faculdade e curso. É possível que, nesses ambientes, a conversa seja conduzida para diversos temas, o que significa que sua postura deverá ser coerente com a maneira como você quer ser percebido pelos demais.

Nesse sentido, cuidado com comentários polêmicos, que podem ser descontextualizados, fazendo com que outras pessoas tenham uma imagem negativa a seu respeito.

E lembre-se de respeitar princípios básicos da ética profissional. Imagine, por exemplo, um aluno de Pedagogia que, em um momento de invigilância, se refira às crianças de forma desrespeitosa. Uma indicação para estágio, ou mesmo para uma vaga de emprego, pode estar perdida!

Outra dica importante é, antes de adicionar seus colegas no Facebook, identificar-se por uma mensagem.

Aplique os filtros de privacidade, separando seus amigos da rede social por grupos. Desse modo, a foto da balada será vista pelos seus contatos mais íntimos, mas não por pessoas que ainda estão o conhecendo — e com quem você ainda não quer compartilhar sua vida pessoal.

Marketing pessoal é imprescindível em qualquer estágio da sua carreira, sobretudo quando você está começando a criar sua rede de contatos!

Aproveitando as oportunidades

Seu networking não deve se limitar aos seus colegas de turma. Afinal, no mercado de trabalho, você terá contato com pessoas das mais diversas áreas de formação.

Por isso, fique de olho em eventos como semanas acadêmicas, congressos, seminários e palestras. Normalmente, esses encontros têm entrada franca e são abertos a alunos de vários cursos e instituições.

Como fazer networking é uma tarefa de crescimento profissional, quanto mais pontos de vista sobre a carreira você tiver, melhor!

Fazendo um estágio

Independentemente se o estágio é remunerado ou não — ou se é obrigatório — não se esqueça da importância dessa atividade na hora de fortalecer seu networking.

Seja responsável com suas atividades. Não deixe que dias ruins atrapalhem essa chance de aprender com profissionais mais experientes e vivenciar, na prática, a profissão para a qual você está se preparando.

É normal que bons estagiários sejam efetivados. Caso não exista essa possibilidade, lembre-se de que uma carta de recomendação pode abrir portas importantes. Por isso, não subestime o estágio!

Ficar em dúvida em como fazer networking é normal. As relações sociais costumam deixar as pessoas com um pouco de frio na barriga. Mas, nesses casos, imagine um profissional que você admira, observe como alguém mais experiente se comporta e comunica.

Por fim, nas redes sociais, deve-se tomar cuidado com comentários. É muito comum que eles sejam mal interpretados. Por isso, evite polêmicas! Discussões nesses ambientes podem transformar colegas de classe em desafetos, e isso não ajuda a vida profissional de ninguém.

Ninguém entra nas redes sociais para se estressar, não é mesmo? Se um comentário não lhe agradou, apenas ignore-o. Sempre existe a chance de você ter entendido errado.

Agora que você já sabe como fazer networking a distância, já pensou em trabalhar em casa? Para muitos profissionais essa já é uma realidade. Será o seu caso? Descubra neste post!



Nosso App

Nossas Redes Sociais